Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Trauma de Left 4 Dead 2 de graça e outros vacilos gamers

Se tem um papo que me dá nos nervos e ao mesmo tempo uma satisfação imensa, é ver pessoas sofrendo porque não conseguiram pegar Left 4 Dead 2 de graça em 2013. Mas ao mesmo tempo é impressionante como isso representa bem a mudança de visão do povo com o passar dos anos em relação à pirataria ou a ideia de ter um PC bom um dia. E é engraçado ver como mesmo assim as pessoas continuaram a cometer o mesmo erro.



Caso você não saiba, no natal de 2013 a valve fez uma surpresa maravilhosa e deixou Left 4 Dead 2 de graça pra quem quisesse pegar. Era muito simples, bastava entrar na loja da steam, clicar no botão pra pegar e pronto, era seu PRA SEMPRE. Uma loucura, não acham? Bom... Pro povo da época, nem tanto...

Hoje em dia você vê a lista de jogos grátis, e nota um milhão de jogos merda que as pessoas se estabacam pra pegar, tem que curtir um milhão de páginas, visitar não sei o que, seguir canais, retweetar, é só a bagaceira. E lá estão elas, felizes da vida em conseguir para pegar as cartinhas steam. Então imagina quando é jogo bom?

Até aí tudo bem, mas hoje em dia me dá nos nervoso quando aparece um arrependido porque naquela época eu implorei pra uma penca de pessoas baixarem, e as respostas eram "Ah... Depois eu vejo..." ou "Amanhã dou uma olhada" ou mesmo "Meu PC não roda então não vou pegar porque é impossível em 40 anos eu mudar de PC", era só entrar e clicar em um botão e pronto, mas era um inferno pra muita gente na época.

O negócio é que o pensamento das pessoas era diferente, a steam não era popular, todo mundo conhecia, mas quem usava era a minoria. A visão era "Pra que vou pagar por algo digital? Sem caixa?", e se fosse só isso tudo bem, afinal convenhamos que tem muito sentido a pessoa só querer pagar por "algo que existe de verdade", mas todo mundo já sabia que a steam era o lugar dos jogos originais e estavam lá dando um.

Teve amigos que hoje vejo jogando freneticamente na steam e naquela época foi um belo de um inferno convencer o infeliz a pegar. Infelizmente a maioria eu nem consegui fazer, era uma desculpa esfarrapada atrás da outra. E o pior é que eu mesmo já tinha comprado o jogo anos antes, e poderia tá sendo mesquinho igual muita gente é "Se paguei, todo mundo vai, que raiva!!!", mas não, lá tava eu querendo demais que pegassem, eu queria jogar com eles!

Mas bom, foi só dia 25 de dezembro de 2013 e foi impressionante como no dia seguinte o povo tava todo "Hã? Ah é... Esqueci, que pena né? Rss rs rsss!". Mas o tempo passa, o jogo vira né? A steam se popularizou, o povo começou a comprar lá e até mesmo a ter preguiça de piratear. E claro, começaram as lembrancinhas "Ei... Eu acho que esse jogo... Left 4 Dead 2... Já ficou de graça né?". Aí eu encho a boca "SIM, FICOU! TE IMPLOREI PRA PEGAR, LEMBRA?".

Especialmente depois de ver o quanto o jogo é divertido, teve gente que se negou a comprar Left 4 Dead 2, muitos esperaram anos, todo natal achando que a valve ia dar de novo e desejando muito, já em 2014 mesmo teve gente achando que era garantido que ia ficar de graça de novo, achando que tinha se tornado evento anual. E aí sim eu resolvi ser filho da puta, desejando exatamente o contrário, pra essas porras sofrerem e lembrarem bem que teve quem fez de tudo pra elas baixarem, mas eram frescas demais è_é.

A sensação que passa é que depois de uma dessas ninguém nunca mais cometeria o mesmo erro né? Todos aprenderam, as pessoas agora sabem que jogo de graça não deve ser ignorado, certo? Errado pra caramba! O lance é que as pessoas só querem a moda do momento, elas não querem saber do jogo em si, mas sim da forma que podem obter.

O melhor exemplo disso é o GOG, que já deu jogos cabulosamente bons e criou sistemas inovadores como o GOG Connect, mas como não é steam, as pessoas não querem. É incrível a quantidade de vezes que postei jogo grátis na página do blog no facebook e vi comentários como "GOG? Passo longe!", "Ah não, se não é steam eu nem pego!" ou "Credo... Vi que é GOG e até desanimei".

Então não importa se o jogo é maravilhoso, a pessoa não pega mais ele pra jogar, e o mais engraçado é ver que é exatamente o lance do Left 4 Dead 2. É engraçado como quando você conversa um pouco mais a fundo, a pessoa fica confusa e parece que nem ela mesmo sabe bem o que quer, se é só o status de ter um jogo bom na steam e não se divertir jogando ou outra coisa.

Por exemplo, a CD Projekt RED é idolatrada por ter criado The Witcher 3, a forma que a empresa age, dando DLC's, entendendo pirateiros, e fazendo vários agrados aos gamers sempre deixa o povo alegrinho. Então quando você fala para os odiadores do GOG que ela é dona da empresa e toma as mesmas atitudes por lá, o crânio da pessoa racha.

O lance é, assim como muita gente perdeu a chance de pegar diversos jogos bacanas na steam até finalmente decidir aparecer por lá, vi acontecendo o mesmo com a GOG. E vejo que as pessoas são bastante preguiçosas em ao menos tentar, por exemplo o GOG Galaxy é um sistema que tem a solução para o problema de muita gente, mas o povo nem olha na cara.

Por outro lado existem alguns casos que as pessoas surtam, mas acabam tendo que ir na marra, um exemplo é Fortnite, jogo que muita gente surtou ao ver que não tinha na steam, mas estava na moda jogar, então não teve jeito e baixaram o launcher da Epic para poder jogar.

Tenho um amigo que antigamente toda vez que eu postava jogo da GOG, ele era um dos primeiros a comentar "Se vejo GOG eu nem me dou o trabalho!", e hoje em dia adivinhem só? Ele tá lá usando que é uma beleza, nem falo nada porque obviamente vai dizer "EU NUNCA FALEI ISSO!", e a propósito o mesmo amigo falava mal da steam antes.

A postagem é apenas para dizer que muitas vezes acabamos perdendo oportunidades meramente por ter a mente fechada, não ter vontade de experimentar. Quando é pra experimentar tosqueira até que tudo bem, porém é impressionante ver quando jogos incríveis são dados e a pessoa não quer nem tentar. Já teve leitor até surtando porque eu "estrago" a lista de jogos grátis colocando jogos da GOG lá e as "iludo" mostrando um jogo extremamente bom pra depois descobrirem que não é steam, isso sendo que tem um aviso tanto nas imagens quanto no texto "NA GOG". Enfim, abram a mente pessoal, podem estar perdendo ótimas oportunidades por besteira.


4 comentários:

Gabriel Fonseca disse...

Mano por causa desse site lindo e maravilhoso que consegui a minha cópia na época ♥️♥️ e desde então sempre acompanho msm que não seja jogo famoso ou conhecido sempre da para descobrir jogos novos e coisas novas

Wellyngton disse...

Povo só quer status na steam "olha tenho witcher 3 "

Igual entusiasta de PC, joga pra dizer que roda a 4k 60fps, não joga pra se divertir

Fábio Gabriel disse...

pior que eu gosto bastante da gog, funciona bem pakas, a política deles é legal, o preço é bom e tudo mais. lembro do cuphead que peguei lá é foi de boas

Unknown disse...

Aliás L4D2, foi o o meu primeiro jogo na Steam e o responsável por criar uma conta lá, tenho até uns joguinhos legais no GOG, mas o diferencial da Steam é a interatividade com os amigos, em saber o que estão jogando, se estão online, convidar para uma partida...