Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quinta-feira, 23 de julho de 2015

[Conto] Você nunca está sozinho

Eu estava em casa naquela noite, não iria ao enterro de minha mãe, depois que ela se fora as coisas aqui em casa ficaram muito difíceis, a noite eu não dormia, e ao dia eu não via a luz do sol.
Encontrei o diário de minha mãe, haviam coisas escritas que não faziam sentido, como se ela estivesse sendo seguida por um fantasma, eu não acredito nisso então imagino que seja somente um ladrão, por aqui tem muitos.

Eu estava pronto para me deitar, tomei metade de uma cartela de remédios para insônia e já ia dormir. eu deitei na cama, e fechei os olhos, senti algo estranho. Alguém mais estava no quarto? eu não conseguia me mover, minha mente estava acordada, mas o meu corpo não se mexia, parecia uma eternidade, e estava frio, congelante.

Finalmente abri os olhos, e estava em meu quarto, a porta do armário estava meio aberta, eu sinto que estou sendo observado, um ladrão? talvez.

Na outra noite minha namorada iria dormir na minha casa, eu estava no trabalho quando ela me ligou dizendo que já estava na minha casa, eu chegaria um pouco mais tarde aquela noite. Liguei para ela.
-Amor, eu chegarei um tanto tarde hoje, não se preocupe, pode dormir.
-Mas você já está aqui do meu lado. Como pode?!
 
 Eu congelei na mesma hora, não era eu que estava na cama, eu disparei para casa, e ao chegar lá, não encontrei ninguém, e ví uma carta na mesa da cozinha dizendo: Irmão, eu fui passear com sua namorada, ela é bem legal e cheirosa, a mamãe não pode vir, ela foi para outro lugar, amanhã eu busco você também.

Era uma carta com a letra de minha irmã... mas minha irmã estava morta...
-FIM-

Autor: Mateus Moore

Esse é um dos contos que concorreu no concurso de contos de terror do blog.

3 comentários:

Matt Kist disse...

Ah cara, não esquenta com isso, pensa pelo lado bom, você vai para um lugar onde vai poder ficar com sua irmã, sua mãe e sua namorada legal e cheirosa.
Ah, e da próxima vez que alguém da família morrer, principalmente se for alguém tão próximo (como uma mãe por exemplo), por favor, vá ao enterro.

Super Suporte disse...

Que loucura cara! Nossa que loucura, a mãe morre ai o muleque ta em casa, mas dai não esta mais e é a namorada que está, mas a namorada não está sozinha pq está com ele, so que na vdd não era ele, era a irmã dele!? MANO TUA NAMORADA TAVA COLOCANDO O CHIFRE EM TI! E deixou uma cartinha safada para vc ficar com medo e não ir mais atrás dela Ó_Ó

Misterio resolvido u.u

Miya Seat Lee disse...

Hahahaha boa explicação!!! Foi divertido o conto!