Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Eye Candy - Uma série sobre hackers e psicopatas

Eu não me seguro mesmo e acabo assistindo séries que sei que são feitas para mocinhas, mas acabo sempre ficando esperançoso de me dar uma surpresa, e com essa foi exatamente isso. Ao ver que era uma série da MTV, isso me animou mais, pois Teen Wolf teve uma baita de uma evolução e se tornou muito mais do que uma série para garotinha suspirar, virando realmente algo que conseguiu surpreender um bocado. Mesmo assim ao olhar Eye Candy com todo o seu estilinho afeminado, pensei "Ah não... Estou com muita série pra ver, acho que essa vou deixar passar...", mas então fui assistir o trailer e não resisti, tive que dar uma conferida, e agora vou fazer uma análise sobre.

A história tem foco na hacker Lindy Sampson, que sofre muito com o seu passado. Três anos antes, ela viu a irmã sequestrada em sua frente e nunca teve ideia do que aconteceu. Após isso ela começou a investigar sozinha, fazendo invasões constantes ao banco de dados da polícia e se envolvendo em um perigoso jogo. Também começou a ajudar pessoas que tiveram membros da família sequestrados, e em meio a isso acabou chamando a atenção de um serial killer mata pessoas que colocam fotos "mentirosas" em seus perfis na internet.

Bom, a série tem um ambiente interessante, com diversos elementos modernos apresentados, isso me fez em alguns momentos lembrar Watch_Dogs, mostrando diversas coisas hackeáveis em uma cidade e um grande toque de investigação, com ameaças desconhecidas e um maluco matando pessoas por aí. É engraçado como também acabou me lembrando o espetacular anime Serial Experiments Lain, não pela essência da obra, que nada tem a ver, mas pelo universo apresentado. Em Lain havia um clube psicodélico com muita tecnologia e pessoas consumindo drogas, algo que também há nesse, e com todo o clima de hackers e ameaças ocultas, me lembrou tudo aquilo, mas o engraçado é que quando assisti Lain, as coisas apresentadas eram totalmente ficção, hoje em dia aquela tecnologia é realidade e vendo Eye Candy, me surpreende como um mundo fictício se tornou nosso mundo e acho super natural os elementos apresentados na série.

Mas apesar de bons elementos, esse seriado de primeira não me despertou emoções realmente fortes, o que me pareceu foi uma série com toques muito legais apresentados, um certo clima voltado para público jovem, com alguns toques de romance, mas sem exageros, e uma história com ritmo constante, mas que não me empolgou. Mesmo assim tenho que assumir que devido a não ser uma obra vazia, acaba sendo uma opção muito atraente para quem gosta desse estilo, faz lembrar alguns filmes.

Enfim, Eye Candy é uma série que pode ser ótima para passar o tempo, mas não algo completamente empolgante se for considerado como diversão para público em geral, por outro lado como série vista pelo público adulto, pode ser um pouco pálida demais, mas para adolescentes com certeza é o tipo de obra capaz de encantar.

Nenhum comentário: