Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sábado, 17 de janeiro de 2015

Ostrich Island - Um jogo coop que beira a insanidade

Acredito que todo mundo tem aqueles momentos em que se está com um amigo e o momento está muito gostoso então bate aquela vontade de tirar um sarro, falar e fazer besteiras, momentos meramente descontraídos. E Ostrich Island é o tipo de jogo que pode ser classificado como perfeito para se passar o tempo com aqueles que você gosta e dar belas gargalhadas ao mesmo tempo.

A história se passa em um paraíso tropical onde o caos acontece, pois um vulcão entra em erupção, fazendo com que todos os avestruzes do lugar vão embora, menos um que está com a cabeça dentro de um buraco exatamente na hora em que isso acontece, ficando preso em uma pequena ilha e tendo que arrumar uma forma de sair dela e ir para a próxima.

Esse é o tipo de jogo que te faz pensar “Meu Deus, o que está acontecendo aqui?” e gargalhar muito ao ver as bizarrices acontecendo. Você gostou de Goat Simulator? Então imagine um jogo que segue a mesma linha, porém cooperativo! Pois é, em Ostrich Island você pode experimentar isso! É aquele tipo de obra em que você não sabe o que está fazendo, simplesmente sai por aí tentando descobrir, vendo que tem alguns bônus, mas inicialmente sem entender para que serve, porém aos poucos começa a entender a mecânica.

O multiplayer do jogo pode deixar um pouco confuso na hora de se conectar, e temi ser um daqueles jogos problemáticos onde é difícil se conectar e é preciso abrir um monte de portas, mas felizmente não é assim! O negócio é que os menus são um pouco simplórios e se inicia com um “Clique novamente para jogar ou com o botão direito para modo coop”, o que fez tanto eu quanto o meu amigo ficarmos clicando onde estava a mensagem e não no mapa, em cima da fase, algo que não pareceu muito claro. Depois disso tinha unicamente a opção de digitar a senha ou não, o que também confunde um pouco, já que não há nenhuma escolha, mas basicamente é só digitara senha e pronto, os dois jogadores entram no mesmo jogo, sendo assim no fim das contas é um cooperativo bem simples, só não muito fácil de deduzir como entrar.

Ao iniciar a partida, logo começamos a rir de como as coisas pareciam tão mal feitas, com avestruzes andando vagarosamente e com passos bem esquisitos e nada realistas, tendo apenas duas opções, enfiar a cabeça no chão (Sabe-se lá pra que) e a outra é chutar, e foi inevitável um começar a chutar o outro, até vermos que dava para chutar placas e quebra-las, assim como potes e outras coisas, mas as coisas ficaram realmente divertidas quando percebemos que a tosqueira vai além e é possível chutar árvores e fazê-las despencar, e delas podem cair coisas completamente sem noção, como por exemplo um abacaxi.

A partir daí já dava para perceber que as ilhas são lotadas de coisas escondidas, você deve descobrir onde estão, quebrar o que está na frente e resgatar, e naturalmente o senso competitivo começa a aparecer, como quando achamos um lugar rodeado de pedras e um tesouro bem no meio, foi inevitável ver quem alcançava primeiro e ficamos rodeando o lugar, tentando achar uma forma.

O objetivo de cada ilha é coletar o máximo de segredos possíveis e depois achar uma saída do lugar, sendo que você ganha experiência e com ela pode subir de nível e ganhar novas habilidades para deixar as coisas mais engraçadas ainda.

Enfim, Ostrich Island é um jogo muito legal para o momento certo e esse momento é aquele em que você está rindo sem motivos com alguém que gosta, por outro lado pode não ser tão gostoso de se jogar em alguns outros momentos mais tranquilos, mas claro que isso também depende de cada pessoa, e se você é do tipo que gosta de jogos onde a zueira rola solta, essa é uma opção perfeita! Quem se interessar é só dar uma conferida no site oficial da desenvolvedora jogo.

Um comentário:

alex5432 disse...

Adiciona esse vídeo no post: https://www.youtube.com/watch?v=uZ09rCgd9eg