Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Stay Dead Evolution - Um simulador de "filme B" de luta

Esse é um jogo que chama a atenção logo de início pela sua forma de apresentação, mas que rapidamente divide grupos, já que obviamente ao se usar cenas de filmes para um jogo, as coisas ficam um tanto limitadas. Por outro lado, é inevitável não querer ver mais, dar uma olhada na prática, e assim eu vou fazer uma análise sobre essa obra que tem seus altos e baixos.

A primeira coisa que preciso falar de imediato, é a trama inexistente, algo que achei uma pena, pois por mais trash que seja o filme, seria ótimo ver uma história, e como os personagens são gravados, certamente o diretos poderia ter apresentado alguns diálogos, mas ao invés disso você só sai enfrentando inimigo atrás do outro, o que ao meu ver pesa bastante, existem alguns jogos que não precisam ter história, mas nesse caso em especial, é algo que eu gostaria de ter visto.

Por outro lado, o jogo é apresentado como algo onde você assume o papel de um herói de filme b, então é como se não fosse você controlando o herói, mas sim controlando o ator que o interpreta, explicando assim a inexistência da história do filme, por outro lado mesmo assim eu gostaria de ver os atores conversando antes e depois das pancadarias acontecerem, passando assim aquela sensação de que ele está avançando.

A jogabilidade é feita em cima de quick time events, ou seja, aparecem certos comandos na tela e você deve apresentar no momento certo. Apesar disso existem algumas coisas que mostram que não é tudo exatamente pré determinado, por exemplo em certos momentos você pode ficar parado observando os dois personagens um de frente ao outro e com duas opções "Se mover" e "Atacar", e assim a coisa pode dar uma parada.

Existem também ataques variados, simulados por cores, se aparecer um quadrado de uma determinada cor, você precisa apertar a seta pra aquele lado uma vez, se aparecer de uma outra cor, precisa apertar duas vezes. A cena seguinte vai mudar dependendo do seu acerto ou erro, e existe também uma barra de vida, portanto os erros vão gerando consequências.

Os inimigos são bem interessantes, assim como diz a descrição, é como se fossem personagens de filme b, e a impressão é de que você está enfrentando um monte de cosplays. Acho difícil não acabar lembrando de Mortal Kombat, e isso só me empolga mais ainda a ver uma história, seria fantástico ver aquelas pessoas usando fantasias dizendo algumas frases bizarras, mas infelizmente a experiência é puramente visual.

Enfim, Stay Dead Evolution não é o primeiro jogo a usar cenas de filmes como base da jogabilidade, há alguns clássicos que já faziam isso, como o agitadíssimo Mad Dog Mcree, e poderia ter dado muito certo, mas a ausência de trama ao meu ver é o que realmente pesou na coisa, deixando-o um tanto tedioso para muitos. Apesar disso pode ser um jogo que gere uma boa diversão para momentos calmos que você queira apenas passar o tempo. Quem se interessar é só dar uma conferida no site oficial do jogo.

Nenhum comentário: