Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quarta-feira, 13 de julho de 2016

As diferenças entre a HQ e a série de Preacher T01E06

Esse é um especial de matérias em que faço uma comparação entre a série Preacher com a polêmica HQ Preacher, mostrando as diferenças cena a cena. Se você quiser ver a lista com todos os episódios comparados é só dar uma olhada aqui. Caso esteja a procura da revista em quadrinhos a venda, elas foram lançadas no Brasil em volumes e você pode conferir aqui.

O episódio começa com Deblanc e Fiore conversando diretamente com Jesse, essa cena é equivalente a aquela que eu já tinha citado, no meio da estrada que é onde Deblanc aparece pela primeira vez para Jesse. Nela é onde lhe conta tudo, mas há os outros personagens presentes, Tulipa, Cassidy, Santo dos Assassinos, Cara-de-Cu e seu pai.


Fiore não está presente na versão da HQ, e a conversa é um pouquinho diferente, acaba sendo apenas informativa para Jesse, que está irado com Deus, lembram no começo da série quando ele pede por um sinal na igreja e não recebe daí manda Deus ir se fuder? Pois é, na HQ ele está exatamente nesse clima. Depois das informações ele obriga Deblanc a se mandar.

Então a cena de barranco de um serafim tentando matá-los não existe, mas ela é bem a cara de Preacher mesmo. Essa é uma daquelas HQ's onde o barraco não pare de acontecer, sendo assim uma treta como essa é bem no nível bizarro das coisas que rolam durante a história. Outra coisa é que Cassidy chegando para ajudar Jesse também tem muito a ver, ele é um amigo que vai atrás.

A cena da Tulipa barraqueira e enciumada não existe, até porque a ajudante da igreja não é uma personagem dos quadrinhos. Por outro lado a Tulipa é uma personagem bem enciumada com Jesse mesmo, ela realmente é bastante apaixonada e especialmente depois dos primeiros arcos fica bem frustrada e explosiva. Na série colocaram essa personalidade já no começo.

As cenas dos meninos sendo legais com o Cara-de-Cu não estão presentes na HQ, lembrando que a primeira cidade aparece rapidinho e logo caem fora. Cara-de-Cu é só um personagem que aparece como uma das bagaceiras de Preacher no primeiro arco, depois some e então só aparece de novo muitos arcos depois.

O dilema do prefeito é uma coisa que poderia ter acontecido na HQ, mas não acontece. O negócio é que como falei, Quinncannon é um personagem que só vai aparecer na edição 42, então ele é corrupto sim e as autoridades e políticos o ajudam. Mas não é mostrado nada envolvendo um prefeito. Se encaixaria na HQ mas não está lá essa cena, nem mesmo aparece o prefeito da cidade em que Quinncannon vive.

A conversa entre Cassidy e Tulipa sobre Jesse ser seu namorado é equivalente a cena na HQ em que Cassidy está em um bar e diz que a ama, fala sobre os dois fugirem e tudo mais. É algo bem mais tenso, Cassidy é um personagem muito mais complicado, você consegue sentir o peso da traição no ar. Na série ele nem sabia e a amizade nem está muito desenvolvida.

Agora uma cena muito intrigante é Jesse mandando Eugene ir para o inferno e ele desaparecendo. Isso não me intrigou por ele distorcer a realidade desse jeito, mas sim porque lembrei do episódio em que ele está testando suas habilidades com Cassidy e uma hora diz "Voe", e Cassidy não voa! Então como assim ele manda Eugene ir para o inferno e ele aparentemente vai?

Basicamente essas são as mudanças desse episódio. As HQ's de Preacher foram lançadas no Brasil em volumes e você pode conferir aqui.

Nenhum comentário: