A mulher que fingiu ter câncer na internet e se deu mal!

À medida em que a humanidade evolui, os trambiqueiros também evoluem, obras como o Código dos Homens Honestos provam que pilantras são seres atemporais. E uma combinação perigosa é golipstas e tecnologia, sendo um bom exemplo o caso de Jessica Krecskay, uma mulher que fingiu ter câncer para ganhar doações e se dar bem, mas que acabou se dando mal.

Uma das maravilhas que a tecnologia trouxe, foi o Financiamento Coletivo, que embora seja um oceano de ideias inúteis, também é o ambiente perfeito para tornar sonhos realidade, seja no curta old school Vessel ou o jogo do Sexta-Feira 13, que embora seja só a bagaceira, foi feito com amor. E à partir daí surgiu uma subcategoria que é a de pessoas necessidades pedindo ajuda.


Assim como sempre existiram pilantras, também sempre existiram pessoas caridosas, dispostas a ajudar aqueles que necessitam. E o financiamento coletivo pra caridade é uma ótima forma de pessoas pediram ajuda para problemas que parecem sem saída. Seja uma mãe que vê seu filho com uma doença rara morrendo, seja alguém que sofreu um acidente e precisa de uma cadeira de rodas, mas não tem como pagar.

E a americana Jessica Krecskay, de 19 anos na época, habitante de Florence, em Kentucky percebeu em 2013 uma grande oportunidade de lucrar e facilitar sua vida. Afinal de contas muita gente recebeu uma quantidade imensa de dinheiro vindo de doações. Então por que ela não poderia colocar a mão nessa bolada também né? O único "problema" é que ela não tinha uma doença.

E foi assim que resolveu raspar o cabelo e falar pra todo mundo que estava com câncer, inclusive amigos e colegas de trabalho. O resultado foi uma vida muito mais aconchegante, recebendo regalias, dinheiro e favores. A vida dela se tornou simples, com colegas trabalhando no lugar dela pra cobrir horas, fazendo doações constantes, e dando o que ela não podia comprar.

No entanto com o passar dos anos, as pessoas começaram a desconfiar de algumas falhas na história, recebendo atenção especial quando ela gastou parte da grana pra viajar pra Disney (E supostamente não tinha dinheiro pra outras coisas). Então as pessoas ficaram de olho e tudo foi ficando mais complicado.

Mas a casa realmente caiu quando ela decidiu exagerar no performance, no elevador do trabalho se deitou no chão pra postar um vídeo dela "passando mal" e depois de desmaiar. No entanto tiveram a ideia de olhar na câmera de vigilância do elevador. E mostra ela escrevendo normalmente no celular, e quando ouviu o bip de chegar no seu andar, se levantou rapidinho.

Resultado, durante seis anos, Krecskay não queria trabalhar, e seu sonho finalmente se realizou, podendo ficar relaxada o dia inteiro em uma cama, vendo o sol nascer quadrado... Nos anos que ela atuou, entre os favores e presentes, a bandida conseguiu o equivalente a 37 mil reais para se divertir de montão.

Comentários