Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Dungeon of the Endless e seu viciante modo cooperativo!

Anteriormente eu tinha falado aqui sobre o jogo Dungeon of Endless, e em como a experiência jogando aquela maravilha foi gostosa. Realmente um roguelike que é capaz de consumir horas e horas de muita gente. No entanto, há quem o jogue para ter uma experiência de uma forma bastante diferente, que é o multiplayer! E hoje vou escrever aqui uma matéria com um foco especialmente no modo cooperativo dessa maravilha, que com certeza pode ser uma bela de uma opção para aqueles que querem passar um tempo com os amigos.

Bom, a primeira vez que eu fui testar, foi com um amigo meu, e a nossa ideia inicial era de jogarmos sozinhos. Eu criei uma sala e ele já entrou rapidamente, a nossa surpresa foi quando pouco depois entrou um terceiro e quarto jogador do nada, cheguei até mesmo a pensar que poderiam ser dois bots para compensar a falta de jogadores, mas não, realmente eram pessoas.

Foi algo muito fluído e direto, não como aqueles jogos onde se conectar a outro jogador é um verdadeiro inferno, aqui as coisas são bem rápidas mesmo. Tenho que assumir que de imediato me incomodou ter desconhecidos na sala, mas acabamos deixando e fomos assim mesmo. Um dos jogadores saiu da sala antes do início, e o grupo acabou ficando com três.

A primeira partida foi meio caótica, isso porque eu tinha jogado há muito tempo, e não lembrava tão bem da mecânica, mas me surpreendeu não conseguir nem andar, e meu amigo estava mais perdido do que eu. Isso fez com que o outros jogador perdesse a paciência e saísse quando falei isso, haha. Claro que meu amigo e eu rimos um bocado ao ver o rapaz se mandando com o que eu disse. Mesmo assim seguimos em frente, e morremos bem rapidamente, foi um verdadeiro caos que nos fez recomeçar.

Na segunda partida, estávamos mais alertas, falamos novamente que éramos novatos, um dos rapazes não gostou muito da coisa e decidiu sair fora, mas o outro era em simpático e começou a nos guiar. Assim como roguelikes em geral, esse é bem difícil, então quanto mais gente melhor, inclusive em uma das partidas que jogamos, o terceiro jogador logo perguntou se não íamos esperar pelo quarto, acredito que ele sabia que o que estava por vir iria precisar do máximo de gente possível, o que acaba valendo a pena, já que as pessoas entram rapidamente, há uma boa quantidade de jogadores.

A jogabilidade é um híbrido de exploração com elementos de RPG, tower defense, e um toque de roguelike. Cada jogador tem apenas uma vida, portanto se morrer, realmente acabou pra ele. Aqui você tem que ir para cada uma das salas e descobrir o que tem lá, coletar recursos, e chegar até o fim do nível, porém existe um cristal que gera energia, deixando as salas protegidas, você precisa levar esse cristal até o final, encaixar ele lá e então acender a próxima sequencia de salas.

Porém a dificuldade é em atravessar o caminho até o outro lado com o cristal, pois assim que ele for desencaixado, monstros começarão a surgir da escuridão. Graças a isso, primeiro o grupo tem que identificar o caminho, matar monstros, coletar recursos, montar defesas e só então pegar o cristal, sendo que podem fazer isso de diversas maneiras, um jeito que nós adotamos foi de um levar, outro escoltar ele pelo caminho, pois apesar de ter torres de defendendo, é bom ter uma defesa extra, e outro esperar no fim, para não surgir monstros lá enquanto não tem ninguém.

Enfim, Dungeon of the Endless é um jogo para quem sabe trabalhar em equipe e gosta de bolar estratégias com outros jogadores, definitivamente é muito divertido e vai fazer muita gente ficar viciada em seu modo coop. Vale a pena dar uma conferida no site da G2A, pois lá eles costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida aqui.

Nenhum comentário: