Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

segunda-feira, 29 de abril de 2013

O jogo de corrida que me fez rever os conceitos Ò__Ò!

Sabem, na época do Super Nintendo eu não tinha problemas com jogos de corrida não, eu amava jogar Top Gear e Rock 'n Roll Racing, eram jogos que eu jogava com gosto mesmo, simplesmente era viciado naquelas bagaças, no entanto após essa era eu comecei a jogar outros jogos de corrida e já não me atraiam tanto, passaram a ser um tanto chatinhos... Eu via como a mesma coisa sempre, correr, chegar ao fim e pronto... Não é que não fosse divertido, mas eu já fazia isso no Top Gear, então não tinha um adicional além dos gráficos. Graças a isso eu simplesmente coloquei esse tipo de jogo de lado e decidi que não curtia jogos de corrida.

No entanto quando Need for Speed Underground 2 foi lançado, alguma coisa me fez jogar ele, eu não sei exatamente o que era, talvez tenham sido meus amigos que me incentivaram ou talvez eu tenha visto na internet que era um jogo legal, ou pode ser que simplesmente o nome "Underground 2" parecesse atraente demais, eu não sei e não importa realmente, o que importa é que esse jogo me fez rever meus conceitos sobre jogos de corrida.

Quando eu joguei NFSU2 demorou muito pouco tempo pra eu perceber que estava jogando algo único. Era simplesmente algo completamente diferente de jogos que eu tinha jogado até então, eu senti uma liberdade espetacular, e todo o climinha que o jogo conseguia passar era bastante diferente de outros jogos, ele não era um clássico como Top Gear e não te permitia atacar os adversários como Rock 'n Roll Racing, no entanto me causou uma sensação de liberdade como eu nunca tinha sentido antes em um jogo do gênero.

O negócio é que enquanto outros jogos de corrida seguiam o padrão de colocar as pistas, você escolher, jogar, vencer e acabar, nesse pela primeira vez eu via um mundo aberto. E ainda mais que eu estava sentindo a euforia da época e estava apaixonado por jogos com liberdade, o GTA 3 tava causando seu efeito de "Jogos precisam te fazer sentir que pode fazer tudo!". Era simplesmente espetacular poder ir a qualquer lugar, você não selecionava a fase e ia, você dirigia até lá andando em alta velocidade na contra mão e sem ligar pra nada. E ainda existia o sistema de poder fazer corridas ilegais a qualquer momento, você estava dirigindo, aparecia um outro playboyzinho em seu carro tunado e você podia piscar as luzes de seu carro pra lançar um desafio, e a corrida ocorria ali mesmo com o objetivo de sumir da vista do outro, e tratando-se de uma aposta onde você ia perder dinheiro se perdesse a corrida só tornava mais emocionante ainda competir.

Os gráficos de NFSU2 eram lindos demais pra época, me deixou encantado a localização, a cidade de Bayview é linda demais, cheia de prédios, holofotes, luzes pra todo lado, nunca amanhece na cidade e era tudo tão lindo, os detalhes de iluminação e reflexo nos carros deixavam um clima urbano fantástico demais.

A trilha sonora é algo que simplesmente marcou a época, assumo que não lembro de todas as músicas do jogo, mas diversas delas simplesmente viraram músicas que até hoje eu continuo procurando de tempos em tempos para ouvir e bate a maior nostalgia. Trilhas sonoras que combinam realmente marcam épocas pra mim. No caso da desse jogo a maioria das músicas é muito agitada e esse é um toque especial que torna inesquecível correr pelas ruas daquela cidade.

E também havia a opção de personalizar o carro, isso já é algo que eu acredito que tenha visto em jogos anteriores a esse, mas de qualquer forma o fato de você poder dirigir até oficinas e ir tunando ele, melhorando o motor, modificando a pintura, adicionando coisas que o tornam mais bonito como neon era simplesmente algo que me fazia sentir como se eu tivesse cuidando de um Tamagotchi uahahaha.

Enfim, ta aí um jogo que me marcou, achei divertido pra caramba, cheio de eventos repentinos pela cidade e é o tipo de jogo que com certeza de tempos em tempos voltarei a instalar para relembrar. Infelizmente depois quando saiu o Most Wanted eu fui voando pra jogar mas vi que não gostei muito, se passava de dia, era lindo o lance de se pssar no crepúsculo e ter policiais, algo que seria fantástico no underground, mas já não senti a mesma coisa e se não me engano tinha algo que você ganhava pontos por destruir lugares, o que me fez sentir mais dirigindo um monster truck ansioso pra destruir e ganhar pontos por isso que um carro de playboy super habilidoso no volante.

2 comentários:

Yan disse...

Nossa cara, tantas memórias, vo chorar.

Jardel Rodrigo Holub disse...

Cara nostalgia EXTREMA desse jogo, ele tem um clima único que nenhum outro NFS consiguiu reproduzir. É relaxante o clima desse jogo (e a cidade bonitinha *--*). Bora atropelar os bobs (era o apelido que eu e meu amigo dava pros tambores d'agua da auto estrada que todos ama atropelar XD).