Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

domingo, 29 de junho de 2014

The Incredible Adventures of Van Helsing II

Esse é um jogo que segue aquele padrão que Diablo tornou popular, e que com certeza apesar de ser um gênero já conhecido, acabou usando a fórmula de uma maneira a se tornar bem divertida. Digo isso porque existem muitos Action RPG's que simplesmente usam elementos já existentes e não se esforçam nem um pouco para fazer a experiência se tornar divertida, felizmente isso não acontece com The Incredible Adventures of Van Helsing II, um jogo que tem seus defeitos, porém também consegue gerar bons momentos de diversão.

Aqui e você assume o papel de Van Helsing, que para quem não sabe, é um dos personagens do livro Drácula, que acabou se tornando bem mais popular quando lançaram o filme Van Helsing, mas não se enganem, pois apesar do mesmo nome, o jogo não tem ligação alguma com o filme, como muitos pensam. E pra falar a verdade, ele também não tem ligação com o livro, já que o personagem do livro é um típico estudioso. Sendo assim o que o jogo apresenta é um personagem próprio, que carrega o nome do original, mas com as atitudes do aprentado no filme de 2004.


A história do jogo se passa em Borgova, e você deve vagar pelo lugar e enfrentar hordas imensas de criaturas que invadem a cidade, causando caos e chacina por toda parte, tudo isso graças a um novo inimigo que surgiu louco por vingança.

Eu experimentei esse jogo na campanha cooperativa, e tiveram vários erros um tanto desagradáveis, porém perdoáveis, mas também conseguiu gerar um bom momento de diversão. A jogabilidade em si vai direto ao ponto, portanto você inicialmente escolhe a classe de seu personagem, sendo que cada um tem características especiais, depois disso passa a vagar pelo mundo apresentado e enfrentar uma quantidade imensa de criaturas. Quanto mais experiência você ganhar, mais pontos vai ter para distribuir entre novas habilidades, atributos, e também vai começar a pegar itens melhores para equipar o seu personagem.

Você também conta com a ajuda de uma companheira, Lady Katarina, que te ajuda a lutar contra as criaturas, essa companheira também tem os seus próprios atributos, habilidades, e espaços para por equipamentos. Os atributos são exatamente como o de Van Helsing, melhorando alguns aspectos como dano e sorte. As habilidades são diferentes de qualquer uma das classes escolhidas, mas em geral servem como suporte pra você. Já quanto aos equipamentos, a quantidade de espaços é menor, mas mesmo assim é muito bem vindo.

O multiplayer do jogo é algo que eu recomendo completamente, pois acho que jogos desse gênero já não tem tanta graça jogar sozinho. Esse eu joguei com um amigo e realmente a experiência foi muito gostosa, existem dois tipos de multiplayer, o primeiro é o PvP, que é tão aclamado, mas eu já não acho tão divertido assim nesse gênero de jogo, porém gosto é gosto, então respeito quem gosta, aqui você poderá jogar em uma partida com até oito pessoas de uma vez. Mas para quem prefere atravessar a aventura, é possível jogar com até quatro pessoas de uma vez em uma partida e atravessar a aventura inteira.

Mas infelizmente o jogo conta com algumas falhas bem desagradáveis, no próprio multiplayer, apesar de você escolher as classes, mesmo que sejam diferentes, todos são o Van Helsing, e a companheira sempre é Lady Katarina, ou seja se você jogar com quatro pessoas, todos podem ter visuais diferentes, mas serão o Van Helsing, já Lady Katarina você verá quatro na tela. Isso é uma falha que acho ruim porque até que tudo bem terem os mesmos visuais, mas daria pra disfarçar. Por exemplo em Diablo 2, existem os mercenários que você contrata pra te ajudar, cada classe de mercenário tem um visual diferente, porém todos tem nomes gerados aleatoriamente, e existe a desculpa de usarem a mesma roupa. Quanto a todos serem o mesmo herói, o mais chato foi ver os personagens falando com meu amigo e o chamando de "Van Helsing", ao menos que disfarçassem, criando diálogos onde os personagens não falassem o nome, para que assim você pudesse sentir que o modo cooperativo não foi socado só pra ter alguém ali, sem se preocupar com a história encaixar todo mundo.

Graficamente, o jogo é legal, apesar de que não existe uma variedade muito grande de mudanças nos visuais dos personagens, e graças a isso, no começo do jogo eu pensei que ele nem ao menos mudava, pois coloquei armas diferentes, e o estilo do personagem permaneceu o mesmo, isso porque mesmo com certas armas diferentes no inventário, o visual apresentado no jogo mesmo não variava, e demorou um tempo até eu pegar o primeiro item que mudava algo. Já quanto aos cenários, eu achei bem legal, existem alguns efeitos muito incríveis, e o visual do lugar apresentado lembra um estilo meio Dieselpunk, com tecnologia um tanto sombria em época antiga, mas que no final das contas acho que o gênero que melhor se aplicaria seria um híbrido com o Steampunk, devido a época em que se passa.

Enfim, The Incredible Adventures of Van Helsing II é um bom jogo e ótimo para se jogar com os amigos, um pouco demorado nas telas de carregar o jogo, mas em geral algo divertido com certeza, eu recomendo colocarem na lista de vocês, se estiverem procurando por um bom cooperativo. Vale a pena dar uma conferida no site da G2A, pois lá eles costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida aqui.

Nenhum comentário: