Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

O belíssimo remake cancelado de Resident Evil 2

Quando o primeiro Resident Evil saiu, o negócio foi uma loucura, a moda de Survival Horror foi lançada, apesar de não ser o primeiro depois dele foi que a coisa começou a correr sem parar. Até mesmo o maravilhoso Silent Hill é uma resposta ao sucesso tão intenso da coisa. E quando Resident Evil 2 surgiu, o povo enlouqueceu por finalmente poder jogar uma continuação do espetáculo que foi o primeiro, no entanto após isso a coisa simplesmente ficou na história.



Os anos passaram e veio o maravilhoso remake de Resident Evil 1, mas o segundo jogo da franquia simplesmente não deu as caras. As pessoas esperaram pra caramba e nada da Capcom se pronunciar, ao invés disso continuou lançando jogos, mas sequencias. Alguns gostaram disso, outros nem tanto, mas Resident Evil 2 foi algo que não saiu da mente dos fãs.

E assim no final de 2013 um grupo indie italiano, chamado Invader Games, começou a postar vídeos na internet avisando que estava criando seu próprio remake de Resident Evil 2. Obviamente sem fins lucrativos. E assim passaram a cada vez mais postar vídeos de como a coisa estava ficando. A qualidade era tão impressionante que os fãs não podiam deixar de ficar encantados com cada vídeo que saía.

Lançaram inclusive uma versão alpha do jogo e muita gente experimentou e aprovou, os gráficos maravilhosos, a movimentação realista como zumbis andando de forma bizarra era algo lindo de se ver, além do próprio personagem e o ambiente todo cheio de detalhes, realmente não dava para não se empolgar em ver a evolução.

O ano de 2014 foi caótico pra Capcom, mas ela decidiu lançar o remake de Resident Evil 1 em uma versão remasterizada. A grande surpresa da empresa foi ver que o negócio vendeu feito água! E vocês sabem como a Capcom gosta de dinheiro né? Lembram que ela tentou começar a vender cheats em forma de DLC? Mas a estratégia de venda de DLC começou a manchar demais o nome da empresa e a coisa ficou feia.

E assim quando ela notou que um remake deu tanta grana, logo anunciou Resident Evil Zero também pra ser relançado. E vendo a empolgação dos fãs em cima do remake não oficial, em 2015 acabou anunciando ela mesma que finalmente o Remake de Resident Evil 2. E como era de se esperar, entrou em contato com a Invader Games e perguntou se eles poderiam "Por favor" parar de desenvolver Resident Evil 2 Reborn.

É uma situação chata né? Mas convenhamos que não tinha jeito, afinal de contas o remake dos caras era lindo. Daí a desenvolvedora dona da coisa vai lá e desenvolve um, é impossível não ter comparações. Apesar do lance desesperado por dinheiro da Capcom, acho que a forma dela agir com os fãs é até bem tranquila, por exemplo ela convidou os membros do estúdio italiano para conhecer a capcom e discutir algumas ideias. Outra coisa que mostra que a empresa é bacana é só ver o Street Fighter X Mega Man, que foi feito por fã e a empresa ao invés de cancelar, processar e não sei o que, apenas oficializou.

Para vocês verem que tem empresas que são bem mais radicais com isso é só dar uma olhada no remake da primeira fase de Mario 64, era só uma fase, nada demais e nem seria levado pra frente o  trabalho, era só uma demonstração de como seria uma versão HD. No entanto a Nintendo foi lá e fez com que fosse tirado do ar. Enfim, confiram como era Resident Evil 2 Reborn:

E depois não deixem de ver também o projeto feito pelo brasileiro Rod Lima, mas só para aprendizado e não para distribuição publica (E que fiquei sabendo só depois da postagem pelo leitor Kevin Keller!). Ficou maravilhoso o negócio, confiram:


2 comentários:

Kevin Keller disse...

Na verdade essa gameplay postada é do projeto feito pelo brasileiro Rod Lima, e não do Resident Evil 2 Reborn. O remake feito pelo Rod Lima era só para ensino, e nunca sera lançado para os fãs, mas existem varias gameplays que ele postou (como essa que você colocou no post). O remake do Rod Lima estava muito mais avançado na história do que o remake feito pela Invader Games (o deles só tinha as ruas e algumas salas da RPD), mas ele usava assets do Resident Evil The Darkside Chronicles, enquanto a Invader Games usava assets próprios, muito mais detalhados.

Skywalkerpg disse...

Caramba, eu pensava que era o mesmo projeto, tinha notado as câmeras em ângulos diferentes no entanto imaginei que eram testes que os caras estavam fazendo, já que a coisa tava sendo feita ainda. Valeu a informação, atualizei a postagem colocando o vídeo do projeto dos caras e falando do Rod Lima com o vídeo que tinha usado inicialmente. =D