O dia que a Valve fez a limpa no nazismo na Steam


Sem sombra de dúvidas o nazismo conseguiu deixar sua marca, e isso acabou sendo algo que com o passar do tempo se tornou um dos mais fortes elementos da cultura pop. E assim passou a inspirar tudo quanto é tipo de obra, algumas realistas, outras totalmente bizarras tipo Sniper Elite Nazi Zombie Army. No entanto o que pode ser diversão para uns, é um verdadeiro horror para outros e a Valve acabou tendo que fazer a limpa na marra em itens nazistas da steam.

É relativamente frequente os escândalos que rolam na steam, às vezes em pequena escala como o desenvolvedor que xingou um reviewer, às vezes algo que chama a atenção do mundo, como o simulador de tiroteio em escolas. E nesse caso foi algo ainda mais sério, pois não teve a ver com o público ou a imprensa, mas sim um próprio órgão regulador alemão que a obrigou a  tirar certos conteúdos.

Apesar de na maioria do mundo o nazismo ser tratado frequentemente com chacota na cultura pop, na Alemanha a coisa é bem diferente. Eles tratam de forma rígida demais tanto os video games quanto o nazismo, graças a isso tivemos um Bulletstorm modificado e um atraso no jogo do South Park nesse país. Mas a steam sempre foi um lugar lotado de coisas relacionadas a nazismo e uma verdadeira loucura para alemães.

No entanto, após anos de conteúdo acumulado, a Valve teve que agir no fim de 2019, quando a Valve recebeu pressão da agência reguladora alemã, a MA HSH (Autoridade de Mídia de Hamburgo Schleswig-Holstain) que disse o seguinte sobre a decisão: "O Steam é muito popular com crianças e adolescentes e mais velhos por causa de suas muitas opções. No entanto, extremistas de direita também usam a plataforma para espalhar sua propaganda e recrutar novos seguidores".

E assim diversos conteúdos gerados por usuários foram excluídos, incluindo papéis de parede ilegais na Alemanha e grupos como "Reconquista Germania", não bastando isso até mesmo usuários com nomes relacionado a nazismo de alguma maneira como "Führer" e "Holocaust" acabaram indo pro saco junto.

Na Alemanha é proibido o uso de muitas coisas relacionadas ao nazismo e é bem fácil censurar coisas para não serem relacionadas a isso, a não ser que tenham algo a ver com educação, trabalhos de pesquisa, críticas ou sátiras. Ao que parece os banimentos e exclusões foram apenas de pessoas que moram lá.

Postar um comentário

0 Comentários