Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sábado, 12 de julho de 2014

Q*bert: Rebooted - Um jogo clássico reimaginado

Eu tenho que assumir que não conhecia Q*bert antes de ver esse jogo, e quando notei que haviam apenas críticas positivas, achei bem estranho já que não parecia ser tão divertido assim pelas fotos. Descobri então que trata-se de um reboot de um jogo dos anos 80, e que foi super aclamado na época, sendo assim uma grande quantidade de fãs vibrou ao vê-lo sendo refeito. Não fui um desses fãs, mas achei bem legal ver algo assim e logo imaginei como seria incrível ver um dos jogos da minha época retornando em forma de reboot. Decidi então dar uma olhada e agora é hora de analisar!

A primeira coisa que você nota ao abrir o jogo, é que logo de primeira você vê o personagem principal pulando em uma tela de um lado para o outro, sendo que ao chegar no meio da tela, ele é convertido em uma versão pixel art, e anda até a outra extremidade, para quando voltar, novamente ser convertido em 3D. Essa é a tela onde você pode escolher jogar a versão clássica ou escolher o reboot. Isso já é um ponto muito bom, pois assim aqueles que se divertiram com a versão original podem relembrar os velhos tempos.

A jogabilidade é completamente arcade, portanto esse é aquele tipo de jogo que você joga para passar o tempo, apenas ficar entretido durante um momento, não é um jogo com história, então se é isso que você procura, Q*bert: Rebooted pode acabar não sendo o mais adequado para o momento, no entanto se o que você quer é simplesmente se divertir jogando algo, essa pode ser uma ótima opção.

É preciso ter estratégia no jogo, você é colocado em um ambiente cheio de hexágonos e tem que andar por cima de todos eles até que fiquem coloridos, você vai ganhando pontuação a medida em que vai pulando nos espacinhos e os preenchendo. No começo é algo realmente muito simples, mas as coisas começam a complicar bastante quando vão sendo adicionados novos elementos a jogabilidade, como por exemplo buracos no meio do mapa, inimigos que te perseguem, ou até mesmo algumas coisas que te ajudam, como discos em que você pode voar e assim fugir de qualquer criatura que esteja atrás de você.

Os gráficos do jogo são em 3D, porém muito simples, isso foi uma das coisas que me fez achar estranho as pessoas apenas fazerem análises positivas, pois realmente não achei o gráfico muito atraente, é muito simples mesmo, apesar de que por outro lado pode acabar sendo visto como simpático, já que embora não tenha nenhum grande destaque, não é feio, simplesmente um tanto seco, mas com um toque meio de desenho animado.

Enfim, quanto a diversão em si, eu não achei Q*bert: Rebooted tão legal, mas é notável que é um jogo com elementos bem divertidos, sendo assim para quem jogou o clássico, certamente é um título obrigatório de ao menos se experimentar, e para quem está procurando jogos para se passar o tempo pode valer a pena dar uma conferida. Para quem se interessou pode dar uma olhada no site oficial do jogo.

Nenhum comentário: