Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Teleglitch - Um jogo de ficção à moda antiga

O que me motivou a jogar esse jogo foi principalmente o gráfico extremamente estranho, quando eu vi o trailer, eu não entendi direito a mecânica dele e parecia tudo bastante poluído com cenários ao estilo retro aparentemente "se abrindo" e fechando com manchas negras, mas isso não me desanimou, ao invés disso fiquei empolgado para conferir.

Teleglitch é um jogo que me atraiu bastante na história, fala sobre experimentos com teletransporte que podem levar as pessoas a distâncias ilimitadas, porém em meio às experiências em uma base espacial, algo acontece e uma coisa é teletransportada de volta, criaturas bizarras invadem o lugar e você controla uma pessoa que se esconde por semanas, mas quando a comida começa a acabar, você é obrigado a sair e pra isso terá que usar os teletransportes locais que levam a outras partes da instalação e chegar ao teletransporte mestre, que vai permitir que você volte para a terra.

Só quando comecei a jogar que entendi o que era no gráfico que tanto me intrigava, pra começar ele tem um visual de jogos de mais ou menos 1995 por aí, um gráfico 3D bastante pixelizado visto de cima. Usando essa câmera, o cara programou para que você possa ver apenas o que está no campo de visão do personagem, sendo assim quando você abre uma porta, não vê imediatamente o cenário à sua frente, mas apenas pouco mais do que está na frente dela, os lados ficam preto e quando você entra esse preto se abre e na sala anterior ele surge e fecha.

O jogo é difícil pra cacete e acho inclusive que pode ser classificado como survivor horror, tendo em vista que a munição é muito limitada, você só tem uma faquinha como alternativa de combate e os inimigos além da maioria não morrer com um único tiro, ainda te dá dano quando você vai lutar com a faca e as vezes vem em uma quantidade imensa, tornando melhor fugir do que lutar.

Você tem um inventário de itens e assim pode ir recolhendo alguns enquanto atravessa o lugar, sendo que certos itens podem ser combinados. É necessário achar itens de cura já que o dano tomado é altíssimo, há vários lugares no jogo que as vezes valem a pena ser checados.

O jogo tem alguns níveis sendo que você tem que atravessar inteiro de uma vez só porque se morrer volta pro início e além disso ainda há ambientes aleatórios, sendo assim quando você começa o jogo de novo, o lugar pode não estar muito parecido com o que você viu na última vez, deixando assim mais complicado pra quem quer apenas decorar o caminho e ir direto.

Enfim, esse é um jogo que tem um clima surpreendente e que vai atrair muito principalmente jogadores antigos, os sons são espetaculares assim como o clima de ficção científica consegue se manter firme, os gráficos são retro portanto quem não gosta desse estilo provavelmente vai odiar. Quem quiser conferir ele está disponível na steam.
E aí, o que acharam galera?

Um comentário:

Agelus disse...

Vi um video sobre esse jogo faz um tempo, muito interessante mesmo a proposta.O nome que eles dão pra esse estilo é Roguelike , jogos tipo Bind of Isaac que tem morte permanente e cenários aleatórios.