Far Cry 3: Blood Dragon - Um jogo muito sem noção

Nossa, ta aí um jogo que eu não pensei que jogaria tão cedo mas acabou sendo mais forte do que eu e tive que jogar essa bagaça de uma vez! E antes que alguém pense, ele não tem nada a ver com Far Cry 3 ou qualquer outro jogo da série. Se acalmem que vou explicar direitinho qual é o motivo do nome dessa bagaça ser esse.



Os boatos desse jogo começaram em março de 2013 quando alguns sites descobriram algumas evidências registradas do que parecia ser uma expansão de Far Cry 3, mas tudo muito quieto e sem muito falarem. Mas então no dia primeiro de abril o pessoal da Ubisoft anunciou "Far Cry 3: Blood Dragon" com um poster extremamente escroto com muitos tons de rosa e muito estilo anos 80, cheio de coisas futuristas apresentadas. Foi algo que muitos já pensaram imediatamente se tratar de uma brincadeira do dia da mentira, afinal era impossível algo tão bizarro ser lançado, então gerou algumas risadinhas e tal, mas nada de muito fala fala. Ela anunciou com o seguinte vídeo:
Como vocês podem notar, essa bagaça parece uma fita de vídeo que alguém gravou pegando inclusive pedaços de comerciais e com a estática dos lados, telas tremidas e imagem velha. Sem contar o estilo dos personagens com traços antigos e a própria história com todo esse negócio de "Cyber" kkkkk. Só que a coisa começou a ficar interessante quando notaram que mesmo depois do primeiro de abril, a empresa continuou falando do jogo e foi aí que tudo passou a ser empolgante. Afinal como assim? O jogo foi anunciado pra ser lançado um mês depois? Foi algo simplesmente fora de noção, normalmente empresas grandes anunciam seus jogos muitos meses e às vezes até anos antes, mas nesse caso foi uma coisa do tipo "Galera olhem esse jogo aqui que ninguém tava esperando e é tão escroto que todo mundo acha que é zueira, bom vamos lançar ele em 30 dias." algo simplesmente esquisito demais.

O estilo completo do marketing de Blood Dragon ficou personalizado pra parecer algo antigo, nem sempre necessariamente dos anos 80, por exemplo o site oficial do jogo parece um site do final dos anos 90 e começo dos 2000 feito por algum amador. Cheio de gifs animados inúteis que cortam bruscamente o movimento e voltam ao início, cores feias gritantes que cegam o olho, uma loja falsa cheia de produtos completamente forçados que apenas carregam a logo de Blood Dragon junto (Tem até um pedaço de carne pra vender lá) entre outras coisas. Já quanto ao making of do jogo os caras também personalizaram mostrando como se fosse um documentário antigão gravado. Confiram:
E obviamente depois disso tudo ficou difícil eu simplesmente colocar ele na lista de espera e fui correndo pra zerar essa bagaça e caramba, tenho que dizer que não me arrependi nem um pouco, é um jogo curto demais que pode ser zerado em uma tarde, no entanto é maravilhoso, muito divertido mesmo.

Como falei, o jogo é como se fosse uma homenagem a filmes em geral dos anos 80, cheio de exageros e tosqueiras, muito bagulho desnecessário aparecendo na tela, explosões, história super previsível, frases tão clichês que fazem você gargalhar ao ver que os caras tiveram coragem de colocar. Existem referências a outros tipos de mídia da época, não apenas a filmes, mas a cultura pop em geral da época. Então se você jogar, prepare-se para assumir o controle do Rambo Ciborgue! O jogo é um simulador de filme dos anos 80, acho que essa é a melhor definição pra o que ele é.

Bom, pra começar o jogo pegou os modelos de Far Cry 3, portanto ele é como se fosse um mod futurista oficial feito pela própria ubisoft, mas apesar disso é um jogo próprio, não é uma expansão e não existe ligação alguma. Mas então isso já faz alguns de vocês entenderem como é a jogabilidade, trata-se de um mundo aberto em uma ilha no futuro. Existem diversas coisas pra fazer e eventos aleatórios.

A história se passa no ano futurista de 2007 em que o mundo acabou devido à guerra nuclear e ta tudo destruído, o céu é vermelho e tudo é muito escuro como se fosse constantemente noite. Você controla o sargento Rex Power Colt que tem que lutar contra a maldosa organização das forças ômega que quer dominar o mundo. Rex é um ciborgue, ele tem um olho biônico e partes metálicas que dão super habilidades a ele.

O jogo é extremamente pequeno, tendo apenas sete missões, sendo que  a missão final é dupla, portanto pode ser considerado seis missões. Mas existem diversas submissões pela ilha que você pode entrar e também como é um mundo aberto você pode fazer um monte de coisas. Pode caçar animais, salvar cientistas, lutar contra forças omegas em eventos aleatórios, entre outras coisas.

O jogo tem um sistema de evolução e seu personagem vai ganhando experiência e subindo de nível, dessa forma destravando habilidades novas, inicialmente Rex pode saltar de qualquer altura e não morrer e usar seu olho biônico pra escanear a área e poder ver inimigos registrados através das paredes.

Você também pode atualizar suas armas, mas no caso elas não dependem da experiência e sim de objetivos que você cumpre, pode ser achar itens escondidos pela ilha, fazer submissões, matar uma quantidade exata de inimigos, entre outras coisas, isso faz com que novos acessórios sejam destravados para suas armas e você pode comprar.

Apesar do jogo ter como foco explodir geral e ser cheio de itens explosivos exatamente pra o estrago ser o maior possível, existe a opção Stealth e você pode se sentir não o Rambo, mas sim o Ninja dos anos 80! Você pode invadir bases escorregando por uma corda, subir em lugares altos e usar o olho biônico pra começar a escanear o lugar e saber onde estão os inimigos, saltar sobre eles cometendo assassinato sem ser ouvido, pode chegar por trás e meter a faca ao mesmo tempo que lança uma estrela ninja na fuça de outro infeliz próximo, arrastar corpos pra esconder, lançar pedrinhas em lugares distantes pra fazer inimigos se afastarem ou pra isolar eles. Você é o american ninja cara! Ò_Ò

Mesmo que você decida não fazer missão nenhuma e apenas queira dar uma volta pela ilha as situações aleatórias acabam tornando divertidas pois há diversos membros das Forças Ômega vagando pelo lugar a pé ou de carro e há os cientistas que te ajudam, sendo que quando se encontram, o tiroteio começa, esse tiroteio pode gerar certos efeitos no ambiente, por exemplo se metem tanta bala em um Jipe a ponto dele explodir, e tiver mato em baixo dele, um incêndio pode ser iniciado e esse pode fazer alguns personagens pegarem fogo se não se afastarem a tempo. Não bastando as forças ômegas, há animais mutantes na ilha com olhos ou listras que brilha, alguns deles apenas fogem, outros te atacam. Mas sem dúvida quem rouba a cena são os Blood Dragons, que prefiro chamar apenas de Dinossauros, eles são criaturas semelhantes a tiranossauros rex com algumas partes do corpo que brilham e são atraídos pelo cheiro, você tem que andar abaixado se ver um porque ele vem correndo, você vai se sentir em Jurassic Park quando encontrar um desses, é lindo subir em um Jipe e sair vazado com o bichão atrás, mas eles atacam qualquer um e não apenas os mocinhos, portanto tudo pode acontecer. Outro detalhe muito fodão é que você pode brincar com eles, quando você mata soldados da força ômega você pode não apenas roubar o dinheiro deles, mas também arrancar o coração e com esses corações você pode jogar e o faro super evoluído dos Blood Dragons os atrai, portanto se um vier pra cima você joga um coração pra longe, ou até mesmo fica escondidinho em um lugar e lança o coração em rivais ou até mesmo em aliados e vê a pancadaria começar. As coisas que acontecem de forma aleatória são as mais bizarras, por exemplo certa vez eu vi um cientista andando tranquilamente  quando do nada apareceu um Dinossauro andando por trás dele, o olhou e meteu um raio laser no cientista, explodindo o corpo dele. (Sim eles tacam lasers pelos olhos kkkkkkkkkkkkk). São coisas aleatórias assim que fazem você ter vontade de andar pelo lugar só pra ver as loucuras.

Pela ilha estão espalhadas diversas bases tomadas pelas forças ômega e você pode invadir e tomar o controle, fazendo com que seja uma base mais próxima onde você pode pegar missões novas, comprar atualizações, suprimentos e acessórios. Invadir bases é muito legal e você pode fazer de formas variadas, pode entrar como o Rambo e matar geral, pode ir discretamente e matar todos aos poucos, ou pode inclusive desativar os escudos da base e atrair um dinossauro pra dentro dela e deixar ele fazer o trabalho pra você matando e tacando laser em geral, claro que depois você vai ter que cuidar do bichão antes de declarar a base como sua hehehe.

Os diálogos clichês e "Sou o macho que pega as vadias" fazem você morrer de rir, há algumas referências a obras dos anos 80 e outras que são simplesmente toscas. Por exemplo uma vez matei um cara e o Rex disse "Não vou enterrar o seu corpo com terra, mas sim em dois metros de pura merda Ò_Ò!" e em outra eu meti um tiro de shotgun e o cara "RÁÁÁÁ! VOCÊ FOI ESCOPETADO!" ou então frases de outros personagens como uma vez que vi cientistas lutando contra forças ômega aí do nada chegou um dinossauro e um dos cientistas gritou com voz de medo "Eu não posso morrer! Eu me graduei!!!" kkkk. Isso sem contar com os palavrões né? O jogo já vem com legendas em português brasileiro e nossa eu nunca pensei que ia ver a palavra "cu" em uma legenda oficial uahahahaha.

O visual do jogo em geral é bastante forçado para um futuro sombrio como era apresentado na época, os personagens da força ômega por exemplo usam capacetes de motoqueiro e roupa de couro, tudo brilha, as armas são cheias de neon, isso me sufocou um pouco. E os personagens não param de falar palavras como Cyber, Mega e Ultra. Por exemplo os corações dos inimigos são os Cybercorações ou os campos de força que protegem as bases são os Mega Escudos. Acho que o fato dos caras terem colocado Far Cry 3 no título pode ser uma referência a filmes antigos que no começo eram comum e do nada viravam algo futurista nada a ver completamente clichê e exagerado, um bom exemplo é Highlander 2, que pegou uma história em época atual e do nada transformou em um lixo futurista cheio de efeitos especiais, explosões e exagero, nossa se me falassem que Blood Dragon se passa no universo de Highlander 2 eu acreditaria kkkkkk. Mas ao mesmo tempo não se passa em uma cidade e sim na mata como muitos outros filmes de caras fodões.

Bom, é isso, eu tenho certeza que tem coisas que não falei aqui, o jogo tem tanta coisa legal que é difícil conseguir lembrar de tudo, no entanto eu recomendo demais, ta aí um jogo super divertido e muito rápido pra quem ta procurando algo sem muita enrolação mas que ao mesmo tempo seja super bem feito. Vale a pena dar uma conferida no site da G2A pra ver o preço que está lá, pois muitas vezes eles costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida no preço que tá lá, clicando aqui. Esse vale a pena demais! Agora confiram o live action que a Ubisoft encomendou dos caras do Corridor Digital.

Comentários

Eduardo disse…
"Ocorreu o Apocalipse durante o Apocalipse"
Cacete EUHUHEUHEUE
Viking Macabro disse…
caralho eu tava com maior preguiça de ler essa bagaça enorme mas acabei criando coragem e li e porra vey muito foda quero jogar essa bagaça o mais rapido possível. curto pakas esses filmes mo trashao e porra highlander é um dos meus filmes preferidos re-assisti todos esse mes
muito boa a matéria mesmo vou comprar '-'
Badlands disse…
Pow, um dos poucos jogos "atuais" q achei bem feitos e legais.
Daniel Batista disse…
Sky, obrigado por me lembrar do jogo, eu ia "comprar" ele no navio pirata mas me esqueci.
Lucas Silva disse…
Eu ri muito na parte "Você é o American ninja cara!" parece ser um jogo muito bom,vou ver se eu jogo. So não achei onde compra/baixa (estou desinformado sobre este jogo)