Grimm - Um jogo que corrompe contos de fada!

Uma coisa que acho que todo mundo já deve ter notado, é o fato de que o American Mcgee é apaixonado por contos de fadas, para quem não sabe quem é esse, é aquele cara que fez o sombrio Alice, em que o País das Maravilhas é apresentado de uma forma completamente inesperada e diferente do que conhecíamos até então. Mas uma coisa que nem todos sabem é que em 2007 o mesmo fez um outro jogo sobre contos de fadas, chamado Grimm, que tem foco não apenas em um, mas em 23 contos!

A história do jogo apresenta uma criatura sombria conhecida como Grimm e que adora contar contos de fada, no entanto ao ver as histórias tão sem graça, ele decide dar um toque especial e as contar de uma maneira bastante diferente, envolvendo muita chacina, gritos de horror, trevas e dor. E para isso, ele vai pessoalmente nos belos contos e começa a corromper tudo o que acha pela frente, deixando um rastro de sombras por onde quer que passe.

Esse é um jogo que apresenta uma jogabilidade bastante simples e fácil de se aprender, mas que tem um grande foco no humor e diversão de se ver as coisas acontecendo. O personagem anda e onde quer que pise, as coisas vão se transformando em negro e se modificando. Graças a isso, flores viram lápides, árvores verdes ficam secas e antigas, estátuas bonitas se transformam em esculturas horríveis e muitas vezes vivas, entre outras coisas sempre envolvendo escuridão e sangue.

Nos jogos você tem que corromper o máximo possível de beleza, são 23 contos de fadas, e cada um deles é dividido em vários capítulos e assim você vai seguindo os passos dos personagens enquanto faz tudo ficar sombrio, existe uma barra de corrupção que vai subindo cada vez que você se aproxima das coisas, e quando chega a um certo nível, te permite corromper algo maior que te levará para um objetivo seguinte, no entanto existem criaturas boazinhas e fofinhas que vagam pelo mundo e tentam estragar os seus planos maléficos, e por isso você tem que dar uma lição nos vagabundos.

O jogo sem dúvidas te fará dar belas gargalhadas, já no primeiro conto de fadas em que aparece a história de um garotinho querendo descobrir o que é a definição exata de medo, aparece o pai dele que é um ferreiro, todo bonitinho e atencioso em explicar as coisas, mas assim que você corrompe o coroa, ele muda pra uma aparência semelhante à de um roqueiro em versão medieval com luvas de spikes e mete a porrada na cara do moleque, fazendo ele fugir de casa uahahahahaha.

Os gráficos são semelhantes aos de desenhos animados e tudo é muito fofinho, uma coisa que me agradou bastante foi o efeito de transformação aplicado em cima dos objetos, eles se contorcem e mudam sua forma de um jeito bastante interessante de acordo com o que você vai se aproximando.

Enfim, o único defeito do jogo é que ele pode se tornar um pouco repetitivo, porém é um jogo para se passar o tempo, portanto acaba cumprindo bem o objetivo, além de poder te fazer rir bastante com as piadinhas bem elaboradas. Para aqueles que se interessaram, podem dar uma conferida no site oficial do jogo.

Comentários

Lucas Alves disse…
Resumo : É um jogo onde você Tim Burtonliza os contos de fada