PORT - A arte de adaptar

Bom pessoal, hoje vou falar sobre algo que é tão comum em videogames mas que nem todo mundo sabe o que exatamente é, ou pior, nem sabe que existe, estou falando dos PORT's.

Antes de tudo temos que saber exatamente o que é um port, basicamente e falando de forma curta e grossa, é uma adaptação de um jogo de uma plataforma para outra plataforma, ou seja inicialmente um jogo é desenvolvido para funcionar em um certo videogame porém a empresa gostaria de lançá-lo para outras plataformas, o que ela vai fazer? Contratar equipes para fazer o jogo de novo para cada uma das plataformas? Não mesmo! Ela irá simplesmente fazer um port e assim poder lançar o mesmo jogo para vários videogames sem precisar refazê-lo, o que facilitará muito o trabalho, além de poupar uma grana absurda com desenvolvimento.

Então é por isso que tem aqueles jogos de pc que você vai nas opções pra modificar algo e dá de cara com um controle de PS2 ou de XBOX 360, isso porque os caras que fizeram o port não o tiraram dali! è.é e às vezes acontece pior, em muitos casos os caras não tiram os botões originais, igual no mirror's edge que pede pra você apertar uns botões de joystick, só que no PC se usa teclado então o que apertar? Resposta SE VIRA E DESCOBRE, ai voce tem que ficar adivinhando, mas a parte boa é que da pra voce ao menos escolher os botões pra configurar e depois é só memorizar o que é cada pra quando aparecer na tela pedindo pra você apertar, é só clicar.

Mas tem aqueles piores ainda, que você simplesmente não consegue trocar os botões, eles vem pré definidos e já era!Mas tem ports bons logicamente, tem alguns que não dá pra acreditar que foi convertido de outra plataforma porque ficaram muito perfeitos, mas isso também depende de como o jogo foi feito, simplesmente tem alguns jogos que são mais difíceis e outros moleza, lógico que isso também depende da equipe, mas a forma que o jogo foi programado também vale muito, por isso às vezes tem o desenho do controle do 360, porque pode ser que algo simples como a imagem do controle envolva algo muito mais complicado e também ocorre de jogos perderem a qualidade nessas transformações, como é o caso de Resident Evil 4 que o original de gamecube é lindo e o de PC quando saiu, ficou muito feinho.

Bom, é isso galera e viva os ports, embora exista essa guerrinha de crianças de "o meu videogame é mais bonito que o seu" espero que cada vez seja menor a quantidade de jogos exclusivos, dando assim chance a outras pessoas de jogarem, principalmente pessoas que não tem condições de ter um videogame e só ficam aguardando no pc, como é meu caso uahahahaha.

Twittem aí para seus amigos pessoal =D

Comentários

Luis disse…
è o meu caso tbm sky XD

nem sabia q o ato de passar o jogo pra outras plataformas tinha nome ^^

Vlw's
Yan/Yzy disse…
É o meu caso também :P (mas em breve terei meu preisteitio treis mwahahaha)

Um port que eu achei excelente foi o de RE5, que além do jogo ter fcado bem leve, até os botões que aparece na tela aparece a tecla que você definiu. Muito bom xD
Erick disse…
O DMC3 foi um Port mto mal feito.. além de ter os controles pré-definidos tem menus que tem opções que nem o Ps2