Orbital | O primeiro emulador de Playstation 4

O povo da ciência da computação não para de trabalhar nunca, e obviamente o PS4 não poderia ficar de fora dessa e mesmo antes de ser lançado, já se falava da emulação do console. Sendo assim já era previsto que em meio a diversas tentativas iria acabar surgindo um emulador que desse os primeiros passos, e esse emulador se chama Orbital.



A emulação sempre foi algo um tanto polêmico que irritou a SONY, desde a saga do VGS, que fez a gigante japonesa ficar irada, até o PCSX2, que foi um emulador que pareceu um sonho de tanto tempo que demorou para ser lançado. Mas em meio a toda a gritaria, é sempre bom lembrar que emuladores são mais importantes do que parecem e não estão aí apenas para os piratas pirarem, estão aí para manter vivos jogos que se perderiam pra sempre no tempo com suas mídias físicas apodrecendo e se perdendo.

Assim como todo console de sucesso, não demorou para aparecerem os golpistas, um bom exemplo é o suposto PCSX4, que trouxe uma confiança nas pessoas porque supostamente era a quarta geração de uma linha de emuladores de sucesso. Então criaram um site e já colocaram vídeos do emulador rodando lindamente a coisa.

Vídeos bem feitos, mostrando como configurar e tudo mais, porém que se mostravam falsos ao emularem e tá tudo perfeito. Para leigos é fácil perder o cartão de crédito nisso, agora pra quem acompanhou a evolução do RPCS3, viu o inferno que é emular e como demora. Naturalmente com o Playstation 4 a coisa também não podia rodar linda daquele jeito.

E Orbital foi a primeira mostra da velocidade normal que um emulador é lançado, apresentando uma versão inicial que roda o que realmente um emulador tem que rodar primeiro, o boot do vídeo game. Ou seja, ele conseguiu iniciar o sistema operacional do console, e à partir dele que as portas ficam abertas para se iniciar o jogo, que é uma grande jornada. Caso queira conferir a evolução, clique aqui.

Comentários