Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sábado, 16 de maio de 2015

Sym - Um jogo de plataforma com baita toque psicológico

Hoje vou falar sobre um jogo psicológico que usa o gênero plataforma com uma jogabilidade muito difícil. Sendo assim é como se fosse um Super Meat Boy melancólico, com um constante toque de tristeza que no fim das contas acaba por ser muito atraente e que certamente atrairá quem gosta de obras com uma atmosfera depressiva.

A trama é interessante pra caramba e especialmente adolescentes deprimidos podem acabar se identificando bastante com isso. Aqui é apresentado um garoto chamado Josh, que tem dois alter egos que vivem em seu próprio mundo particular. Um deles é Caleb, um ser feito de sombras e que vive em um mundo branco, seu objetivo é superar os seus medos, e o outro alter ego é Ammiel, um ser branco, porém que vive na escuridão e pretende se isolar completamente de qualquer outro contato humano.

Como podem ver, a trama é muito simbólica e apresenta dois lados de uma pessoa, um que é cheio de medos, mas tenta acabar com aquilo de vez, e o outro em que esse alguém apenas quer ficar sozinho e em paz, não quer contato com outros, o isolamento... Muitas pessoas se sentem exatamente assim e aqui essa apresentação foi feita de uma forma incrível.

Existe toda uma simbologia nisso, o ser de sombra tem escuridão dentro de si enquanto está completamente repleto de luz ao redor, enquanto o ser de luz valoriza o seu eu interior apenas e só vê sombras ao seu redor, algo que mostra que a área interna é o único local seguro.

A jogabilidade tem todo um toque especial onde você controla os personagens exatamente da forma que a trama é descrita, com um mundo de luz e sombra que são apresentados simultaneamente e podem ser trocados a qualquer momento, basta você apertar para baixo e o seu personagem entrará na terra, e a partir de então as áreas que antes eram livres para se correr, cair e pular, se tornarão as áreas onde você pode ficar em cima, ou ser bloqueado, enquanto acontece exatamente o oposto com as áreas que antes você andava por cima.

Como é um jogo de plataforma, você precisa achar as formas de chegar a saída do cenário, mas para isso precisa ficar trocando constantemente e atravessando cenários muito bem bolados, por exemplo, é possível chegar a um lugar muito alto onde é impossível se alcançar, mas se você entrar na terra, o  lugar alto passa a ser um buraco, e então é só pular nele e normalmente entrar na terra para você aparecer no topo.

Graficamente o jogo é muito artístico, apesar de em geral ser algo simples, também é uma coisa que tem um toque especial todo e que torna a coisa bem interessante, com um carisma todo especial, além de ser charmoso o fato de ter apenas branco e preto. Também tem alguns detalhes além das plataformas, por exemplo, é possível encontrar alguns inimigos que devem ser evitados, e armadilhas como serras girando nas paredes.

Enfim, especialmente para quem gosta de obras com toques psicológicos, certamente esse é um jogo que pode deixar bem apaixonado. Quem se interessar e quiser mais informações, pode dar uma conferida no site oficial do jogo.

Nenhum comentário: