5 produções baseadas em jogos famosos

As grandes franquias já invadiram várias mídias, e as produções e séries de animação e liveaction não poderiam ficar de fora. E não são poucas as produções lançadas em plataformas de streaming ou no cinema. Separamos 5 dessas produções disponíveis na Netflix:

Dota: Dragon’s Blood

Desenvolvida pela Valve, Dota: Dragon’s Blood foi baseada no Dota 2. jogo lançado em 2013, sendo uma adaptação do mod de Warcraft III. Mas ao longo dos anos, começou a ganhar um público maior, graças aos desenvolvedores que ampliaram seus gráficos e jogabilidade.

Lançada em 2021 na Netflix, a série foi bem recebida pelos fãs na época. Porém, a segunda e terceira temporadas já não tiveram o mesmo sucesso. Produzida pela Kaiju Boulevard e a Mir, a série assume características de desenhos ocidentais e orientais.

Como no jogo, Dota: Dragon’s Blood mistura misticismo em um mundo onde Davion, o Cavaleiro do Dragão é um caçador de dragões. Ele se tornou um cavaleiro quando se fundiu com um dragão durante uma guerra. Desde então ele juntou-se a seus companheiros para manter a paz na terra.

Arcane

Arcane é uma série animada baseada no League of Legends, um jogo de enorme sucesso mundial e um dos mais buscados na Midnite. Quando lançada no final de 2021 a série da Riot ficou em primeiro lugar em mais de 30 países.

Por trás do projeto lançado na Netflix, estão Christian Line e Alex Lee, responsáveis também pelo jogo. A direção da animação ficou por conta de Pascal Charrue e Arnaud Delord. Na série temos a batalha entre duas irmãs, Vi e Jinx, que lutam em lados opostos.

Arcane foi feita para os fãs do LOL, mesmo após o fracasso de outros lançamentos de jogos adaptados para streamings e cinema. Mesmo após o anúncio da renovação, ainda não há previsão para produção ou lançamento da segunda temporada da série.

Castlevania

Lançado para Nintendo em 1986 e desenvolvido pela Konami, Castlevania é um dos mais antigos games de nossa lista. O enredo se passa na idade média e acompanha a trajetória da família Belmont, caçadora de vampiros. Unindo-se a companheiros, cada qual com suas habilidades, Trevor segue em busca do oponente, tendo que enfrentar diversos inimigos em sua caminhada.

Antes de se tornar uma série animada, houve planos de lançar um filme, mas por problemas contratuais, os produtores e roteiristas demoraram um bom tempo para conseguir convencer a Netflix a lançar o projeto.

Na série, o conde Dracula invade um condado com todos os seus monstros, após sua esposa ser queimada viva. A série estreou em 2017, tendo a assinatura da mesma equipe responsável pelo jogo. A terceira temporada foi lançada em 2020, e não demorou para renovarem para a quarta.

Sonic: O Filme

O pequeno ouriço Sonic vem acompanhando gerações desde que Sonic o lançou no mercado de games como uma resposta para o Super Mario, da Nintendo. Nascido em 1991, o mascote já está bem velhinho. Seus jogos lançados para vários consoles evoluiu ao longo das décadas, mas o que chamou a atenção do personagem é a sua velocidade.

Hoje ele é encontrado em várias versões no mercado - dezenas de jogos foram lançados até agora, incluindo para mobiles. A franquia também é gigantesca, incluindo vestuário, brinquedos, utensílios e outros tipos que utilizam sua assinatura. E o cinema não poderia ficar de fora.

Em 2020 foi lançado Sonic the Hedgehog, dirigido por Jeff Fowler e que trazia participações e dublagens de Jim Carrey e James Marsden, dentre outros. Houve uma grande aclamação na época, e a presença da dublagem de Carrey ajudou no marketing massivamente. O responsável pela parte dos efeitos ficou a cargo da MPC, Digital Domain e Blur Studio. Com a arrecadação de 306 milhões de dólares, Sonic foi a produção de maior bilheteria do ano. Depois dessa versão foi lançado Sonic 2, e não demorou para o anúncio do terceiro filme estar em produção. E os dois primeiros podem ser vistos na Netflix e Youtube (pago).

The Witcher

Fechando nossa lista, vem ele: The Witcher é uma adaptação dos oito livros lançados por Andrzej Sapkowski. Para os jogos, os desenvolvedores pegaram traços de alguns acontecimentos narrados na sequência criada por Sapkowski.

O RPG chegou ao mercado em 2007 para Windows e OS X, e teve uma recepção morna, apesar de elogios de muitos críticos. Mas aos poucos foi ganhando público. Mas a coisa esquentou completamente em 2017 com The Witcher 3, sendo lançada para Windows, Xbox One, PlayStation 4.

A série The Witcher pega elementos do primeiro livro “O Último Desejo”, que tem o bruxo Geralt como personagem central, sendo seguido por outros personagens como Ciri e a bruxa Yennefer. Geralt busca aumentar seu território enquanto enfrenta seus inimigos. Dirigido por Tomasz Bagińs, a série traz no elenco Henry Cavill, Freya Allan e Eamon Farren. As duas primeiras temporadas estão disponíveis na Netflix, que já anunciou que foi renovada para a terceira.

Postar um comentário

0 Comentários