Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sexta-feira, 11 de julho de 2014

Terrian Saga: KR-17 - Um desafiador jogo de plataforma

Esse é um daqueles jogos de plataforma que você imediatamente percebe que foi feito com todo um carinho especial, apesar de usar elementos já conhecidos e que não inovam bastante, esse é daqueles jogos que não faz como a maioria e coloca apenas um personagem que pula e deve chegar ao final, mas sim usa os elementos que apresenta de uma forma bem feita o suficiente para te fazer achar realmente muito divertido o que está fazendo e também bem desafiador, uma fórmula que saiu realmente perfeita e que com certeza vale a pena dar uma conferida.

Aqui você assume o papel de uma inteligência artificial criada para combate em uma guerra galáctica. Dois sistemas solares estão em conflito e um robô é ativado, porém ele está desajustado e não sabe exatamente o que fazer, portanto sozinho passa a obter consciência e descobrir qual exatamente é o seu dever enquanto atravessa lugares que ele tem que desvendar e enfrenta hordas de robôs que tentam destruí-lo.

A jogabilidade é a de um jogo de plataforma onde é preciso descobrir como seguir em frente, eu gostei mesmo da forma direta em que tudo é apresentado, porém com uma certa dificuldade, foi muito agradável chegar a uma porta e não entender o motivo dela não estar abrindo para então ir dar uma explorada. Tudo pareceu estar em um nível perfeito, você sente que tem que descobrir como fazer as coisas porém consegue antes de se tornar algo frustrante. Sendo assim a dose de tudo acabou sendo muito bem aplicada, nada de facilidade, porém nada de frustração também, somente diversão e sensação de satisfação em ver que conseguiu chegar a um lugar.

Você tem várias habilidades, dependendo do lugar on de está poderá achar elementos muito divertidos, como por exemplo certos momentos onde você pode dar pulos duplos com ajuda de um certo elemento da fase, ou pode também achar um jetpack. Essas variações na jogabilidade te fazem querer testar fazer certas coisas, pois sempre que elas aparecem, há também alguns lugares que você pode ir com esse elemento e você decide.

Há ainda armas muito gostosas de se usar e que dependendo do lugar causam efeitos variados, como por exemplo o míssil teleguiado, você atira com ele e assume o controle fazendo bruscas curvas de 90 graus e guiando até onde você quer. Os inimigos também tem efeitos muito incríveis que te fazem ter que se adaptar a situações, por exemplo tem um inimigo que você atira e quando ele finalmente morre, explode jogando diversas esferas de energia para vários lugares, há também um inimigo que é um olho e se você atirar nele, apesar de causar dano, o tiro irá ser refletido.

Os gráficos são muito bonitos, a primeira vista eu julguei como sendo da era 16 bits, porém ao ler a descrição do jogo, vi que ele é 32 bits, o que faz sentido já que apesar de pixelizado, tudo é muito bem feito, sendo assim é como se fosse um daqueles jogos 2D que eram lançado principalmente no início do PS1.

Enfim, ta aí um belo jogo de plataforma cheio de áreas secretas, movimentos especiais e que você realmente tem que pensar e explorar para conseguir passar para a próxima parte. Vale muito a pena dar uma conferida, eu recomendo. Se você se interessar pode dar uma conferida no site oficial do jogo.

Nenhum comentário: