Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Time Rifters - Um shooter cooperativo com você mesmo!

Estranho o título dessa postagem não é? Mas é exatamente isso que o jogo é, um cooperativo onde os seus parceiros são você mesmo! Essa é uma daquelas obras que você começa a jogar por acaso e inicialmente parece ser apenas mais um jogo de tiro, no entanto devido a mecânica super interessante, não demora nem um pouco para você ficar empolgado até demais e começar a jogar sem parar, e até mesmo repetir missões.

O jogo se passa em uma sala de experimentos onde testes com armas são feitos, e alvos improvisados são colocados para que a coisa aconteça. Não existe uma história em si, assim como não há exatamente uma campanha, o jogo passa mais a sensação de ficção científica e testes sendo feitos mesmo, e mais nada de adicional nesse quesito, o que por um lado é uma pena, mas devido a jogabilidade empolgante, o jogo consegue compensar a falta de história com muita diversão.

Cada sala de experimentos que você escolher, terá cinco fases, sendo que no começo eu achei um bocado estranho, vendo que haviam mais quatro carinhas na parede, mas que não se mexiam, então escolhi a arma que eu queria usar, e entrei na câmara sozinho, logo comecei a ver os cubos surgindo por toda parte e atirar neles, nada muito empolgante ou diferente a princípio, até que o tempo na sala terminou e pensei "Como assim? É isso?", também achei estranho ter tantos blocos, eu não consegui destruir nem metade, mas foi então que as coisas começaram a ficar incríveis!

Novamente eu me vi na sala de armas de novo, só que eu estava controlando o segundo carinha da parede, e o cara que eu tinha controlado antes, estava refazendo todos os movimentos que fiz na partida passada, escolhi uma outra arma, e vi que podia fazer upgrades com o ouro coletado dos blocos destruídos anteriormente, e assim fiz, para entrar na câmara novamente. E assim a coisa se repete quatro vezes em cada uma das cinco missões de cada laboratório.

Esse é o tipo de jogo que naturalmente te faz bolar estratégias, por exemplo não vale a pena fazer um dos personagens se concentrar em uma parte, e depois ir com outro personagem até destruir todos os blocos e concentrar ele na mesma parte, pois o primeiro vai continuar lá atirando, como se os blocos ainda estivessem ali, é bom atirar sempre onde há alvos tanto naquele lugar, quanto atrás, pois uma bala que destruiu um bloco anteriormente, poderá atingir o de trás, caso esse bloco seja destruído antes do tempo.

O jogo é ainda mais movimentado devido aos alvos ficarem vagando pelo ar, as vezes eles assumem formato de coisas, como uma aranha gigante, ou morcegos, e você tem que ir destruindo bloco por bloco, sendo que cada um deles tem uma barrinha de "vida" que vai baixando enquanto leva bala. Tudo isso com um som de dubstep bem agitado, o que combinou demais com o clima.

Outra coisa muito legal, é que as atualizações das armas causam efeitos fantásticos, como por exemplo o ácido, faz com que após ser atingido, um bloco continue sendo corroído, ou efeitos especiais que só algumas armas tem, como a pistola ricochetear, ou o laser que atravessa e atinge blocos atrás dele.

Enfim, Time Rifters é um jogo bem viciante e ótimo para passar o tempo, além disso ainda foi lançado com o "desafio do dia", aumentando bastante o tempo de vida do jogo, e com a opção de fazer upload dos seus personagens, para que outros jogadores baixem e "joguem com você". Quem se interessar é só dar uma conferida no site oficial do jogo.

Nenhum comentário: