Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Better Call Saul - Série Spin Off de Breaking Bad

Esse é um daqueles seriados que assim que foi anunciado, muita gente ficou se roendo de vontade para ver, afinal de contas depois do Final de Breaking Bad, bateu aquela triste sensação de abandono, afinal de contas o seriado era tão bom, que a ideia de que não se iria ter mais daquela maravilha era uma verdadeira tristeza. Mas o Spin Off Better Call Saul foi como um sonho se tornando realidade, por outro lado, apesar da publicidade e público automático garantido, com grandes poderes se vem grandes responsabilidades, não? Ou seja, diferente de Breaking Bad, essa não foi uma série que surgiu timidamente pra então surpreender as pessoas com o estouro, ela já veio com a obrigação de ser muito boa, ou as consequências seriam drásticas para sua popularidade, e hoje vou fazer uma análise sobre!

A história apresenta o fracassado advogado Saul Goodman, coadjuvante de Breaking Bad, mas que aqui é a estrela do seriado. Essa ideia foi simplesmente muito incrível, isso porque no seriado de origem do personagem uma enorme quantidade de bandidos e picaretas de todo tipo foram apresentados, então apesar de Walter White e Jesse Pinkman serem personagens muito cativantes, e com uma história super robusta, o que impede de outros também terem? Gus por exemplo teve sua história apresentada e foi fantástica. Sendo assim muito da atmosfera é o forte de Breaking Bad e é bem possível apresentar aquele universo sem seus personagens principais.


Aqui as coisas se passam alguns anos antes e mostram Saul em seu começo de carreira como pilantra, mostrando o desespero dele por dinheiro fácil e a dificuldade em conseguir casos que realmente gerem alguma coisa, além de seu envolvimento com bandidos barra pesada. Ou seja, uma ótima ideia para apresentar mais uma vez um personagem começando na vida da bandidagem, o que alguns podem chamar de falta de originalidade, mas que sinceramente achei uma bela de uma ideia, afinal de contas convenhamos que todo mundo queria mais de Breaking Bad, e essa é exatamente uma maneira de mostrar bem alguém crescendo no mundo do crime com sua própria história.

O primeiro episódio é um pouco morno na maioria do tempo e dá para sentir bem que é usado para construir a história, apresentar bem a situação de Saul, e assim existe um certo toque dramático, além de momentos hilários. Apenas nos momentos finais do episódio é que vemos a coisa realmente disparando e ganhando um rumo com aquela sensação tão gostosa envolvendo golpistas e violência com um certo toque de humor. Graças a isso, algumas pessoas podem olhar com o nariz torto por querer logo que as coisas aconteçam, mas pense bem, Breaking Bad levou a primeira temporada INTEIRA pra realmente começar a andar, a série realmente antes eram basicamente Jesse e Walter pra lá e pra cá em um trailer e tentando vender drogas, a coisa era descomplicada, não tinha nada de realmente super profundo, a partir da segunda temporada é que tudo ficou gigantesco.
Há também rostos conhecidos! Então se você assistia Breaking Bad, irá ter algumas surpresas ao de repente ver um personagem que já foi visto antes e descobrir como Saul teve uma ligação com ele antes de todas as outras insanidades ocorrerem. Esse seriado é dos mesmos criadores, sendo assim pode se esperar algo do mesmo estilo sem muito medo, mas claro, é preciso ter uma mente um pouco aberta, lembrem-se que a expectativa acaba matando a diversão.

Então em geral, achei a série bem legal, que apresentou bem as coisas. Sei que ela não já colocou de primeira uma grande sensação, mas é preciso lembrar que é necessário primeiro montar cenário, afinal de contas não se trata de uma continuação de Breaking Bad e sim uma série nova, no passado e que foi feita para ser apresentada também a um novo público que não entende nada e nem conhece rosto algum. Portanto, achei sim uma boa série e recomendo!

Submarino (R$ 109,99)
Shoptime (R$ 109,99)
Americanas (R$ 109,99)
Saraiva (R$ 59,90)

Nenhum comentário: