Belly | Jogo gratuito bizarro que se passa em um estômago

Jogos com elementos orgânicos no cenário acabam sendo naturalmente bizarros, e o mundo microscópico é cheio de horrores, perfeito para uma aventura esquisita. Não são tão comuns, mas sempre que aparecem, acabam sempre se destacando, só ver Spermination, que se passa dentro de uma vagina, ou mesmo jogos em "escala maior" como Jericho. E Belly é um desses jogos esquisitos.

Assumo que o que me atraiu foi exatamente a descrição de ser um jogo do gênero shoot 'em up em um ambiente sombrio. Mas no fim das contas acaba tendo elementos peculiares que acabam o diferenciando de um STG tradicional, até porque embora lembre o estilo, seu personagem não fica em movimento.

Aqui você assume o papel de um parasita em fase de gestação, porém como vocês devem saber, existem inúmeros seres microscópicos por aí. No caso desse, aparentemente pra nascer é preciso ser digno, pois outros seres estão ali para te destruir. Felizmente você é capaz de usar o ditado "A defesa é o melhor ataque".

Aqui tem um ser gigante que invoca criaturas menores para te destruírem, elas lançam projéteis, porém você pode mandar esses projéteis de volta. Então a mecânica é meio que semelhante ao de um ping pong, com a diferença de que quando você envia de volta, os projéteis vão matar os inimigos. A dificuldade está na quantidade que vem e é necessário  mirar, não basta rebater.

O jogo sem sombra de dúvidas é desafiador e você tem que ficar bem atento porque apesar de ficar no centro da coisa, a criatura com dentes imensos fica te circulando e você tem que se virar para ver em qual lado ela foi parar, enquanto isso os inimigos esquisitões podem aparecer em pontos que você não está vendo e te atacar.

Enfim, é um daqueles jogos pra passar o tempo, mas bem bacana pelo seu conceito. Acho que se fosse uma empresa grande que tivesse feito, poderia ser algo realmente muito bom e mais imersivo. De certa forma me lembra Flow, com essa ideia de ser um microrganismo sobrevivendo a predadores, porém com uma essência mais sombria. Você pode baixar aqui.

Comentários