Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

domingo, 8 de fevereiro de 2015

Urban Legends - Jogo brasileiro de Jeff the Killer

Tenho que assumir que acho a creepypasta de Jeff the Killer horrorosa, realmente mal feita, clichê pra caramba e que me impressiona ter tantos fãs. Por outro lado, isso nada influi em se fazer um jogo muito bom usando o personagem, já que diferente de uma creepypasta, um jogo não precisa confundir a pessoa e fazer ela ficar pensativa se aquilo é realidade ou uma história inventada, e o estúdio brasileiro  Machine Bear aplicou muito bem a ideia, criando o jogo Urban Legends, que agora vou fazer uma análise.

Você assume o papel de PJ, um jornalista investigativo que acaba em um hospital abandonado e fica surpreso ao perceber que não está sozinho, e que algo de muito estranho está acontecendo no lugar, que já é naturalmente bizarro. Tudo fica ainda pior com a presença do assassino Jeff, que antes era visto pelo jornalista como uma mera lenda.

O jogo usa bastante dos padrões já apresentados em muitos jogos de terror indie que ficaram conhecidos na internet, porém não usa uma jogabilidade simplória, ao invés disso coloca muitos elementos bem interessantes. É aquele tipo de jogo que você vê sim aspectos já usados em outras obras, mas que acaba tornando a coisa bastante robusta,sendo assim é um jogo que não quis se limitar ao clima sombrio, o que ficou muito bom.

Como falei, acho Jeff uma péssima creepypasta, por outro lado, achei uma ótima escolha de personagem para o jogo, afinal de contas convenhamos que Slenderman já tem tantas obras, que saturou um bocado, não é mesmo? Há muitas histórias famosas com potencial, e usar outra foi bastante interessante, até então eu só tinha visto um jogo que usa o personagem, o Illusion Ghost Killer, que curiosamente é um jogo brasileiro também!

Quanto ao clima de Urban Legends, é bastante pesado e sinistro, você tem um isqueiro que usa para ir iluminando o caminho e tenta descobrir passagens para seguir em frente pelo lugar, algumas situações ficaram bem fantásticas, como por exemplo poder se esconder em lugares, e assim ver o Jeff passando, ou mesmo se arrastar por tubulações, que a propósito, dá um baita de uma sensação claustrofóbica, pois você tenta imaginar se vai aparecer uma coisa para te assustar em um lugar tão apertado.

Graficamente o jogo é bastante seco mesmo, o 3D parece não usar filtros para deixar as coisas mais suaves, sendo assim há aquela constante sensação de coisa opaca, além dos próprios efeitos usados serem bem feinhos, como o do fogo da lanterna. Por outro lado uma coisa muito legal do visual do jogo, é que é cheio de detalhes, por mais que sejam simples, por exemplo você pode olhar para as pernas do personagem, algo que é um bom destaque em jogos em primeira pessoa, além de muitas referências a outras lendas da internet que ficam espalhadas nos pequenos detalhes que você temque parar para observar, como por exemplo o misterioso homem dos sonhos.

Enfim, Urban Legends é um jogo indie humilde, porém bastante robusto e que certamente é capaz de gerar muito entretenimento com o seu climinha pesado. Quem se interessar é só dar uma conferida no site oficial do jogo.

Nenhum comentário: