Serious Sam 4 | Você e seus amigos em um tiroteio descontrolado


Em todo tipo de mídia existem obras que se destacam por serem absurdamente esculhambadas e esse é bem o caso de Serious Sam, antigo conhecido especialmente de quem joga no computador, já que é a plataforma onde a franquia nasceu em 2001 e que por algum tempo foi exclusivo, mas conseguiu se popularizar o suficiente para ser lançado nos consoles. E chegou a hora de analisar Serious Sam 4, que na verdade é bem mais do que o quarto jogo da série.

Na história, uma força alienígena invadiu a terra, o que fez com que Sam fosse enviado junto com o exército americano para o Vaticano, na esperança de que após colocar em ação uma série de missões, possam deter a ameaça externa, porém logicamente nem tudo dá certo e assim o herói se vê muitas vezes sozinho tendo que lidar com o caos.


O único jogo da franquia que eu tinha experimentado, tinha sido Serious Sam Classics: Revolution, e deixei passar outros. Mas deu pra notar bem do que se tratava e ter um gostinho da loucura presente. Esse aqui usa bastante da mesma fórmula, então é bem o que se espera de um jogo da franquia mesmo. Muito tiroteio, gritaria e homens-bomba sem cabeça gritando.

É o tipo de jogo que é necessário ter um pouco de bom senso e saber no que está se metendo. Digo isso porque é bem seco em sua fórmula e basicamente você anda e atira descontroladamente em meio a uma legião de monstros. Se você estiver procurando por alguma obra com maior profundidade, definitivamente a franquia Serious Sam pode não ser a melhor opção. Mas se quiser apenas um jogo para atirar sem enrolação, esse acaba sendo perfeito!


Pra falar a verdade acho que acaba sendo uma franquia que mostra que certos nichos sempre vão existir. Em 2001 os jogos para PC poderiam ser qualquer coisa, mas com o passar do tempo os jogadores foram ficando cada vez mais exigentes. Então enquanto os jogos em primeira pessoa começaram apenas com tiroteio e tivemos clássicos como Duke Nukem, os anos passaram e cada vez mais foram aparecendo títulos ultra profundos usando esse estilo de jogabilidade, como Pathologic 2, por exemplo.

Porém quase 20 anos após o lançamento do primeiro título, foi provado que fãs continuaram firmes e que muitos querem sim apenas meter bala descontroladamente e não estão nem aí para críticas. No meu caso, é um jogo que não acho atraente jogar sozinho e acho interessante sempre chamar um amigo, pois apenas atirar não dá pra mim, mas quando tem um amigo junto ou mais gente, a coisa muda completamente.


Mas não acho que seja apenas questão de gosto. Serious Sam parece um jogo que foi feito pensado no coop. Se você ver, os cenários são sempre super  espaçosos e a quantidade de bizarrices acontecendo podem garantir boas gargalhadas, então se você for jogar, recomendo primeiro ver com algum amigo se ele não está interessado em passar por essa chacina junto com você.

Algo que se destaca são as piadinhas estranhas sempre presentes e situações bizarras. Para queles que gostam de rir, esse aqui com certeza faz um esforço. Lógico que o humor também vai depender do tipo de pessoa, porém creio eu que se alguém vai jogar Serious Sam, a pessoa já deve ter uma noção mais ou menos do que se vai esperar em um jogo como esse.


Os gráficos variam entre bonitos em alguns momentos e absurdamente batidos em outros, Os ambientes distantes podem ficar completamente bizarros. E tem alguns momentos que realmente o gráfico fica bem feinho mesmo. Então é o tipo de elemento que varia bastante, pra algumas pessoas pode não fazer diferença alguma por causa da proposta. No meu caso, assumo que preferia que fosse algo um pouco mais bonito.

As armas e itens utilizáveis são interessantes e enquanto tem algumas já velhas conhecidas de qualquer jogo de tiro, tem outras que te fazem experimentar uma jogabilidade peculiar, como por exemplo o item que aciona câmera lenta e te permite observar bem os vários elementos que passam pela tela frequentemente.

Enfim, Serious Sam 4 é um jogo bacana para o público certo. Se você procura por algo para passar o tempo com um ou mais amigo, esse aqui pode gerar um bom momento de diversão. Agora se o seu negócio são jogos com mais profundidade, passe longe!

Postar um comentário

0 Comentários