Minha história de amor e ódio por Alan Wake

Não é surpresa para ninguém que Max Payne seja o meu jogo favorito e que amo demais mesmo essa bagaça. Para a época que ele foi lançado é um jogo simplesmente inovador demais, cheio de detalhes interessantes e com um clima próprio espetacular.

Quando saiu o segundo jogo da série eu já não me impressionei tanto, tinha tudo que o primeiro tinha e com gráficos melhores, então eu amei o jogo, mas só, não me causou o impacto que o primeiro causou porque apesar de ser maravilhoso, eu já tinha visto tudo aquilo antes, então inovação é um ponto fraquissimo de Max Payne 2. Eu tinha que culpar alguém e sobrou pra Rockstar, como o primeiro jogo não tinha parceria com ela e no segundo sim, eu logo apontei o dedo pra dizer "Foi tudo culpa dessa safada Ò_Ò".


Mas o tempo passou, as mágoas cicatrizaram e foi dois anos depois de Max Payne 2 que a Remedy me chamou a atenção novamente, ela estava anunciando um novo jogo, e o nome era Alan Wake. A primeira coisa que chamou a atenção foi o nome do jogo que me causava o mesmo impacto que Max Payne, depois o jeito que ele era, em uma cidadezinha pequena e que lembrava demais Stephen King que eu sempre adorei.

Daí foi anunciado que o jogo teria variação entre dia e noite e que a luz seria a principal aliada, eu fiquei apaixonado por tudo aquilo imediatamente! Era como se o verdadeiro Max Payne 2 tivesse sido anunciado! Um jogo feito só pela Remedy e que tinha tantos elementos que me atraiam, eu não via a hora de jogar aquilo e já pensava "Caracas, ano que vem eu vou jogar demais isso!" mas o ano que vem veio e o jogo tinha simplesmente sumido...

Pouca coisa saía sobre e nada de data de lançamento, em 2007 eu criei o Nerd Maldito, e a primeira matéria foi sobre alan wake, uma das poucas prévias colocadas no blog, já que hoje em dia eu só escrevo sobre coisas que zerei. E assim 2008 entrou e nada do diabo do jogo... Chegou 2009 e no começo nada também mas pro final desse ano as coisas começaram a esquentar pois finalmente ele se aproximava de verdade da data de lançamento do jogo, eu mal podia acreditar, era incrível demais!

E finalmente o ano de 2010 chegou e eu estava muito feliz pois tinha atualizado o PC no ano anterior e sabia que certamente poderia jogar mesmo que os gráficos estivessem no mínimo. Eu não ligava de jogar ele com gráficos baixos pois o que importava mesmo era poder jogar, poder conhecer, me divertir naquele mundo, com ou sem belos gráficos.

A Remedy deu um banho de água fria em mim e em vários jogadores aproximadamente quatro meses antes do lançamento de Alan Wake, quando anunciou que a versão de PC foi cancelada. Eu fiquei muito, mas muiiiito puto mesmo! Era importante pra mim jogar aquele jogo, tem vários jogos que eu espero mas que se forem cancelados eu vou achar ruim mas nunca como Alan Wake, aquele era o jogo que eu precisava jogar.

O pior foram as desculpas, surgiram as mais toscas, mas a que eu realmente fiquei mais puto em ler foi "Nós não lançaremos para computador porque percebemos que o jogo oferecerá uma melhor experiência no video game e como queremos que a experiência seja a melhor possível, lançaremos ele apenas no xbox mesmo." era frustrante ler uma coisa dessas, principalmente porque obviamente um jogo de tiro poderia ser sim muito bem aproveitado usando um mouse.

Eu lembro que certa vez quando eu ainda não tinha jogado Max Payne no video game, eu estava falando com um amigo meu e disse que era meu jogo favorito, logo ele respondeu que foi um dos piores jogos que ele já jogou na vida, eu fiquei um tanto encabulado, até que certo dia eu aproveitei que ele estava aqui e fui jogar e mostrar elementos do jogo que eu amava pra ele.

Então ele disse "Caramba, eu não lembro que era assim não" e mais pra frente fui jogar o de PS2, foi quando tive noção da diferença, o problema eram os controles do jogo, simplesmente no video game era outra coisa, o controle bem diferente do PC me desagradou demais também. Então tendo como experiência o Max Payne no PC e video game, eu achava uma ousadia do cacete a Vivendi dar uma desculpa dessas. Era óbvio que a versão de PC foi cancelada unicamente para que Alan Wake pudesse ser chamado de jogo exclusivo de xbox 360 e dar uma força para o console.

A campanha de marketing que começou em cima do jogo era fabulosa, a microsoft estava investindo pesado e logo todo mundo tava falando de Alan Wake, uma das provas do peso da campanha de marketing foi a mini série Bright Falls, que mostrava uma história no universo de Alan Wake. Pessoas que nunca tinham ouvido falar antes do jogo passaram a falar sem parar. Eu ficava aborrecido em saber que um monte de molequinhos iam jogar só porque era um exclusivo de xbox e pra poder usar como argumento na guerra dos consoles. Eu fiquei apenas olhando e na vontade, decidi que eu compraria um xbox um dia e jogaria, enquanto isso apenas evitaria saber de coisas sobre o jogo.

Quando o jogo lançou, ele foi um verdadeiro fracasso em vendas. Acredito que tenha sido uma surpresa pra todo mundo e apesar de em parte eu estar feliz por ver a Vivendi tomar uma bofetada na cara, ao mesmo tempo me preocupou um pouco pois se o jogo não vendesse as chances de sair uma continuação seriam bem menores.

Apesar de tudo não foi uma surpresa tão grande pois eu sempre soube que Alan Wake era um jogo com foco na história apesar da ação que tem e eu sei que as pessoas preferem algo do tipo matar sem parar, eu sempre soube que se Alan Wake não fosse um exclusivo, provavelmente seria apenas mais um bom jogo que não foi muito admirado e passou, só que as pessoas colocam no altar jogos exclusivos para dizer que o console é melhor, mesmo que não vão nem um pouco com a cara do jogo. Heavy Rain de PS3 que o diga, um jogo que acho extremamente fabuloso mas que é óbvio que passa longe de ser um estilo call of duty ou god of war que o povão tanto ama.

Imediatamente os boatos de que o jogo sairia para PC começaram e um monte de gente começou a dizer "Só porque não lançou para PC antes, eu vou comprar falsificado pra ela aprender" é claro que eu sei que a maioria era hipocrita e mesmo que fosse lançado para PC iria pegar falsificado, mas eu me sentia realmente ofendido com aquilo e queria mesmo era ver o circo pegar fogo pra cima dela, só que eu pretendia mesmo comprar original se saísse pra PC, por mais que eu estivesse todo nervosinho como ocorrido.

Um dos meus maiores arrependimentos quanto a video games é de nunca ter comprado o Max Payne 1 Dublado original, eu queria demais ter aquele jogo mas quando me toquei disso era tarde demais e já não era mais vendido, e isso é uma coisa que sempre achei uma pena... Com Alan Wake eu não pretendia cometer o mesmo erro e se saísse para computador eu ia correndo comprar, mesmo com má vontade por causa da falta de consideração com os jogadores de PC.

O tempo passou os boatos continuavam mas todos começaram a tomar banhos de agua fria com a Vivendi dizendo que não ia lançar mesmo, que era improvável e bla bla bla, e assim a chama da esperança foi acabando... O negócio era mesmo comprar um xbox 360. Pouco mais do meio de 2011 conseguindo um emprego como designer eu vi que era minha chance, mas eu tenho prioridades então comecei a juntar os restos do meu salário para comprar um xbox pois me sentiria mal em pegar o salário todo e comprar um xbox enquanto eu poderia juntar para algo realmente influente na minha vida.

Mas com o primeiro "resto de salário" eu comprei Alan Wake, eu nem tinha xbox ainda mas o fato de poder ter Alan Wake era demais! Ainda mais sendo apenas 79 reais o preço oficial, achei uma pechincha, ta certo que não vinha nada demais, só um manual muito pequeno e o disco do jogo, mas mesmo assim poder ter já era incrível!

Quando o final do ano estava chegando eu vi que finalmente compraria essa bagaça de video game, estava me roendo de vontade já, mas eu sabia que precisava esperar o natal, porém quando o submarino ofereceu 20% de desconto em tudo que fosse comprado no boleto eu não consegui me segurar, sabia que provavelmente iria baixar mais ainda após o natal, mas eu realmente não queria arriscar, e assim fiz o pedido.

Ah mas esse foi um pedido inesquecível, não apenas porque eu estava comprando algo que desejei por muitos anos, mas sim pela ironia que o universo cometeu comigo. Era o dia 14 de dezembro quando bem cedinho entrei no meu e-mail e vi lá a confirmação do submarino que eles tinham recebido o dinheiro do boleto, foi uma alegria intensa saber que era só esperar, e com um sorrisão no rosto eu saí do e-mail e entrei em um site de jogos, onde estava a notícia principal "Alan Wake é oficialmente anunciado para PC".

Ao contrário do que devem imaginar, eu não fiquei puto, eu fiquei mais pra chocado, eu não sei se é Karma, a gangue do Belzebu, se meu nome foi colocado na macumba, ou simplesmente o próprio universo tava afim de sacanear, mas realmente aquilo pareceu algo sobrenatural. Foi totalmente sincronizado! Eu tinha efetuado a compra no dia 12, no dia 13 meu disse que pagaria mas acabou deixando pra mais tarde, não lembro, sei que por algum motivo o pagamento só foi feito tarde demais, deixando assim para que no dia 14 eu recebesse e naquele mesmo momento eu entrasse em um site de jogos.

Foi chocante mesmo. Mais pra frente me deu um pouco de raiva porque sempre amei Heavy Rain e se eu soubesse, teria comprado um PS3 ja que Alan Wake e Heavy Rain eram realmente as prioridades, o resto tanto fazia, eu até queria jogar alguns exclusivos mas conseguia aguentar, por isso não ter comprado um PS3 me causou certa irritação, ainda mais acreditando que Alan Wake para PC tenha sido apenas uma estratégia safada. Mas enfim, chega de papo, hora de analisar a bagaça! Ò_Ò

História

Alan Wake é um escritor famoso que para relaxar vai passar um tempo com sua mulher na pequena cidade de  Bright Falls. No entanto quando sua mulher desaparece e o escritor passa a ser atormentado por inexplicáveis sombras, ele parte em busca de respostas.
Sobre o jogo

Não é do meu feitio, mas dessa vez eu tive que bancar o jogador hardcore, eu tinha jurado pra mim que não ia jogar esse jogo no normal e assim fiz, comecei ele no hard porque queria que durasse o máximo possível, e posso dizer que valeu demais a pena ter expandido o tempo de jogo, mesmo porque uma coisa eu já vou avisando, mesmo no HARD, ele não é um jogo que considerei difícil.

Uma coisa que passei a ouvir sempre depois que o jogo ficou famoso, é que Alan Wake era um jogo de terror, no entanto eu sempre achei esquisita demais essa afirmação porque eu nunca o tinha considerado assim, mas sim um jogo com uma temática sombria, o que não quer dizer terror. Ao jogar eu vi que realmente tinha umas pequenas partes preparadas para dar sustos, mas no geral era exatamente o que eu esperava quanto ao clima, um jogo de ação com um tema tenso, assumo que às vezes enquanto andava pela floresta eu chegava a me preocupar em aparecerem inimigos, mas realmente se eu fosse classificar o jogo, não seria como terror.

Os gráficos de Alan Wake são bem legais, mas eu não achei tão legais quanto muita gente diz por aí. O que acho que impressiona mesmo é em como o cenário é lindo, a pequena Bright Falls consegue fazer você sentir muita vontade de estar naquele lugar com tantos pinheiros e locais montanhosos, um enorme lago e tudo mais.

Os efeitos de luz e sombra são muito bem trabalhados, fazendo com que você realmente observe bem os detalhes que a lanterna causa nos objetos. No entanto não chega ao exagero, o que achei bom pois é certo que o jogo tem como foco a luz e a sombra, mas seria bem irreal deixar elas mais extravagantes que os outros elementos do jogo, por isso são apenas muito bem feitas.

A história é exatamente o que eu mais estava esperando do jogo, é certo que eu queria matar algumas criaturas, mas o que de imediato me fez ficar fascinado por Alan Wake foi a ambientação sombria dele. Uma cidadezinha onde algo sinistro está acontecendo e criaturas aparecem durante a noite... Caracas isso é atrativo demais pra mim.

A história tem uma narração do próprio Alan, assim como em Max Payne e você se sente em um livro. Aos poucos você vai achando várias páginas de um manuscrito onde vai lendo mais detalhes da história e começando a entender, assim como televisões onde muitas vezes você está passando e se ligam, mostrando o próprio Alan Wake fazendo uma narração e em uma sala, um detalhe interessante é que essas cenas são em live action, então o Alan Wake em carne e osso aparece nas televisões e você vai vendo o que ele vai falar hehehe.

Há também uma série de pequenos detalhes espalhados por cada fase e que enriquecem demais o mundo. A forma como são apresentadas as fases são espetaculares, pois é uma simulação de episódios de seriados, então no final de cada capítulo você vê o fim com uma musiquinha marcante(como a espetacular WAR) e algo revelador, enquanto no começo dos capítulos você vê um "Anteriormente em Alan Wake..." e um resumo com cenas de episódios anteriores, dá até um arrepio ver! *-*

Os cenários do jogo são incríveis, você não anda apenas a pé, mas de carro também e eu simplesmente não conseguia passar direto pelos lugares, baixou o jogador explorador com força em mim, pois eu vasculhava cada centímetro, muitas vezes eu começava a andar e achava que estava indo pelo caminho certo então pensava "Caramba pode ter uma coisa escondida ali atrás" e lá ia eu correndo para vasculhar um pouquinho mais.

Além do mais com as maravilhas que são as conquistas, era muito mais realizador explorar mais o ambiente pois eu realmente queria destravar elas! *-* e ver todos aqueles lugares me encantavam, hotéis de beira de estrada, trilhos abandonados, postos de gasolina, o clima de Buick 8 era total! E não achem que eles tem vergonha de assumir que o Stephen King foi inspiração não, a primeira coisa que falam no jogo é STEPHEN KING em uma narração do Alan Wake sobre o autor hahaha, inclusive para quem viu Saco de Ossos, consegue ver a semelhança enorme entre as duas obras. Aliás, durante o jogo você vê diversas referências a toda a obra do autor.

Os combates são muito melhores do que eu imaginava, os inimigos são envoltos em sombras, não apenas pessoas mas também objetos e até certas forças como o vento são dominadas pelas trevas, você precisa usar sua lanterna para destruir ela e depois a arma para matar. Existe um botão que permite o permite que você se abaixe e vá para o lado, dessa forma desviando de ataques, mas é muito legal como o efeito de camera lento é ativado nesses momentos, deixando assim que você veja por exemplo um machado passando voando e quase te acertando.

Os inimigos são inteligentes e fazem emboscada, eles não simplesmente vem de frente, muitas vezes se separam e dão a volta por trás de algum lugar para te atacar por trás, você precisa ficar muito atento no número para não ser pego de surpresa. Você só pode carregar um tipo de escopeta e de pistola por vez além de sua lanterna, tanto munição quanto pilha acabam então você precisa recarregar, é muito legal o efeito da sombra estourando nos inimigos por estarem expostas por muito tempo à luz.

Apesar de que não é muito divertido quando ocorre de você estar apertando o botão pra concentrar luz da lanterna e ela falha hahaha, mas o controle em geral ficou mesmo muito bom, é gostoso lutar contra diversos inimigos de uma vez, desviando de ataques e tacando luz na fuça dos vagabundos Ò_Ò. Mas também existem alguns acessórios como o sinalizador que pode ser usado tanto com uma arma pra atirar e explodir inimigos como diretamente aceso na mão para mantê-los afastados, e também uma granada de luz que você joga e após a explosão todos os inimigos que estavam por perto vão pro saco. '-'

Enfim

Alan Wake não é um jogo que eu consideraria inovador como Max Payne foi, mas é sem duvidas um jogo marcante pra caramba que vai direto pra lista de jogos com história incríveis e mantém um clima que era exatamente o que eu esperava. Sem duvidas para quem gosta de histórias noturnas, esse é o tipo de jogo que não pode ser deixado de lado. Recomendo dar uma conferida no site da G2A, pois lá eles costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida aqui. E não deixe também de ver a análise de Alan Wake American Nightmare.


Twittem aí para seus amigos pessoal =D

Comentários

Sky, você realmente gostou do sistema de combate do Alan Wake? Tipo, eu tava animadão com o lançamento que nem você, mas quando vi o sistema de combate e os 'bichos', fiquei desanimado. Sl, acho que me iludi muito por imaginar que seriam seres do estilo Silent Hill. xD
Alias, o seu Alan Wake veio legendado ou você entendeu tudo porque entende mesmo de inglês?
Skywalkerpg disse…
x_[~Tsubakimaru~]_x

Eu adorei o sistema de combate dele e eu nunca esperei que fosse um jogo de terror, sempre esperei algo com ação mesmo. Infelizmente o Alan Wake é em inglês mesmo, não tem tradução oficial, isso é vergonhoso porque é desagradável eu saber que eu paguei pela versão original e quem pega a pirata tem mais vantagens que eu porque pode jogar em português já que traduziram. Acho triste isso, eu não peguei 100% do jogo não, mas peguei bastante porque consigo jogar jogos em inglês mas não sei tudo.
Etinex'Nay disse…
Nunca tive muita vontade de jogar esse jogo. Mas agora depois da sua análise pareceu bastante interessante. Vou jogar um dia o de PC.
infynity dragon disse…
Sky, vai para missa, pq alguem escreveu seu nome na macumba la de sexta feira, putz cara eu ri demais com sua historia de ter comprado um xbox bem no dia do lançamento para o pc, ja joguei alan wake(meu amigo) e ja joguei heavy rain(emprestado) cara totalmente sem noção a diferença de "peso",legalzidade,bacanice(se é que essas palavras existem) entre os dois jogos
Jean_Joker disse…
ja joguei o começinho d Alan Wake cm meu amigo, gostei bastante do clima do jogo, vc vive falando de Heavy Rain sky, kkkk, eu tenho, bem legal, soube usar bem o controle do PS3 cm todos os recursos, pena q a história eu achei um pouco curta, mas q prende bastante, cm vários momentos de ação bem fodas
Rafa3ll disse…
Agora tô num dilema porcausa dessa análise, não sei se continuo guardando uma grana pra Collector's Ed. de ME3 ou se uso parte do dinheiro já acumlado pra comprar o Alan Wake...considerando a possibilidade da CD universe cobrar um frete que é o preço do jogo acho que vou continuar guardando grana pro ME3
PIROTE disse…
Rafa3ll

Alan Wake original está custando R$60,00!! Acho que não vai arrombar as suas economias acumuladas... ^^
Maniezi disse…
Um dos melhores jogos que tive um imenso prazer de terminar, sensacional, aquele clima dos homens sombra com aquelas vozes aparecendo no meio da escuridão no bosque... não tem palavras, mas sim apenas uma ação... "corram para as colinas ou para o primeiro poste com luz" rs...
Victor disse…
Zerei Alan wake logo no lançamento mas não joguei The Writer/Signal,um dia compro a bagaça original pro 360 e as DLC's juntas pq é realmente um jogão.
Henrique disse…
Na ánalise que eu criei sobre Alan Wake, eu disse: A única forma de fazer um filme magnifico em um jogo eletrônico é trazendo a ele uma história espetacular e esse foi uma das expectativas que Alan Wake tinha o objetivo de apresentar e que deu realmente certo.

Quando joguei Alan Wake, simplesmente eu me apaixonei por ele. Era como se eu estivesse dentro do corpo de Alan.