Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

TinyKeep - Roguelike que mistura brutalidade e fofura!

Esse é daqueles jogos que ao se ver as screenshots, você nota apenas a fofura enorme que está presente, no entanto assim que começa a jogar, fica notável que há um baita contraste presente, já que a brutalidade e chacina também estão ali. Claro que no fim das contas isso acaba colaborando para o jogo ter uma personalidade interessante, e certamente é um atrativo. Mas TinyKeep vai além do visual, e consegue realmente divertir e prender o jogador, fazendo com que ele queira iniciar novas partidas e ver até onde consegue chegar.

Aqui você assume o papel de um herói que desperta em uma masmorra, porém ele consegue escapar de sua cela, e assim tenta chegar até a saída do lugar, e no caminho descobre que não é o único, pois há uma grande quantidade de outros prisioneiros sem esperança alguma e que imploram por sua ajuda, cabendo a você decidir se quer ou não libertá-los.

A jogabilidade é a de um roguelike, carregando os dois principais elementos de jogos desse gênero, ou seja, primeiramente o jogo terá cenários gerados aleatoriamente, fazendo assim com que cada partida automaticamente se torne única, pois é realmente muito difícil acontecer do jogo gerar exatamente a mesma masmorra, nem preciso dizer o quanto esse sistema causa vício e expectativa, pois você deseja muito que logo de primeira as melhores coisas caiam pra você. O segundo elemento é a morte permanente, sendo assim um jogo capaz de causar frustração, porém que desde o início te passa a sensação de conseguir ir até o fim, nesse jogo você morre várias vezes, mas a maioria você fia com aquele sentimento de que foi puro vacilo e não falta de habilidades, e naturalmente o vício em tentar de novo acaba te dominando.

Um elemento maravilhoso da mecânica desse jogo, é a possibilidade de usar os itens da masmorra contra eles mesmos, por exemplo você pode correr para um pedaço de madeira giratório, chãos com pregos escondidos, ou mesmo fazer algo mais radical e enquanto foge do monstro, pode pegar um tipo de abajur medieval de fogo e atirá-lo no chão, ateando chamas e queimando seu perseguidor, é muito emocionante isso, e o melhor é que os próprios inimigos podem acabar se atrapalhando e eles mesmos caírem nas armadilhas.

É possível ainda salvar pessoas na masmorra, porém é preciso tomar cuidado, apesar deles te ajudarem, em geral você não deve confiar em ninguém, as possibilidades são variadas. Os prisioneiros podem se organizar e eles mesmos saírem caçando monstros, podem te seguir fielmente e proteger, mas também podem ter enlouquecido na prisão e não confiarem em ninguém, isso inclui quem tenta salvá-los, sendo assim você pode salvar alguém e a primeira coisa que a pessoa faz é te atacar.

Ainda existe todo aquele sisteminha de itens, por exemplo você começa sem nada, até mesmo sem armas, e assim tem que sair no maior stealth desviando de monstros e se escondendo nos corredores, e aos poucos você vai melhorando, pegando uma espada você já pode lutar e passar a se defender. Também existem moedas que você coleta e compra habilidades aleatórias para o seu personagem.

O visual é muito fofinho, uma visão isométrica com gráficos 3D e você controlando o personagem tendo uma visão por trás dele enquanto luta contra hordas de monstros e salva aliados fofinhos, esse é aquele tipo de obra que no estilo você considera automaticamente uma gracinha.

Enfim, TinyKeep é um roguelike muito fofinho e viciante, certamente atrairá diversos jogadores e recomendo a todos, certamente o tipo de exemplo desse gênero que consegue conquistar facilmente até mesmo aqueles que nunca se deram bem com o estilo. Quem se interessar pode dar uma conferida no site oficial do jogo.

Nenhum comentário: