Demônio - Um filme de terror dentro de um elevador

Hoje vou falar sobre um filme do M. Night Shyamalan, o cara que normalmente ou se ama ou se odeia os filmes dele, tirando o Sexto Sentido que é amado por quase todos e no meu caso eu gosto pra caramba dos longas desse diretor em geral. Demônio é uma de suas obras que apresenta uma ideia intrigante pra caramba, porém usando uma simplicidade enorme.

Cinco pessoas ficam presas em um elevador, no entanto de tempos em tempos as luzes se apagam e ao acenderem, alguém se machucou ou morreu e sem saída, os presentes começam a desconfiar de todos ao seu redor.

Eu achei a ideia do filme muito legal! Com tantos filmes iguais que surgem é muito bom ver uma história diferente, a tensão em cima daquilo é enorme e do começo ao fim você fica desconfiando de todos e começa a elaborar as teorias.

Os personagens do elevador te fazem ficar pensativo e sempre mudar de opinião sobre qual deles está matando todo mundo.  E é aí que está a grande mágica da coisa, em um ambiente tão pequeno e eles parecem tão inocentes e ameaçadores ao mesmo tempo. Fica aquela sensação no ar sobre "Não, isso tá óbvio demais, não pode ser esse...", mas não há lógica em ser outros, daí vai te gerando uma paranoia.

Tem o veterano de guerra legal que tem as atitudes mais agradáveis e sensata com todos, a mocinha assustada que quer que todos fiquem longe dela, a velha senhora desagradável que carrega spray de pimenta, o segurança do prédio claustrofóbico que não anda de elevador e só foi porque era urgente e o vendedor de colchões que faz piadinhas o tempo todo.

Além disso você vai descobrindo mais sobre os personagens através da equipe de segurança que tenta arrumar o elevador e a policia que vai investigando e falando sobre quem é cada um ali. Daí já viram o nó que dá na sua cabeça né? Sempre recebendo as informações novas e tentando encaixar as coisas para ver se acerta.

É muito legal ver a reação de cada um e como aos poucos vão mostrando quem realmente são, assim como o pavor que toma conta deles e as atitudes de desespero. Toda vez que a luz do elevador apaga durante o filme você pensa "Caracas, o que é que vai rolar agora?" uahahahaha.
Achei um ótimo filme para passar o tempo, história diferente e final com uma surpresinha, não foi o melhor que vi do Shyamalan, mas sem duvidas foi um filme que gostei demais de assistir e que valeu o tempo que investi, para quem curte um suspense eu recomendo conferir! Caso se interesse você pode conferir aqui.

Twittem aí para seus amigos pessoal =D

Comentários

Neox disse…
Vai se foder, Rian, contou spoiler!
I'm your father disse…
Spoiler do caraaaaaaai. Que merda meoooooooooooo vai toma no cú vey
Rian disse…
Tirem a areia da vagina vcs , achavam que ia ter oq nos comentários? ja sabiam do risco.
Skywalkerpg disse…
Ta beleza pra evitar brigas tirei o spoiler do Rian, lamento Rian mas é pra evitar brigas e o povo ficar nervoso.
Helo disse…
Já vi esse filme, é bem legal, mas meio monótono. Você fica colocando a culpa em todos, kkkkkkkkkk
NerdHate disse…
Bacana Sky, por coincidência assisti esse filme no sabado... achei mediano, mas bacaninha... nao é pra dar susto, mas sim pra passar uma mensage... de responsabilidade
I'm your father disse…
Rian, Não vou perder meu tempo discutindo aqui com você graças ao dono do blog, que é um ser pensante, ao contrário de você. Graças a Deus que ele exclui aquele seu comentário de merda... O sky cria uma matéria toda sem spoiler e depois um infeliz vem falar merda. Nem consigo assistir o filme agora :@... E "sabia dos riscos" é o caralho, tem que ser muito burro pra fazer um comentário desses.
Rafa3ll disse…
Véio, sinceramente achei o filme muito, mas muito [email protected] mesmo.No final, enquanto os créditos passavam, custei a acreditar que o mesmo criador de O sexto sentido tinha criado aquilo.O que mais me incomodou foi a clichezisse e a falta de ritmo, véi... dava pra tirar uma meia hora de filme ali que não ia fazer falta.Acho que ficaria bem melhor como um curta de uns vinte minutos e com um final mais criativo do que um fime de UMA HORA E VINTE(!!!) em que uns 40 minutos são descartáveis.
Rafa3ll disse…
Sky, vc já leu Dragão Vermelho, o primeiro livro do Hannibal Lecter?Comprei e chegou hj e nas primeiras páginas tem uns trechos de dois poemas do William Blake, que só eles já me cativaram demais.O primeiro chama "Cantos da Inocência":
A Compaixão tem coração humano,
A Piedade, um rosto humano,
O Amor, a divina forma humana,
E a Paz, a roupagem humana.
Quando li isso fiquei pensando qq tinha a ver com o tema mórbido do livro, até que eu li o trecho do outro poema, chamado "Cantos da Experiência":
A Crueldade tem coração humano,
O Cíume, um rosto humano,
O Medo, a divina forma humana,
E a Intimidade, roupagem humana
A Roupagem Humana é ferro forjado,
A Forma Humana, uma forja ardente,
O Rosto humano, uma fornalha fechada,
O Coração Humano, sua garganta esfomeada.

Esse cantos da experiência só foi encontrado depois da morte do William Blake e publicado em edições póstumas, se se interessou pelo Dragão Vermelho, lê e faz um review ae =D
Skywalkerpg disse…
Nem li, só assisti o filme mesmo.