Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

domingo, 21 de junho de 2015

O dia em que o Pip-Boy de Fallout se tornou real!

Desde o primeiro jogo da franquia Fallout, já existia um aparelhinho chamado Pip-Boy, que basicamente é um bracelete com um computador pessoal que dá os mais variados tipos de informações ao usuário, ele foi criado no período pré-guerra e por isso é super tecnológico, permitindo que aqueles que o carregam tenham muitas vantagens e facilidades.

É claro que esse é o tipo de coisa que sempre fez os fãs sonharem, especialmente quando saiu Fallout 3 para Xbox 360, Playstation 3 e PC, o que deu uma revigorada nos fãs e fez com que todos fossem seduzidos pelo charme da coisa. Mas apesar disso, é aquele tipo de coisa que é simplesmente complicado demais e é mais adequado ficar na ficção.

O grande problema de se criar um pipboy é, valeria a pena? Criar um bracelete daquele, encher de utilidade seria legal, mas teria público? Teria quem comprar? A maioria dos fãs só iria achar legal, mas não iria realmente desembolsar uma grana, até porque seria algo caro demais para se gastar dinheiro só porque gosta da franquia.

Isso fez com que através dos anos fossem surgindo um ou outro, mas nada realmente funcional, apenas brinquedos, enfeites que no máximo acendiam, porém nada de algo complexo ou informações úteis que poderiam mudar. No entanto com a evolução do mundo, esse tipo de coisa acabou se tornando possível, viva a tecnologia!

Com a vinda dos smartphones, todos passaram a ter um computador pessoal nas mãos, realmente aparelhos inteligentes, verdadeiros Pip-Boys, e com isso a Bethesda decidiu aproveitar a tecnologia de um para usar em outro, criando assim uma carcaça de Pip-Boy que usa a tecnologia de um smartphone para funcionar.

Uma coisa completamente curiosa é que se acontecer o que é mostrado naquele vídeo bizarro sobre o possível fim do mundo através de desastre a nossa realidade se tornará um verdadeiro Fallout, porém sem usar o estilo Dieselpunk, pois quem tiver dinheiro para bunkers sobreviverá e terá tecnologia de smartphones, e quem ficar de fora o jeito é aguentar o caos ou morrer.

Mas enfim, esse aparelho ganhou vida com a edição de colecionador de Fallout 4, para Xbox one, PC e Playstation 4 nomeada de "Fallout 4 Pip-Boy Edition". Além do Pip-Boy, a edição contém os seguintes itens:

-Maleta em forma de cápsula, onde está tudo.
-Capa especial do jogo feita de metal.
-Livrinho guia com explicações sobre o funcionamento do Pip-Boy.
-Base especial para por o Pip-Boy em sua estante.
-Postar de um Vault.
-E claro, o próprio Pip-Boy.

Nenhum comentário: