Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Shadwen - Um baita stealth medieval com toque único

Quem é que não ama um stealth? Essa sensação tão gostosa de se esconder é algo que vem da infância, nas brincadeiras com os amigos, ou mesmo usando aqueles bonequinhos ninja que eu sei que você tinha um! Essa sensação gostosa se esconder, passar sem ser visto é algo natural, que causa uma imensa satisfação. E hoje vou falar sobre um jogo Stealth que tem um estilo bem diferente!


A primeira vez que vi esse jogo, logo notei um charme todo especial dele, não cheguei a ver o trailer, apenas vi que as notas eram altíssimas na steam e as fotos me agradavam demais! Parecia algo que tinha um certo charme à moda antiga como Alekhine's Gun, mas ao mesmo tempo também era uma temática medieval super atraente e que me lembrou Styx: Master of Shadows. Porém o que eu não esperava era que a jogabilidade realmente tem algo único e diferente de qualquer outro stealth que eu tenha visto antes.

Quando abri esse jogo, a minha primeira reação foi de ficar um pouco nervoso porque o jogo parecia estar rodando mal no meu computador. De imediato tinha uma movimentação e então tudo ficou parado. Isso me deu nos nervos, bateu aquela insatisfação de "Mas... Eu pensei que rodaria liso...". Fiquei um tempo esperando o jogo destravar e quando mexi nos controles, o jogo respondeu um pouco e parou de novo, e logo veio a frustração, mas foi aí que descobri que era exatamente isso que tinha que acontecer!

O grande toque especial desse jogo é que ele usa uma mecânica semelhante a apresentada em SUPERHOT, com a diferença de que aqui não é um jogo de ação fora de controle, mas exatamente o contrário. Ou seja, o tempo só corre quando você se move com a personagem! Isso faz com que seja possível elaborar planos de um jeito muito mais cuidadoso e fazer movimentos precisos.

Aqui você assume o papel de Shadwen, uma assassina que é enviada em uma missão para adentrar sorrateiramente em uma fortaleza e assassinar o Rei. No entanto em seu caminho acaba se deparando com a pequena Lily, que está sendo atacada por um guarda. Ao salvar a garota, ela passa a acompanhar e auxiliar Shadwen.

Uma coisa interessante nesse jogo é que ele suga da fórmula apresentada em Sands of Time em que é possível rebobinar o tempo. Sendo assim além de o tempo se mover enquanto você está fazendo algo, os erros também podem ser corrigidos, pois você sempre pode apertar o botão para voltar atrás e fazer as coisas diferentes.

Outro detalhe interessante é que como Lily é uma garotinha, ela reage em relação a violência e isso afeta a história, sendo assim você pode escolher como fazer as coisas. Pode ser um caminho cheio de chacina, metendo a faca em qualquer um que apareça, ou pode usar os elementos presentes no cenário para distrair os guardas e permitir que Lily passe.

Durante o caminho você pode também vasculhar ambientes a procura de baús e achar projetos, esses projetos precisam de determinadas peças que você também acha por aí, ao achá-las você pode criar alguma bugiganga e usar para facilitar o acesso a determinados lugares. Sendo que a primeira (e obrigatória) é o gancho.

Enquanto vaga existe interação com objetos, você pode puxar caixas distantes usando o gancho, pisar em objetos barulhentos como garrafas para chamar a atenção dos guardas, entre outras coisas. Além de que é preciso esconder os corpos para que não achem e ativem o sinal, isso torna a coisa muito mais divertida e com várias opções de estratégia.

Graficamente o jogo tem um estilo bem simpático, apesar de não ser o que se possa chamar de surreal, é um jogo bonito, com aquelas casinhas medievais tão marcantes e tortinhas que vemos em diversas obras como o fantástico Vermintide. É um jogo que você olha para todos os lados e vê que mesmo não sendo fotorealista, é algo que foi bem trabalhado.


Como o jogo fica parado no tempo enquanto você não manda a personagem se movimentar, você pode fazer movimentos extremamente precisos com o gancho e isso é muito empolgante. Sabem o Homem Aranha? Pois é, você vai se sentir como uma versão feminina medieval dele aqui! Você pode fazer coisas que em tempo real iria requerer uma habilidade absurda, podendo se jogar, no ar girar a câmera para qualquer lugar onde possa prender o gancho e fazer um novo arremesso.

Enfim, Shadwen é um jogo muito gostoso de se passar o tempo, daqueles que você vê suas estratégias falharem diversas vezes seguidas, mas ainda assim tem vontade de tentar mais uma vez de um jeito diferente.Vale a pena dar uma conferida antes no site da G2A, pois lá eles costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida aqui.

Um comentário:

alex5432 disse...

Kkkkk achou que ia rodar liso e tava travando... só que na real era o jogo te troslando uahueahueahuhue.