Mafia - Um jogo muito avançado para seu tempo

Hoje falarei sobre um daqueles jogos que você consegue perceber que foi muito a frente de outros jogos lançados na época, com elementos únicos que só passaram a ser usados normalmente, anos depois. Mafia, uma obra absurdamente difícil, com uma enredo fenomenal, visuais impecáveis e que para fãs de histórias de mafiosos, é simplesmente obrigatório!



É outono do ano de 1930, o taxista Thomas Angelo está trabalhando e pensando em como aqueles tempo estão difíceis, muitas dívidas, pouco dinheiro... Ele acaba de deixar um cliente em seu destino quando resolve fazer um intervalo para descansar e fumar um cigarro, e é quando ele ouve uma forte batida ali perto, e de trás de um prédio surge a figura de dois homens, eles invadem o Taxi de Thomas e o obrigam a dirigir, logo um outro carro surge, após uma perigosa perseguição, os homens o conduzem até um Bar de um dos chefões do crime da cidade, Don Salieri, eles agradecem e o pagam uma quantia grande de dinheiro para reparar o carro, também oferecem um emprego, mas Thomas recusa, porém dias depois é abordado por homens que destroem seu Taxi, haviam anotado a placa, ele foge para o bar dos Salieri e vê que agora é procurado por mafiosos, sua única alternativa é aceitar a vaga de emprego oferecida anteriormente.

Antes que perguntem, Mafia foi lançado muito próximo da data de lançamento de GTA 3, então acredito que ele seja o jogo que é mais comparado com Mafia já que também é cenário aberto e lançado na mesma época, o final de 2002(um ano após o jogo da rockstar). A primeira vez que joguei Mafia foi em 2003, mas formatei o PC e desanimei de recomeçar porque já estava muito longe no jogo, e os anos foram passando, eu começava de novo mas sempre acontecia algo que me fazia parar, e quando finalmente consegui zerar Mafia, fiquei realmente impressionado, de uma forma que talvez eu não ficasse se tivesse chegado ao fim em 2003.

O jogo já era lindo na época, com certeza e eu já ficava impressionado com os elementos contidos, porém jogando anos após o lançamento, pude observar aquilo tudo e pensar "Caramba, como isso rodava nos computadores daquela época?". Bom, para começar assistam o vídeo de abertura de Mafia, que no começo eu pensava que era um CG da época mas depois vi que aquilo era o jogo mesmo mostrando todos os seus elementos, fiquem de olho nos pequenos detalhes:

Acredito que esse vídeo tenha sido feito não apenas para ser o vídeo de introdução de Mafia, mas sim porque os caras que criaram devem ter ficado tão impressionados em terem feito algo tão bom que resolveram colocar um vídeo no inicio como algo do tipo "VEJAM QUE OBRA FANTÁSTICA NÓS FIZEMOS!" porque sério, essa é a palavra certa pra descrever Mafia, fantástico!

A começar pelo clima do jogo, ele consegue transmitir todo aquele universo criado de forma extremamente natural, quando os dois homens se aproximam de Tommy, os ângulos de câmera adotados são incríveis, ela vai seguindo o cigarro caindo da mão dele em câmera lenta, e ao fundo você vê aquele mafioso se aproximando apontando uma arma pra ele, enquanto isso os sons dos passos dele se aproximando são bem sonoros e ao mesmo tempo há uma narração do protagonista dizendo o que estava pensando naquele momento, até que o cigarro bate no chão, aparece um efeito da faísca se espalhando com o impacto da queda e a cena continua.

E logo depois você já ta controlando o carro em meio a uma perseguição, é muito bom mesmo! Tudo é bastante estilizado, por exemplo, o tutorial do jogo é como se você estivesse recebendo o treinamento para entrar na Mafia, dentro de um galpão, onde você recebe explicações sobre como agir com policiais, matar sem ser notado, etc... O menu do jogo é como se fosse uma câmera filmando uma sala da época, com armas, mapas, etc, muito bonito mesmo.

Só para transmitir um pouco o climinha de Máfia, vou falar primeiro de uma fase específica do jogo que eu gostei muito, e acho que qualquer pessoa que goste de observar detalhes, vá adorar ela. A fase se passa em uma fazenda onde você deve ver o motivo de uns caras não terem feito uma entrega, ao chegar na fazenda, está uma forte tempestade, não há sinal de ninguém, você vai andando, no céu pode observar os raios, o som dos trovões distantes, o brilho no céu de um relâmpago e o som vindo depois, exatamente como acontece na vida real.

No horizonte é possível ver a silhueta de alguns morros, as árvores do lugar balançando com força e as folhas voando com o vento, um varal cheio de roupas penduradas balança também com força, se você entra no celeiro, percebe que o som muda, e você pode ouvir o som das gotas batendo no telhado, se entra em algum lugar do celeiro com segundo andar, percebe que o som das gotas muda novamente, ficando mais abafado. 

Ao chegar no caminhão que procurava, o cara está lá dentro dormindo, você começa a reclamar com ele e abre a porta do carro, porém logo percebe que ele não estava dormindo, tinha sido assassinado, logo aparecem mafiosos e você percebe que caiu em uma armadilha, o tiroteio começa, você corre pela fazenda e logo vão surgindo novos homens, é necessário pedir ajuda. É simplesmente sensacional isso tudo, o jogo tem um clima que te faz sentir estar naquele lugar.

Em Mafia, foi criada a cidade chamada Lost Heaven, e é baseada na cidade de Chicago da época, ficou simplesmente espetacular! Para começar  com os detalhes dos objetos em geral, quase todos com contornos muito bem feitos e realmente trabalhados em 3D, é lindo ver todas aquelas lojas, as pessoas, parques, cabines telefônicas, hidrantes, pássaros e vários outros pequenos detalhes que fazem a diferença.

Você pode pegar o metrô e andar pela cidade como passageiro, parando em alguma das várias estações, passando por cima das pistas da cidade, vendo os prédios lá fora, e muitas vezes agilizando a chegada a algum ponto, e também pode andar de onde, que passa do lado dos carros. No jogo também existe a opção de assobiar e há táxis, então creio que dá pra pegar eles também, mas não tenho certeza porque não consegui. 

E tem também os arredores da cidade com outras coisas, por exemplo fazendas, autódromos, aeroportos, é muito legal a sensação de estar saindo da cidade para o campo. Existe também variação de tempo entre as missões, por exemplo há missões que se passa em tempo chuvoso, outras em pleno crepúsculo com todo o cenário bem alaranjado,  e outros climas, é muito bom =)

É incrível como os veículos do jogo são bem trabalhados, tão bem trabalhados que pode fazer muitas pessoas morrerem de raiva... Obviamente são carros da época, portanto são calhambeques, e os caras levaram isso mesmo a sério, grande parte dos carros é lenta pra porra, além disso você tem que se acostumara dirigir porque são muito leves e a física nos carros é ótima, muitas vezes você ta em alta velocidade e tem uma curva, você já pensa "fudeu!" os carros voam mesmo. Porém com o tempo você acaba dirigindo bem, e uma coisa eu garanto, depois que você dirigir um carro em Mafia, quando você for jogar outro jogo que tenha carro, muito provavelmente você vai sentir que é moleza dirigir ele. 

Tenho que assumir que eu ficava meio nervoso, mas logo que acostumei, entrei naquele climinha, há carros rápidos, mas tem uns que são lentos pra caramba. Como eu disse anteriormente, a física do jogo nos carros é muito boa, se você bate, você vai sentir o carro balançando de forma muito realista, se sobe um lugar alto, a velocidade baixa bastante, assim como em uma descida a velocidade aumenta, os freios são bem fraquinhos podendo fazer você perder o controle se estiver em uma velocidade muito alta e freias bruscamente, podendo até virar o carro, até subir em uma calçada tem seus efeitos, por exemplo a roda pode arrastar no meio fio da calçada. 

Quando você entra em um carro, não fica invulnerável como é normal nos jogos, ou seja se você bater o carro, dependendo do impacto, pode tomar dano e até morrer em acidente de carro muito violento, isso vale também para passageiros que você estiver levando, e para inimigos, então imagine você perseguindo rivais e batendo no carro dele fazendo ele bater com força em algum lugar e quebrar o pescoço! É muito foda isso!


Balas também podem te acertar enquanto estiver dentro do carro, e mais! As marcas dos tiros ficam na lataria, então você pode ver os tiros se formando em seu carro enquanto você foge ou o contrário, detonar o carro dos outros e ver eles virando peneira Ò_Ò! Você pode por a mão pra fora do carro e meter bala, mas isso também tem efeito, você dirige com bem menos precisão, os carros tem gasolina, podendo parar de funcionar se acabar.

Apesar de não ser normal isso acontecer, dá uma sensação de adrenalina enorme ter que abandonar o carro e arrumar outro rapidamente, o carro também pode parar se estiver muito destruído. Assim como os tiros, outras partes do carro também são amassadas ou recebem arranhões, quando recebem impacto.

Enquanto você dirige existe também todo aquele sistema de dirigir, passar marcha, etc, ou para quem não quer saber disso pode ir pro modo automático, que não é tão eficiente, mas faz direto as coisas. Os obstáculos da cidade nem sempre podem ser destruído, por exemplo é possível levar uma cabine telefônica com você, porém o carro não tem potência o suficiente pra levar um poste, então o máximo que você consegue é amassar o seu carro e receber um bom dano.

Você também pode fazer sua coleção de carros, guardando na garagem e escolhendo qual quer usar depois, além disso no menu do jogo existe a "carropédia" onde você pode ver os carros detalhadamente, como se estivesse exposto em uma loja, e com informações em geral sobre ano de fabricação e etc, para amantes de carros antigos, pode ser um lugar bastante interessante para se dar uma olhada.

Se você quiser um carro na rua, terá que roubar ele, e não estão todos com as portas abertas não, você tem que arrombar o carro pra poder entrar, sendo que nesse tempo a policia pode aparecer então tem que ficar de olho, e também nem todos os carros tem fechaduras iguais, portanto você precisa aprender a arrombar novos carros para poder roubar eles.

No jogo existem algumas leis, você não pode atravessar o sinal vermelho, se a policia ver, ela vai atrás de você, também não pode andar acima da velocidade permitia, por isso existe um limitador de velocidade para o povo que não consegue andar no limite, isso foi ótimo pra mim porque eu sempre ficava frustrado em GTA que o cara só sabe dirigir feito lunático, não da pra dirigir normal não naquela porra Ò_Ò. 

As multas de transito variam, uma batida, atravessar o sinal vermelho ou correr em alta velocidade, geram apenas uma multa, você tem que estacionar, falar com os guardas e pegar a multa, faz você perder tempo, o que é bem desagradável. Porém se você atropelar alguém, não parar para receber a multa, ou andar com uma mão pra fora do carro segurando uma arma, já passa pro nível de procurado e você é preso. E se você continua correndo por mais tempo ainda, aí já chamam reforços e um monte de carros vai atrás de você com armas pra meter bala mesmo.

O jogo contém várias armas da época e na maioria das missões, você dá uma passadinha no fornecedor de armas para ver as mais adequadas, existe um inventário onde você pode guardar as que tem, caso consiga mais alguma durante a missão. Os danos em geral são fracos, você realmente sente que as armas da época não tinham muita potência, portanto tem que usar com cautela as balas, mas claro, há também armas que fazem estragos enormes. 

Existe um sistema bem legal nesse jogo que é o de esconder a arma na roupa para que a policia não te veja, ou até mesmo se livrar dela jogando no chão e saindo do lugar. Se por acaso a policia te revistar e encontrar uma arma, você é preso na hora, por isso a importância de às vezes se livrar da arma, e há também algumas que são grandes demais e não podem ser escondidas.

O jogo surpreende com os gráficos, as faces dos personagens bem realistas, os reflexos fantásticos em carros e poças de água, os efeitos de sombra são de cair o queixo, capturando luz de vários pontos e simulando a sombra no chão, por exemplo quando você passa em um túnel e há aquelas luzes no chão graças às várias luzes, a simulação é muito boa mesmo! E o gráfico do jogo em geral é espetacular.

Para quem gosta de muitas reviravoltas e surpresas, esse é um jogo que tem bastante disso, você vai acompanhando a carreira de Tommy subir aos poucos, no começo fazendo coisas simples como ir ao restaurante dos rivais e quebrar todos os carros do estacionamento com um porrete, até coisas bem mais complexas, como assassinar um político.

Há muitas surpresas bem legais em cada fase, existe uma variação imensa, não é daqueles jogos que toda fase é a mesma coisa não, você realmente sente que vai mudando mesmo e sempre te surpreendendo, existe por exemplo uma fase que você está fugindo da policia pulando por cima de prédios, e acaba na torre de uma igreja, mas é ao descer dela que a coisa fica realmente interessante...

Você vê que estão celebrando um velório e um homem está falando sobre como era importante aquele amigo que foi perdido, e é então que você percebe que aquele, é um dos caras que você matou, não preciso nem dizer que tem tiroteio ali na igreja mesmo né? Uahahahaha, uma fase que achei que é bastante destaque também, é a de uma corrida em carros de corrida da época, aqueles esticadelas e tal, essa fase é um inferno, os carros já eram leves, imagina um carro que corre três vezes mais rápido que qualquer carro do jogo, o que acontece quando se faz uma curva?

Mafia é um jogo surpreendente, história maravilhosa, e gráficos muito bons para a época, mas uma dificuldade do diabo! Um dos jogos mais difíceis que já joguei na vida, se não fosse tão bom eu desistiria de jogar rapidinho, parece que os caras não fizeram teste pra ver se a dificuldade era adequada não, lançaram direto e isso pode frustrar a muitos, mas eu recomendo, esse é fodão! *-*

Twittem aí para seus amigos pessoal =D

Comentários

Rafael disse…
Joguei e zerei esse jogo a muito tempo, recomendo. É uma pena que o II não será uma continuação do primeiro.
Yan/Yzy disse…
Sempre tive vontade de jogar, parece realmente do caralho. Eu tenho que terminar de zerar o cenário bonus de SH2, daí zerar Rogue Trooper também, mas jogarei-o assim que o fizer. Pelo que você falou, parece ser realmente fudidasso \m;
Dayvson disse…
Zerei, gostei e acho ele um dos melhores jogos já feitos. Tomara que o II não seja apenas voltado á carros e ação.
Snake disse…
eu jogava no ps2 quase zerei mas dai parei de joga ele..agora voltei a joga ele no pc e acabei de zera..o jogo eh mt foda!!bem realista e tem a historia do jogo a melhor q ja vi!!espero e acho q o mafia 2 vai fude com os otro jogos!! MAFIA 4EVER!!!
_KeLLeVRa_ disse…
jgoguei só o comecinho dele acho que nem cheguei a completar o tutorial, depois dessa analise deu vontde de jogar =/
Agelus disse…
Putz outro jogo pra ocupar meu tempo limitado(ter que estudar é foda) =T.
Como sempre me convenceu e vou ver se arranjo esse jogo pra testar =].
Nisnast disse…
esse jogo me lembra the godfather (o jogo)realmente massa pa carai,vc pode ate assalta bancos(não sei se no mafia também da)
Julio Cesar disse…
Eu joguei o Godfahter já, é muito legal.

Mas pelo que eu lembro do Mafia rodando no PC dum camarada, esse jogo parece mais completo.

Já to pegando ele de novo.
Anônimo disse…
Ótima matéria, só não pude deixar de observar um erro: Na verdade Mafia 2 é de 2002 e foi lançado quase um ano depois que GTA 3, de 2001.
Só não sei se faz parte da grande leva de jogos inspirados no GTA 3 que vieram logo a seguir ou se já estava em desenvolvimento a muito tempo.
Skywalkerpg disse…
Valeu, erro meu mesmo, arrumei aqui. =)
os dois mafia 1 e 2 estao muito bons as vezes eu ate jogo o 1 da saudade de fazer uns assasinatos e. o 2 entao nem se fale os carros musicas os bandao pena q n tem mais missoes mas ta muito fera
Unknown disse…
Gostaria de saber como faço pra colocar mira na arma que e pra matar o presidente. campanha eleitoral torre da prisao mafia1 ja estou no ultimo andar do predio.quem podesse me ajudar agradeceria