Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sexta-feira, 30 de junho de 2017

A escola que pediu por fantasias de "Favelados do RJ"

UAhahahhaha, nossa há quanto tempo eu não falo de uma bagaceira desse tipo aqui no blog né? Eu nem consigo lembrar qual foi a última, talvez tenha sido aquela do inesquecível painel radical do mensalão. Mas bom, é o seguinte, as vezes acontecem umas coisas muito bizarras em escolas, e nem sempre é um lance espiritual como o fantasma de Araucária, as vezes é só uma bagaceira trash mesmo como é o caso da matéria de hoje.



Eu tava vagando por redes sociais quando vejo uma imagem com uma nota "Você foi caracterizado de: FAVELADO DO RIO DE JANEIRO", na hora pensei que era só mais uma imagem da internet, uma crítica social? A galera da zoeira? Sei lá, algo assim, não dei muita bola de imediato, mas vi uma notinha dizendo que foi uma escola que fez aquilo, pensei "Ah... Matéria do sensacionalista...", porém a surpresa foi entrar no link e ir parar no site da G1.

O negócio é o seguinte, uma escola de Itajaí  (Santa Catarina) tava fazendo um projeto em que os alunos da quarta série tinham que ir fantasiados, daí enviaram um bilhete para os pais, no entanto alguns pais tiveram uma surpresa ao ler a nota "Você foi caracterizado de: FAVELADO DO RIO DE JANEIRO", uahahahhaha, nossa meu! Que bizarro!

Assim, eu sei que o que queriam dizer era algo como "Pessoa com roupas largadas", até porque o projeto era fazer parte da turma se vestir como gente rica e a outra como gente pobre. Mas a sensação que passou foi "Pera aí... Não, vamos dar uma melhorada... FAVELADO! Não... Falta algo, mas o que? JÁ SEI! DO RIO DE JANEIRO! Agora sim tá perfeito!" uahahahha. É tipo uma versão escrachada do estereótipo.

Alguns pais se revoltaram com isso e armaram o barraco na escola, outros ficaram contra os pais que se revoltaram e disseram que era só questão de interpretação. No entanto os pais revoltados se revoltaram mais ainda, pois achavam um absurdo alguém achar normal, mesmo com a escola tendo feito um pedido de desculpas.

O que eu achei mais engraçado foi como direcionaram ESPECIFICAMENTE para o Rio de Janeiro, quero dizer, a galera é de Itajaí né? Então tacam um estereótipo desses? Uahahaha, imagina as famílias da escola que são do Rio? E em salas de aula sempre tem alguém que veio ou tem família de outro estado, então imagina o constrangimento com os outros alunos tirando um sarro?

Fiquei imaginando eles falando sobre corrupção, primeiro colocando um "Você foi caracterizado de:" e na frente um "Político corrupto", porém chega alguém e diz "Me dá isso aqui... Não... Tem algo errado... Vamos por... Cidadão de Brasília... Não melhor Morador Bandidinho de Brasília! Agora sim tá perfeito!" uahahahahaha.

Aliás, isso mostra bem que vivemos em uma outra época. Escola é algo tão local, o primeiro pensamento é que tudo que é dito lá, fica lá, mas agora de repente um estalar de dedos e BUM, o país inteiro fica sabendo. Alguns casos são vacilo da pessoa mesmo como o caso do desenvolvedor que xingou um reviewer na steam, mas em outros é bem "Relaxa galera, isso aqui é só entre nós, beleza?" e então BUM, tá todo mundo falando. Enfim, já falei como acho que seria a descrição daqui de Brasília, e da sua região, como acha que seria a descrição?

Nenhum comentário: