Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quinta-feira, 12 de março de 2015

A profecia 2 - Um dos melhores filmes sobre o anticristo

Normalmente quando se tem um jogo que dá sequencia a outro, ele consegue superar, com jogabilidade melhor e história que aprofunda mais o universo, por outro lado, os filmes seguem exatamente a fórmula contrária a isso, e é muito comum se ver gente falando "O primeiro é melhor" e observar sagas ficando cada vez piores a cada filme, especialmente quando se trata do gênero terror, pois a empolgação dos diretores parece fazer com que eles queiram inventar demais e naturalmente forçar a coisa, deixando tudo muito esquisito, quem nunca viu um filme tunado de efeitos especiais, mas que parecem um verdadeiro lixo com visual bonito?

No entanto com a continuação de A profecia, felizmente isso não aconteceu, muito pelo contrário. Esse é um filme que conseguiu gerar uma base própria de fãs e existem aqueles (como eu) que consideram "A profecia 2" até mesmo melhor que o primeiro filme, isso porque ele tem uma atmosfera própria fantástica.



Damien Thorn é um garoto prestes a completar 13 anos de idade e que é adotado pelo tio após a morte do irmão, no entanto logo coisas estranhas e assustadoras começam a acontecer, com pessoas que tentam dizer algo sombrio sobre o garoto, mas que em geral acabam tendo finais trágicos.

Esse é um filme charmoso, que inclusive pode ser apresentado sem que a pessoa tenha assistido o primeiro filme. Isso porque aqui novamente é apresentado o anticristo, mas dessa vez adolescente e não como uma criança, e pode ser compreendido perfeitamente, pois é o tipo de filme que consegue encaixar tudo e mostrar a quem vê uma história fechadinha que não fica forçando detalhes do anterior. Não que sejam desnecessários, é claro, A profecia 1 é um filme espetacular e naturalmente será melhor se a pessoa assistir antes de ver o segundo.

Dessa vez, Damien não é colocado tão de lado, enquanto no primeiro filme ele é um garoto protegido por forças das trevas e que fica calado o tempo todo enquanto outros personagens ganham foco e veem as coisas acontecerem, dessa vez ele é o protagonista. A ideia do "vilão" ser o personagem principal já é por si só fantástica! Lembrando que esse é um filme de 1978, lançado apenas dois anos após o primeiro.

Mas a coisa que realmente me deixou encantado e fez com que eu me apaixonasse pelo filme, é que o próprio Damien não é mal, nem ao menos sabe que é o anticristo, ele é como um garoto qualquer e que inclusive fica perturbado com a descoberta, não é algo fácil, é algo terrível e que o deixa desesperado com a "maldição" que carrega, inclusive negando o que é.

Você acompanha a transformação do personagem, em como ele vai entendendo e aceitando seu destino, as coisas que fazem a mente dele mudar e também como não é forçada a ideia dele ser malvado. Se observar bem, é um tanto filosófico e bem mais lógico do que um cara que chega na terra e decide que quer que tudo queime e pronto, isso parece sem noção demais.

Damien é um menino que vai sendo educado e recebendo uma linha lógica sobre o seu destino, e não meramente um "Mate todos que você ama, destrua tudo!". Bem pelo contrário, é mostrado bem que ele é um garoto que ama e que deseja estar com as pessoas que gosta, mas que tem uma visão rigorosa de algo maior para a humanidade.

Existem diversas obras sobre o Anticristo, que tratam a coisa com uma baita seriedade, livros e documentários. No entanto o cinema em geral gosta de usar essa figura de uma forma muito mais caricaturada. Felizmente esse aqui é um filme que parece quis pegar a coisa e colocar de uma forma mais discreta e estilosa, os momentos apelativos são apenas sob pressão do personagem e não por vontade dele de fazer maldades como o Anticristo que costumamos ver em filmes.

Enfim, "A profecia 2" é uma obra de arte impecável, um filme de terror charmoso com uma boa história e que certamente vai agradar muitos. Um detalhe interessante é que Jonathan Scott-Taylor, o ator que interpretou Damien, nasceu em São Paulo em 1962, mas foi criado na Inglaterra, e interpretou Jesus Cristo em uma peça teatral anos depois, irônico não? Agora vejam o trailer super trash que faz parecer que o filme é de ação e que não tem nada a ver com o clima real apresentado kkkkk:

Nenhum comentário: