Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

terça-feira, 12 de julho de 2016

As diferenças entre a HQ e Série de Outcast T01E05

Esse é um especial onde comparo as diferenças da Revista em Quadrinhos Outcast com os acontecimentos apresentados na Série de TV Outcast. Se você estiver procurando por um episódio em específico, pode dar uma conferida na lista de episódios da primeira temporada. Mas chega de enrolação e vamos ao que interessa!

O episódio começa com um foco em Allison e sua tristeza. Aliás, já falando diretamente sobre a personagem, mudaram demais ela. Ou ao menos a reação dela em relação à situação com Kyle, enquanto a da série é visivelmente uma mulher perturbada com os acontecimentos e que não sabe o que pensar ou que rumo tomar em sua vida, a da HQ é bem diferente.


Nos quadrinhos Allison é bastante tranquila, a incomoda não saber o que realmente aconteceu naquele dia, porém ela aceita de forma bastante pacífica. Sabe que não pode voltar com seu ex-marido depois daquilo, mas gostaria muito, porém com a falta de respostas, ela simplesmente não consegue voltar.

Já a filha dela, Amber, mudaram completamente não a atitude, mas sim a personalidade da garota. No seriado Amber é uma garota insuportável e constantemente torra o saco de Allison. Aliás, palmas pra atriz mirim viu, porque essa ali conseguiu incorporar realmente uma personagem chata. Já a versão dos quadrinhos, é uma garota realmente boa, até mesmo Allison comenta que para uma garota de 5 anos é impressionante sua dedicação nas aulas de balé e como é uma boa criança.

Ou seja, já pode eliminar todas as cenas de Allison perturbada e apavorada com as coisas e também as cenas de Amber chamando a mãe de puta ou decidindo que vai pintar a parede de vermelho. Achei estranho terem mudado isso de forma tão brusca, mas acho que é porque fica mais desafiador colocar essas personagens dessa maneira ao invés de toda a paz que apresentam nos quadrinhos.

As cenas de Kyle e do reverendo indo atrás da garota que fugiu de casa são em geral bem parecido, há pequenas mudanças, mas em essência a coisa é a mesma. Acho que mudanças relevantes são que Kyle conversa com a garota e ela dá respostas enigmáticas interessantes na HQ, isso faz com que você fique pensativo. Outra coisa é que quando ela fica em coma tem policiais e um escândalo segurando os pais que estão bem irados.

O cara da loja de animais nos quadrinhos é um velhinho e os recebe em casa. Reverendo Anderson é amigo dele e conversam tranquilamente. Ele não age de forma tão agressiva, da mesma maneira Kyle não coloca as mãos daquele jeito, ao invés disso primeiro vai cumprimentá-lo, ele aperta mas quiando dói, tira rapidamente e é então que Kyle diz "Espera" e vai pra cima segurar em seus pulsos. Quando o homem manda caírem fora, o reverendo arrasta Kyle, que queria continuar.

A cena do homem de chapéu é bem naquele estilo mesmo e rola até o beijinho sacana. As cenas envolvendo a polícia podem ser todas ignoradas, pois não há esse foco todo nos quadrinhos. Foram adicionadas no seriado para dar um conteúdo a mais pelo jeito. Mas acho que ficou muito bom ter histórias extras.

O encontro entre Kyle e Amber é bem diferente, ela não fica irada com ele. Na verdade o vê e chama pra sentar e conversa, é bem tranquilo e ela só quer entender o que exatamente aconteceu, pois sabe que há algo de errado. Assim como ela não vai depois atrás dele, todo aquele lance do esforço dela pra fazê-lo falar acontece mas é de forma pacífica e na primeira vez que conversam.

E basicamente é isso, essas são as diferenças da série para os quadrinhos nesse episódio. Caso se interesse em conferir direto na fonte, você pode achar os quadrinhos de Outcast a venda aqui.

Nenhum comentário: