Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

domingo, 23 de março de 2014

From Dusk Till Dawn - Uma série fodona sobre vampiros!

Essa é uma daquelas séries que automaticamente faz uma legião de fãs descerem o cacete sem nem ao menos se preocupar em saber mais informações, isso por considerarem uma verdadeira abominação a uma obra original. Por outro lado também é o tipo de série que automaticamente atrai dois públicos o de fãs da obra original que se sentem felizes por poder ver mais daquilo, e os fãs de vampiros. No meu caso, eu realmente me empolguei assim que vi, não apenas por ser baseada no clássico filme Um Drink no Inferno, mas também por ser uma série da Netflix, que eu ansiava por uma outro seriado com tema sobrenatural desde que vi a fantástica Hemlock Grove.

A série conta a história de Richard e Seth Gecko, dois fugitivos, enquanto um deles é um ladrão profissional, o outro tem sérios problemas e acaba matando muitas pessoas constantemente, fazendo com que o rastro que os dois deixam para trás sempre seja bem visível. Sendo assim acabam cruzando o caminho do patrulheiro do Texas Freddie Gonzalez, que os persegue não apenas em nome da lei, mas por um motivo muito pessoal.

Um dos motivos para alguns descerem o cacete nessa série de primeira é por falarem que trata-se de uma abominação da obra original que deveria ser intocada. No entanto a série é dirigida também pelo Robert Rodriguez, que foi diretor do filme original. E mesmo com a história do Tarantino sendo ampliada para ter menos enrolação e mais conteúdo, convenhamos, o original era super trash, e esse diretor continuou fazendo trabalhos semelhantes desde então, portanto não foi algo colocado nas mãos de um amador no gênero, mas sim em alguém que sabia bem o que estava fazendo, especialmente porque ele já tinha dirigido o mesmo.

A forma como as coisas foram conduzidas ficaram ótimas na minha opinião, afinal como falei na matéria sobre o filme, ele parece ter duas histórias, uma no bar e outra durante a perseguição. E Rodriguez aproveitou bem isso, mas como todos sabem acabaria tendo um probleminha nisso, afinal de contas todo mundo que vai assistir um drink no inferno ta esperando ver os vampiros, sendo assim uma série de dez episódios iria demorar um bocado e poderia "soar" meio estranho de repente uma história de bandidos por vampiros no meio. Portanto ele deu uma improvisada aproveitando os problemas psicológicos que Richard tem e o colocando para ver criaturas, garantindo assim uma bela quantidade de visões de criaturas bizarras durante a viagem.

Enfim, gostei muito dessa série, tem um estilo de fotografia que gosto demais, e uma bela forma da história ser conduzida, sei que nem todo mundo gosta desse gênero de série, mas eu recomendo pra aqueles que curtem vampiros e ação com uma bela narrativa, muito provavelmente vão adorar.

Nenhum comentário: