Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

GunWorld - Jogo no estilo clássico, difícil até demais!

Muitas pessoas reclamam que hoje em dia os jogos são muito fáceis e que antigamente é que as coisas realmente conseguiam ser desafiadoras, sendo assim, após os anos 90, cada joguinho que aparecia, passou a ser julgado, mas logo começaram a surgir as homenagens e continuaram, gerando assim um catálogo próprio de jogos alternativos as tendências, e entre essas opções está GunWorld, um título capaz de fazer muita gente se descabelar.

A história se passa no planeta GunWorld, onde a flora é bastante estranha, pois seus frutos são armas, e isso faz com que os cidadãos considerem-se abençoados por terem defesas naturais nascendo direto da terra, mas as coisas mudam quando alienígenas chegam ao planeta e tudo começa a apodrecer, por mais que as tentativas de acabar com os invasores sejam constantes, todas são falhas e assim o presidente chama Dwayne, o mais fodão portador de armas que existe, e ele parte em uma jornada para limpar a ameaça alien do lugar.

Sendo mais específico, esse jogo é baseado diretamente em jogos dos anos 80, com uma história bem absurda, muito estereotipada, influenciada por filmes de valentões muito constantes na época, e com um visual que remete claramente a era 8-bits, além de uma dificuldade completamente absurda e capaz de rapidamente frustrar jogadores que estão acostumados a desafios mais suaves.

A jogabilidade é basicamente a de um jogo de plataforma padrão onde se pode atacar inimigos de forma direta, com armas brancas ou usar armas de fogo para dar tiros neles, apesar disso os inimigos não morrem fácil e por mais que sejam armas exageradamente grandes na mão dos personagens, é preciso apertar bastante o botão de porrada para que eles finalmente morram.

Você pode escolher a fase que quiser logo de imediato, sendo assim o jogo não é linear, mas os cenários não são gerados de maneira aleatória, é mais para um seletor de nível mesmo, a vantagem é que quando você termina um dos níveis, uma arma é destravada para você usar em seguida, e então você pode escolher entre escolher os outros níveis, ou repetir algum com mais armas disponíveis.

Graficamente o jogo é 2D usando o estilo 8-bits com aquelas cores muito gritantes, mas não é algo mal feito, é notável que a equipe fez algo que se fosse lançado na época, com certeza receberia um belo destaque de revistas de jogos, por apresentar muitos pequenos detalhes que deixam o visual robusto.

Enfim, esse é um jogo que no final das contas depende bastante do grupo que vai jogá-lo, é difícil demais e muito fácil de se morrer, além de não apresentar algo realmente inovador, por outro lado é um estilo clássico e para passar o tempo pode ser mesmo muito viciante, especialmente para quem reclama da facilidade dos jogos de hoje em dia. Quem se interessar é só dar uma conferida no site oficial do jogo.

Nenhum comentário: