Neighbours back From Hell | Sua chance de infernizar seu vizinho em HD!

Existem várias formas de relaxar, seja usando um daqueles acessórios anti-estresse, seja infernizando loucamente os seus vizinhos para sentir prazer com o seu sofrimento... E bom, como a segunda opção acaba não sendo muito viável, felizmente temos o mundo dos video games para dar aquela animada e Neighbours back From Hell pode ser a oportunidade perfeita para se vingar!

A história é sobre um cara que é atormentado pelo seu vizinho, sempre fazendo coisas extremamente desagradáveis e então não aguenta mais, decidindo que é hora da vingança. Para isso, entra em contato com um programa de TV que tem foco em atormentar vizinhos sem ser notado na residência. À partir daí começa o inferno! (pra ele).
O nome do jogo pode dar a falsa ideia de que trata-se de uma sequencia de Neighbours from Hell, no entanto a verdade é que esse é mais para um novo fôlego à franquia. Os dois jogos originais foram lançados em 2003 e 2004, gerando um nicho de jogadores de PC e marcando muito a memória, porém o tempo passou e a coisa acabou envelhecendo. Ambos estavam disponíveis na steam em uma coletânea, mas como jogos separados.

Em Neighbours back From Hell é a reunião dos dois em um único jogo, mas também é uma remasterização da coisa, pois os modelos originais foram pegos e renderizados novamente em alta resolução, além disso as taxas de quadros também aumentaram, dobrando a quantidade original e tornando tudo muito mais fluído.
A coisa é apresentada no formato de temporadas de um programa de TV, com cada fase sendo um episódio que pode ser jogado. É a mesma coisa do original, com o diferencial que agora, ao invés de serem dois jogos, em apenas um você consegue ter acesso a todas as temporadas, tanto as do primeiro, que se passava na casa do vizinho, quanto as do segundo, em um cruzeiro ao redor do mundo. Isso caiu muito bem.
 
Temos aqui uma mistura entre o gênero stealth e um jogo de resolução de puzzles. Então em cada fase há uma temática, como a em que o vizinho está exercitando suas habilidades de piano, o episódio em que ele tenta pintar um pássaro ou mesmo o em que ele apenas quer comemorar sua festa de aniversário. Você precisa localizar coisas na casa que pode alterar, pegar objetos e montar armadilhas, e assim enlouquecendo a audiência.
Não dá pra ficar à vista na mesma sala que o vizinho, então é preciso observar quanto tempo ele fica em um lugar e sair da sala onde estiver antes que ele entre. É uma corrida contra o tempo, mas assim como é possível fugir do lugar, também dá pra apenas se esconder enquanto ele estiver presente e depois apenas continuar o que estava fazendo.

A jogabilidade é aquela que tanto conhecemos e foi uma boa forma de descobrir se o jogo envelheceu. Eu joguei há muito tempo, então imaginei que não seria tão legal, afinal de contas a proposta em si é meio linear. Mas a verdade é que eu não lembrava, porém há um certo nível de liberdade, ainda mais porque você não precisa fazer tudo o que está disponível para terminar a fase, ou seja, é possível que fiquem faltando coisas que você pode tentar depois.
Não dá pra dizer que o jogo não está meio velho, porém ainda assim consegue gerar uma bela diversão. Acho que em tempos modernos é algo que agrada mais para se jogar no celular do que no PC, porém para quem quer apenas passar o tempo com alguma coisa mais tranquila, com certeza pode encontrar um bom momento de diversão e adrenalina casual.

Enfim, é um jogo divertido, meio simples demais para a atualidade, mas que dependendo do tipo de jogador, pode ser realmente um ótimo entretenimento. Recomendo sempre dar uma olhadinha no preço dele na Greenman Gaming antes de comprar na loja direta, algumas vezes os preços deles estão bem abaixo do normal, e sempre lembre de olhar os cupons de desconto que eles espalham pelo site, que deixa a coisa mais barata ainda, dê uma conferida aqui.

Postar um comentário

0 Comentários