Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Mortal Kombat X - Um jogo que amplificou a franquia

Tenho que assumir que nunca fui assim um grande fã de Mortal Kombat, não pelo jogo ser ruim, mas por eu nunca ter sido tão bom nele. Todo mundo sabe que essa é uma franquia de combate rápido, com uma pancadaria bem agitada, e como jogador lento, sempre tive dificuldades com essas coisas. Quando Mortal Kombat 9 foi lançado em 2011 eu achei fascinante, era tudo aquilo que eu lembrava na era do Super Nintendo, mas com um visual fantástico demais, tive vontade de jogar, mas acabei passando, porém o mesmo não aconteceu em 2015 com a vinda de Mortal Kombat X, que foi uma baita de uma surpresa.

Ironicamente, o que me fez ficar tão atraído por esse título não foi o jogo em si, mas a desenvolvedora  NetherRealm Studios, isso porque há algum tempo atrás um amigo meu estava jogando Injustice e comentando sobre a história, o que fez com que eu quisesse conferir e tive uma surpresa indescritivelmente agradável, e a partir de então a NetherRealm ganhou o meu respeito pra valer, percebi que se o estúdio conseguia apresentar uma história fascinante daquelas usando a Liga da Justiça, definitivamente conseguiria com Mortal Kombat, e felizmente não me enganei.

A história apresenta um breve resumo sobre acontecimentos passados, envolvendo o torneio "Mortal Kombat" e como ele era usado para prevenir a invasão do plano terreno por seres de outra dimensão, mas que o acordo foi quebrado e o caos liberado na terra. Depois disso, é apresentado vinte anos depois o desenvolvimento real da trama, com consequências do que ocorreu antes.

Uma das coisas mais gostosas no modo singleplayer do jogo, e que na verdade foi introduzido em Mortal Kombat 9, passando para Injustice e então também usado aqui, é exatamente como a coisa é mostrada de forma ampla. Antigamente nós víamos jogos de luta com histórias muito bobinhas e quase sempre apresentadas as pressas, com os dois personagens em algum dos cenários conversando e depois lutando, e em geral era isso. Mas aqui a coisa vai bem além!

Você vai se sentir assistindo um filme, com cenas em cenários abertos, toda uma trama bem elaborada com coisas como uma invasão de demônios e um ataque em um helicóptero, ou uma emboscada sendo feita. Existe todo um sistema de quick time events durante algumas cenas, para só então começar a pancadaria. Ou seja, não é mais aquela coisa de um lutador ficar falando algo com o outro sempre da mesma maneira.

Uma outra coisa fantástica, é que você vai mudando de personagem de tempos em tempos, enquanto a trama vai se desenvolvendo, ou seja você começa com um personagem, e uma série de cenas e combates vão passando com ele, até que uma outra parte da história chega e a trama continua usando um outro, e assim vai. Com essa forma de apresentar as coisas, a sensação é de se estar assistindo um filme.

Um dos destaques interessantes é que esse é o primeiro Mortal Kombat a ser dublado, no jogo anterior todas as línguas que o jogo foi localizado receberam dublagem, menos o Brasil, só que dessa vez as coisas foram diferentes, no entanto infelizmente uma coisa que tenho que falar mal é da dublagem do jogo. Mas antes eu quero deixar uma coisa clara, eu não sou do tipo que fica falando mal de dublagem, na verdade nem levo em consideração quando vejo alguém falar que tal dublagem é horrível, pois as pessoas em geral são completamente injustas com isso e julgam muitas vezes sem nem analisar de verdade, aqui no Brasil a dublagem já virou algo que as pessoas simplesmente dizem "É um lixo e pronto!", sendo que muitas delas são impecáveis, então eu vejo xingar dublagem mais como uma modinha pra mostrar que é descolado e intelectual que prefere o original, do que uma verdadeira análise da coisa.

O problema com a dublagem desse jogo é em como a coisa parece... DUBLADA, não passa a sensação de que é o personagem falando, o que é desagradável, por muitos momentos tive aquela impressão de só ver alguém mexendo a boca e um áudio rodando atrás, e sinceramente eu não sei o que aconteceu, porque a dublagem de Injustice é maravilhosa! Aquilo é uma coisa linda de ver, tão natural, existe uma ligação da voz e dos personagens. Aqui a qualidade do áudio também é muito estranha, na cena inicial enquanto os personagens falavam, parecia que as vozes estavam saindo de um rádio, mesmo com a cena sendo deles falando diretamente, o que me faz acreditar que a gravação inicial ficou com algum chiado no fundo e cortaram, mas isso também arrancou um pedaço das vozes, é muito esquisito. Tiveram sim algumas partes que ficaram muito boas e mais naturais, só que em geral, achei esse um verdadeiro exemplo de dublagem que não ficou legal. Também aconteceu uma polêmica desnecessária onde as pessoas culparam exclusivamente a Pitty pela dublagem inteira.

Mas o jogo amplificou bem mais a coisa com o seu novo sistema de multiplayer, que agora liga bem jogadores de todo o mundo com as guerras das facções. No começo do jogo você escolhe uma facção e passam a acontecer torneios, sendo que esses dão bônus para a facção que mais vencer, então de certa forma existe um certo climinha de MMO na coisa, com toda essa ligação online a uma comunidade enorme que está lutando para conseguir chegar ao topo.

Apesar de tudo, jogar online pode ser um baita de um problema, muitas pessoas reclamam de não conseguir se conectar apropriadamente, ou do jogo simplesmente travar em meio ao modo online, mas isso varia de pessoa pra pessoa, sendo assim se você é do tipo que gosta de jogos assim mais para jogar na internet, se preocupe, pois vai variar de pessoa para pessoa.

Só que ainda existe a opção de jogar como nos velhos tempos, e assim é possível acessar partidas multiplayer locais! Uma coisa que achei bem curiosa, é que o jogo já vem configurado para duas pessoas jogarem no mesmo teclado, algo que achei um tanto simpático, mas que convenhamos... Não é nada agradável, então é uma opção extrema para se jogar, porém recomendo plenamente que arrume um controle para ficar realmente confortável.

Enfim, esse é um bom jogo de luta, no meu caso, sou o tipo de jogador que se atrai mais pelo modo história da coisa, e não me decepcionei em nada, mas para aqueles que gostam de modo online, talvez tenham alguns probleminhas, mas nada que patchs não possam arrumar. Quem se interessar é só dar uma conferida no site oficial.

Um comentário:

Rian disse...

Achei uma merda o Story Mode do Mortal Kombat X. Parece que se venderam para a aparência do jogo ficar mais genérica, para talvez hollywood fazer algum filme, uma bosta ver os antigos personagens uma merda nesse novo, novos personagens merdões, uma bosta sem igual.