Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Majestic Nights - Um simpático stealth em Cel Shading

A primeira coisa que me atraiu nesse jogo definitivamente foi o seu visual, pois esse é um daqueles títulos que você olha algumas fotos na internet e imediatamente gosta do estilo apresentado, no caso é um jogo isométrico, que usa a técnica Cel Shading, e que de quebra também adiciona um gênero que em geral não é mais tão comum para jogos isométricos, que é o Stealth, antigamente era até bastante em jogos clássicos a visão aérea, como por exemplo a franquia Metal Gear, no entanto as coisas mudaram e atualmente o normal é que esses jogos sejam em terceira pessoa com visão de trás do personagem, ou primeira pessoa.

A história do jogo se passa em um passado alternativo, os anos 80 onde as teorias da conspiração mais espalhafatosas são verdadeiras. Sendo assim é natural que um grupo de agentes secretos, espiões e coisas do tipo estejam agindo o tempo todo, e você assume o papel de dois personagens, o primeiro é Cardholder, que é um agente de inteligência misterioso que parece estar envolvido em diversos casos conspiratórios a nível mundial, e o outro é Cal, que é um simples detetive particular.

Quanto a jogabilidade do jogo, ela parece ser bem no estilo de que ou você ama, ou você odeia, acredito que depende bastante do clima em que a pessoa estiver para experimentar o jogo. Isso porque achei bastante gostoso agir se escondendo pelos lugares e andar se esgueirando, mas por outro lado, não pude deixar de notar que a jogabilidade parece um pouco não sólida, quando eu mandava o personagem sair e trás de um carro e passar na frente de um agente para se esconder em outro lugar, as vezes ele simplesmente não via, o que me dava aquela impressão de em geral as coisas parecerem meio irreais e não dando para calcular direito onde um personagem pode te ver de verdade.

Mas eu realmente gostei da forma que as coisas são apresentadas, achei legal invadir casas e outros lugares, e ver as coisas se desenvolvendo. Existe um toque bem atmosférico de anos 80 mesmo na coisa, como se estivesse em uma história de espionagem. Além do mais, as fases tem boas ideias, como por exemplo você agir no meio de uma boate e enquanto investiga, ter que desviar do segurança e se misturar em meio a multidão.

Graficamente o jogo usa aquele estilo de desenho animado, sendo assim há quem ache espetacular, e quem não se atraia muito. Eu gosto desse estilo, além do mais com a trilha sonora psicodélica e o estilo que escolheram cheio de luzes e com muito foco em cores roxa, rosa e outros tons semelhantes a esses, acaba sendo um baita espetáculo visual.

Enfim, fica aí a dica de jogo, certamente não é voltado para todos os públicos, mas se você se atraiu pelos elementos que citei, é certo que vai gostar um bocado do que esse jogo tem a oferecer. Quem se interessar é só dar uma conferida no site oficial de Majestic Nights.

Nenhum comentário: