Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Círculo de Fogo - Um filme que te leva de volta a infância

Às vezes eu fico pensando sobre certas coisas de nossas infâncias que nós assistimos e achamos interessantes pra caramba, realmente queremos ver novos episódios e então quando crescemos o nosso interesse por tais coisas simplesmente é perdido. O que acontece é que muitas coisas que são fascinantes quando somos crianças viram simplesmente mais uma entre tantas outras coisas mais complexas e diferentes, por isso o fascínio acaba caindo. Uma dessas coisas são os Power Rangers e outras séries do mesmo gênero que envolvem criaturas gigantes. E hoje vou falar sobre um filme que achei lindo principalmente por pegar uma ideia tão incrível da infância e fazer uma adaptação para adolescentes e adultos.

Como vocês sabem, eu tenho um baita fascínio e medo do mar, então a história do filme já me atraiu de primeira, mostrando criaturas gigantescas de repente surgindo do fundo do mar, algo que não podia deixar de me lembrar Cloverfield, que embora muitos odeiem, eu amo pra caramba. Daí colocaram os robôs gigantes no meio, algo que se alguém me contasse, provavelmente eu já iria pensar que era uma ideia boba demais, porém vendo o trailer o que imaginei na hora foi CthulhuTech, que apresenta uma proposta semelhante, e isso já fez com que eu olhasse a coisa de forma muito mais séria, ainda mais tratando-se de um blockbuster, o que garantia que o investimento na proposta era muito alta.

A história é sobre uma fenda que se abre em um lugar no fundo do oceano pacífico e dela começam a surgir monstros gigantes que passam a atacar cidades que tenham costas nesse oceano, esses ganham o nome de Kaiju e passam a ser classificados por tipos para saber o perigo que representam. Isso também faz com que o mundo se una para criar robôs gigantescos que são usados para defender a humanidade desses ataques.

Bom, no final das contas, quando assisti a sensação que tive não foi nada parecida com o que sinto com CthulhuTech, mas sim algo mais parecido com Godzilla e Evangelion, ou seja algo completamente oriental. E pra falar a verdade gostei bastante, ficou claro que o Del Toro fez uma homenagem a esse tipo de filme, inclusive no final dos créditos aparece escrito que o filme pe dedicado a Ishirō Honda, o diretor de Godzilla e várias outras obras envolvendo criaturas gigantes. E a propósito, é bom colocar aqui que Kaiju é a palavra usada para os japoneses definirem esse tipo de monstro, daí os filmes de Kaiju se referem a qualquer filme em que apareça um monstro enorme detonando tudo em uma cidade.

Eu gostei muito do toque evangelion do filme, colocando dois pilotos no mesmo robô para que haja uma conexão neural e consigam aguentar a pressão de pilotar algo assim. O corpo dos pilotos é sincronizado com o dos robôs, só que nem todo mundo é capaz ou compatível com essas máquinas, por isso apenas algumas pessoas ficam disponíveis para as missões, como podem ver isso lembra muito evangelion, além disso existem abrigos nas cidades e as pessoas vão pra lá assim que o negócio fica feio. Já quanto a Godzilla o clima também é bem intenso, e muitas vezes me peguei lembrando dele na hora dos combates, ainda mais com a trilha sonora do filme, que lembra demais a de Godzilla e obviamente foi proposital.

Também não posso deixar de citar Buick 8 é claro, afinal toda vez que falo de uma história que envolva a ligação entre duas dimensões, eu tenho que citar ele aqui não é mesmo? Hehehehe, e com esse não é diferente, uma coisa que eu me peguei pensando diversas vezes foi em "Como é do outro lado? O que são essas criaturas afinal? O que eles querem?!". E os fãs de Sons of Anarchy também terão uma bela surpresinha quando assistirem. =D

Enfim, ta aí um filme de ação que considero ótimo e que prova definitivamente que filmes de ação podem ser muito bons e usarem os clichês de uma forma diferente, tornando algo surpreendente, achei o filme em geral muito gostoso de se assistir e até deram uma variada em certas coisas, por exemplo usaram o mesmo esquema de Distrito 9 e ao invés de tudo acontecer em Nova Iorque, a história se passa em Hong Kong! Enfim, confiram o trailer:

Nenhum comentário: