Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Al Emmo and the Lost Dutchman's Mine - Um jogo hilário

Esse é um daqueles jogos muito engraçados que realmente a narrativa é a coisa que consegue se tornar a atração principal. É bastante difícil não jogar isso sem dar uma gargalhada vez ou outra.  Al Emmo and the Lost Dutchman's Mine é um nome um tanto grande demais para um jogo, mas que na verdade o que realmente vale é o nome do protagonista, que muito provavelmente não faz com que muitos se identifiquem, mas que demonstra uma personalidade simpática e atraente o suficiente para encantar logo nos primeiros segundos de jogo.

A história apresenta Al Emmo, um jovem rapaz de apenas 42 anos de idade que mora com os pais, que é solteiro mas que quer mudar a situação, e por isso começa a se comunicar pelo correio com uma donzela do Oeste, e assim finalmente pega o trem e decide conhecê-la ao vivo. Infelizmente para ele, quando chega no lugar e ela percebe que trata-se de um homem, baixo, magrelo, careca, sem dinheiro e que vive com os pais, a moça cai fora. O trem então parte antes que o protagonista possa retornar, e assim ele fica preso na cidade e tem que arrumar uma forma de se virar.


O jogo apresenta uma jogabilidade padrão de adventures no estilo point and click, a tradicional, portanto em geral você deve explorar ambientes, tendo a opção de mudar o que você deseja fazer ao clicar o botão direito do mouse, sendo as opções, observar, pegar e falar, dessa maneira sempre que você vai interagir com um objeto, você tem que saber o que quer fazer com ele, ou testar o que deseja fazer, por exemplo se houver outro personagem e você clicar em observar, será apenas um pensamento sobre o que está sendo visto, se for falar, haverá um diálogo, já se for o símbolo da mão, podem ser coisas variadas, mas é improvável que essa opção seja usada em outro personagem, sendo mais apropriada para objetos.

Os gráficos são bem interessantes, foi feito todo um trabalho de animação bastante fluída, por isso já na introdução você percebe que foi bastante impressionante o quanto fizeram um verdadeiro desenho animado para mostrar a história ao jogador. Quanto aos gráficos do jogo durante a jogatina, eles usam um traço semelhante aos das animações, porém como é mostrado em uma câmera mais distante, você pode ver melhor tudo ao redor e o nível de detalhes é muito bom, aumentando ainda mais com os efeitos de luz e sombra aplicados.

Agora sem sombra de dúvidas o que consegue roubar a cena são as piadas, realmente elas são capazes de fazer rir bastante e o próprio narrador é um dos personagens, dizendo coisas diferentes para cada objeto no cenário e fazendo comentários bem sarcásticos, por exemplo como o jogo é 2D, obviamente é preciso se ter noção de profundidade apenas olhando, então se você selecionar a opção da mão e clicar no céu, o narrador fala "Você realmente tem que aprender muita coisa sobre perspectiva". Ele também faz comentários meio cruéis às vezes, como você tentar entrar na ferrovia e ao clicar na porta ele dizer "Essa porta esteve, está, e sempre estará fechada pra você!".

Enfim, Al Emmo and the Lost Dutchman's Mine é um jogo para quem quer rir um bocado ou relembrar os velhos tempos de point and click. Vale a pena dar uma conferida no site da G2A, pois lá eles costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida aqui.

Nenhum comentário: