Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Você sabe o que é um HOAX? Conheça a arte de mentir!

Uma palavra que vez ou outra se vê usando por aí, é o HOAX, que muitos identificam de imediato o que se trata, enquanto outros não tem a mínima ideia do que diabos é isso, e portanto vou fazer aqui mais uma matéria explicativa de expressões descoladas para você que assim como eu é caipira mas que gosta de mostrar pros amiguinhos que mora na cidade grande (iiiirrráááá).

O hoax tem uma tradução quase perfeita para o português (Isso se não for perfeita), é a palavra Embuste, que não é tão conhecida, mas que trata-se exatamente do que um hoax é, diferente de muitas palavras que tem apenas a expressão em inglês e no português só pode ser adaptada mais ou menos. No caso, um embuste é uma tentativa de enganar um grupo de pessoas com uma história falsa, mas esse grupo tem que ser enorme, não é como uma mentirinha pra um grupinho que vai se propagando, e sim uma notícia falso de algo que geralmente é grandioso e escandaloso.




O objetivo dos hoax é variado, mas a maioria das vezes é apenas para ver até onde vai, algo para massagear o ego do criador, lançando uma história mentirosa que faz uma quantidade gigante de pessoas crer naquilo, e depois sair por aí e ver a história sendo contada por pessoas que o criador nem ao menos conhece ou tem algum tipo de ligação. Mas pode ter motivos mais nobres, como por exemplo ridicularizar alguma condição social e mostrar para a grande massa o quanto são dominados pela mídia e levados por qualquer coisa que é falada, enquanto podem pensar sozinhos. E naturalmente existem hoax com objetivo de fraude e de se obter algum lucro com a inocência das pessoas.

Alguns hoax demoram meses, ou até mesmo anos para que a verdade seja exposta, e normalmente eles mudam para a condição de "Lenda Urbana", lembrando bem que são coisas diferentes. Um hoax é algo que faz uma quantidade imensa de pessoas ao mesmo tempo começarem a falar sobre um acontecimento, uma lenda urbana é algo que se vê aqui e ali, uma história que vai e vem, pode ficar anos sem ninguém falar sobre, mas de repente alguém comenta de novo, não atinge de uma vez um grupo grande.

Também é preciso ver que nem toda lenda urbana nasceu como hoax, as vezes já nasceram como lenda urbana mesmo, alguém falou uma mentira pra um grupo de amigos e foi se espalhando, de forma lenta, mas acabou sobrevivendo. Uma lenda urbana de hoax é meio que os vestígios daquilo, como por exemplo falarem que algo vai acontecer e no fim não dar em nada, mas graças a alguns desinformados ou mentirosos, ficar como "Aconteceu sim...".

Os hoax mais populares são os de fim do mundo, sempre que se chega uma data simbólica eles surgem, e é algo mais natural, determinadas datas fazem com que as pessoas simplesmente observem o simbolismo daquilo e passem a pensar sobre a possibilidade de ser o fim. Mas a maioria dos hoax são elaborados por uma pessoa ou um grupo que quer tem um objetivo fixo.
Para vocês sentirem um pouco do climinha que um hoax passa, vou dar um exemplo aqui. Em setembro de 2001 aconteceu um que ficou bastante famoso. Após os atentados às torres gêmeas, em meio aos escombros do dia 11, foi encontrada uma máquina fotográfica e quando revelaram, havia algo surpreendente, um homem tinha tirado uma foto e bem atrás dele era possível ver o avião vindo em direção ao prédio. Isso deixou a internet de coração partido, saber que aquela foi a última foto daquela pessoa e a morte horrível que teve.  Em outubro, a mídia começou a falar sobre aquilo, deixando-o como um certo ícone e mártir da dor que aquele atentado causou. No final de outubro, quando encontraram a foto de como era o avião que bateu nas torres, viram que não era o mesmo que estava na foto do turista, e assim ninguém mais acreditou e toda a emoção da coisa tinha desaparecido, a partir daí começaram a surgir montagens de todo tipo de desastres, "Tourist Guy no Titanic", "Tourist Guy na segunda guerra mundial" e outras coisas. Com isso, o empresário brasileiro José Penteado assumiu ser o homem da foto, isso porque ele realmente parece com o Tourist Guy, e em meio às brincadeiras sendo feitas, a Volkswagen considerou em fazer um comercial usando ele e assim aproveitar a "onda do momento". Isso fez com que o  húngaro Péter Guzli ficasse irritado e aparecesse, falando que ele era o verdadeiro "Tourist Guy", apresentou a foto real e disse que foi em uma visita que fez ao World Trade Center em 1997. Hoje em dia o Tourist Guy é visto como lenda urbana por muitos, por exemplo alguém acha uma foto na internet, vê algum texto antigo e fala "Eita, isso aconteceu naquela época, um cara tirou uma foto bem na hora! Que coisa interessante!"

Estão vendo qual é o clima de um hoax? É o de algo fantástico que acontece no mundo e que por mais que seja uma desgraça, é tão inusitado e diferente, que todos querem acreditar. Não que um hoax precise ser sobre desgraças, por exemplo houve um em 2008 sobre naves alienígenas aparecerem na terra e que tudo iria mudar, passaríamos para uma nova era. Hoax provocam aquela sensação incrível de "Caramba! Algo novo e bem diferente vai acontecer, aconteceu ou está acontecendo!".

O termo hoax usado no intuito de mentiras foi definido pelo livro "Uma vela no escuro" de 1656, do autor inglês Thomas Ady, e que falava sobre hoax de bruxas presentes na sociedade e caçada. Depois disso ocorreram vários outros hoax pela história, como A Grande  Fraude da Bolsa de 1814, que a falsa notícia da morte de Napoleão atingiu a linha de raciocínio de muita gente e afetou a bolsa.

Mas sem dúvidas os hoax só realmente ganharam força com a vinda da internet, antes disso era algo que acontecia, mas que era difícil, com o surgimento da era virtual, as coisas se tornaram constantes. Coisas como "O garoto doente que vai ganhar 1 centavo por cada e-mail compartilhado", "O msn vai se tornar pago a não ser que você entre em tal site" são hoje apenas besteiras da internet, uma copiando outra, mas que quando as ideias surgiram a primeira vez, eram hoax. A era virtual também foi a alegria de hackers usando desse tipo de coisa para lucrar de alguma maneira, seja transmitindo vírus, seja coletando e-mails para poder mandar spam. Assim como há hoax que são apenas para diversão, gerados em fóruns, e muito bem elaborados com fotos alteradas e dados históricos para misturar verdade com mentira, além de grupos se esforçando para divulgar nos mais variados lugares.

Exemplo de hoax para diversão, um grupo de pessoas decide simular um apocalipse zumbi em uma cidade, e assim inúmeras pessoas começam a falar coisas suspeitas como:

"Estou vendo uma mulher cheia de sangue atrás de um homem, que estranho... #Brasília."

"Vocês não vão acreditar, acabei de ver um grupo de malucos mordendo um cara no chão! #Brasília."

"Eita ferro, olha essa foto que acabei de tirar aqui em #Brasília." (montagem bem feita de foto por janela)

Quando começam a surgir várias coisas assim, as pessoas vão vendo a hashtag do lugar e procurar mais, entrar em contato com quem postou e a pessoa vai confirmando, o desinformado começa a falar sobre também, e quando menos se espera "TÁ TENDO UM ATAQUE DE ZUMBI EM BRASÍLIA!".

Enfim, espero que tenham gostado da matéria, e aproveitando, vocês se lembram de algum hoax? Já participaram de algum ou mesmo acreditaram em algum? Compartilhem experiências! =)

Um comentário:

Agelus disse...

Já tinha ouvido a expressão, mas não sabia o que era. Pra mim era usar cheats em jogos, kkkk.

Bem interessante. Acredito que o Sid do Não Salvo já fez algo assim, com o boato da Morte do ator que interpreta o Seu Barriga e a Coreia do Norte noticiando que tinha ganhado a copa do mundo pra o próprio povo.