Messiah | E se um messias surgisse nos tempos modernos?

Essa é uma série que não teve muita divulgação, o que me surpreendeu especialmente depois que assisti, pois vi que é uma obra que aparentemente precisou de uma grana pesada. Apesar de tudo gerou polêmica antes mesmo de seu lançamento e a temática me apaixonou imediatamente, usando uma história religiosa de uma maneira ultra realista, e se até adaptação pra mangá já tivemos, tava na hora né?

A história apresenta o surgimento de um homem no Oriente Médio que aparentemente faz milagres e logo começa a receber vários seguidores. A multidão chama atenção da CIA, que passa a investigá-lo e tentar descobrir o que ele quer. Mas logo a coisa começa a sair cada vez mais do controle e passa a chamar a atenção mundial.

Até então acredito que a coisa mais parecida com essa que já vi foi a série DIG, em que também é mostrada o tempo moderno de uma maneira mais realista e a proteção de uma criança que dizem ser o "escolhido". No entanto enquanto DIG é algo que mostra o início da jornada, em Messiah vemos um escolhido que já está em ação. Outra obra semelhante é Chosen, que também mostra um Messias nos  tempos modernos, mas a diferença é que nessa fica claro que o personagem tem poderes mesmo.

Sem sombra de dúvidas esse é um tema polêmico e talvez a Netflix não tenha divulgado tanto por causa das polêmicas do filme do Porta dos Fundos, que gerou um ataque com coquetel molotov à sede deles e a justiça brasileira chegou a pedir para a empresa retirar do ar, além da campanha cristã anti-netflix. Então talvez fosse um momento delicado para focar em outra produção relacionada a religião.

Apesar de tudo, a coisa gerou seu nível de polêmica e inclusive fizeram um abaixo-assinado pra tentar cancelar ela. No entanto não dá pra dizer que é algo muito surpreendente né? É só ver coisas como a HQ Second Coming, que foi de fato cancelada por causa de petição, ou coisas mais bagunçadas que geraram certo constrangimento, como a petição para cancelar Good Omens.

Essa é uma série que achei fenomenal e completamente na medida certa, inclusive acho que está bem longe de ser ofensiva, como é o caso de obras completamente bizarras como Escape From Jesus Island ou coisas zoadas como Exterminador do Futuro Versão Jesus. Aqui acho que tudo foi feito com uma seriedade que mostra a coisa em um outro nível.

Aliás, adorei essa forma de apresentar um Messias, pois normalmente as apresentações são fascinantes, mas é tão mágico, que fica difícil se distanciar muito de filmes de super heróis. Porém aqui a coisa é diferente, tudo é mostrado de uma forma bem mais lógica, porém com coincidências tão imensas que é intrigante. E eu acho que se um Messias vier, vai ser exatamente assim que vai convencer e não voando e soltando magia, mas com coisas menos espalhafatosas, porém grandiosas.

Em cada episódio é apresentado várias coisas, a visão da CIA, a visão daqueles que estão do lado do que chamam de Al-Massih, a visão da mídia, a visão política da coisa, a visão do público comum e as reações nas redes sociais. Afinal de contas como o mundo reagiria à vinda do Messias na era da internet? Ódio religioso, fake news, preconceito, medo, desavenças políticas. Como toda essa gente reagiria a um evento desses?

A série não foca em puxar para um lado. Ela mostra as coisas acontecendo e há sempre duas explicações possíveis. Sempre são colocadas deixas e você precisa prestar atenção em detalhes, pois os episódios são meio que quebra cabeças. Um exemplo é um episódio que no começo aparece um menino falando uma mentira e o amigo dele diz que ele é mentiroso demais, e no fim do episódio algo grandioso acontece e é esse menino narrando o que rolou. Mas... Será que o garoto mentiu? Ou será que aconteceu? Se você se esquecer desse menino, provavelmente nem vai se tocar desse detalhe, por isso é importante prestar atenção sempre.

Eu vi um cara descendo o cacete na série por ela não parecer se decidir e que no começo era boa, mas como não dava a resposta, acabava ficando cansativa. Bom, eu acho que se você for assistir realmente esperando uma resposta imediata, sim, vai ser uma série extremamente cansativa. No entanto existem tantos filmes do tipo, acredito que algo diferente torna maravilhoso, especialmente levando em consideração a seriedade apresentada.

Há toda aquela técnica de séries mais estilosas, com investigação e temas maduros. Por exemplo, há um elenco do Oriente Médio e com suas cenas se passando lá, inclusive falando árabe mesmo. Alguns personagens são pessoas comuns. Lembra um pouco a atmosfera de grande mudança no mundo apresentada em The Leftovers. Há aquela sensação de que algo mudou e as pessoas acabam mudando também.

Algo que achei totalmente maravilhoso foi como a forma da série ser conduzida simula o que é a fé. Isso porque todo mundo sabe que se você tem fé, sim, você acredita em coisas mirabolantes, e muitas vezes você vê aquilo diante de seus olhos. Mas para um descrente, a pessoa pode ver algo completamente diferente. Tem inclusive uma fala do Al-Massih antes de algo grandioso que é "A decisão é de vocês sobre o que vão ver agora", e isso descreve tão bem a fé. Olha nas igrejas, olha as pessoas com demônios sendo expulsos, como são cenas extremamente poderosas para alguns e para outros são só um baita teatro. Essa série faz isso, mostra um duplo sentido incrível.

A fotografia é muito boa, apesar de que os efeitos especiais deixam bastante a desejar em certos momentos. São efeitos voltados para coisas como o clima e elementos naturais, mas que são bem feinhos. Por outro lado a produção geral é bem estilosa e combinado com a história que tem uma condução bem madura, acaba dando um toque todo elegante. Se tirassem os efeitos especiais toscos, seria perfeito.

Enfim, adorei a série, acho que vale bastante a pena conferir. Sei que muita gente não vai gostar de ser coincidência demais as coisas, mas acredito que pra um Messias surgir e convencer boa parte do mundo, ele precisará ter essa quantidade de "coincidências" no mínimo para ir em frente, pois se for só ser um Messias, temos o Inri Cristo aí, que tem seus seguidores, mas no geral é zoado pra caramba pela maioria do povo. Ou seja, pra coisa ser séria, tem que rolar umas coincidências cabulosas e assim achei sólido isso estar presente. Recomendo!

Postar um comentário

0 Comentários