Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Khet 2.0 - Um maravilhoso concorrente para o xadrez

Como todo mundo sabe, xadrez é um jogo incrível onde é necessário estratégia para se ganhar e naturalmente você tem que prever quais serão os movimentos do adversário ou pode ser manipulado facilmente e induzido a fazer movimentos errôneos. Esse jogo simula muito bem guerras reais e graças a todo o seu jeito robusto, pode parecer que não existe nenhum concorrente, mas existem sim alguns, e  Khet 2.0 é um jogo que descobri por acaso e me surpreendi.

A primeira vez que fui jogar, não vi o tutorial e foi inevitável que meu amigo e eu ficássemos perdidos, porém uma breve olhada no tutorial foi o suficiente para descobrirmos que as regras eram relativamente simples e lembravam o xadrez não apenas no visual do tabuleiro, mas também em sua jogabilidade e objetivo.

Aqui a temática é egípcia, portanto há diversos elementos referentes a esse povo, simulando uma guerra para determinar quem é o verdadeiro faraó, e assim levando a punição dos deuses para o impostor, as peças são posicionadas de um formato um tanto estranho que já vem pronto quando você inicia a partida, e as vai movendo da forma que achar mais adequado e aos poucos vai destruindo peças do adversário.

Para vencer o jogo, você deve guiar um raio que sai do canto da tela e atingir o faraó com esse raio, as peças contém espelhos que desviam o raio quando atingidas, no entanto nem todas as peças tem espelhos dos dois lados, por isso se for atingida em um lado vazio, ela será destruída pelo raio. Com as suas peças você deve ao mesmo tempo guiar o raio, traçando um objetivo, e atrapalhar os planos do seu adversário.

Apesar de terem dois raios, uma coisa engraçada é que você pode acabar cometendo suicídio no jogo, por exemplo quando joguei com o meu amigo pela primeira vez, em poucos segundos ele atingiu o faraó dele com seu próprio raio, e então caímos na risada quando falei "Pronto, destruí seu faraó". Sendo assim você se sente brincando com fogo durante o jogo, pois a arma que usa não é inofensiva pra você.

Uma coisa que  me deixou muito empolgado, foi descobrir logo depois que o jogo tem uma versão física que foi lançada pela primeira vez em 2005. Ao pesquisar, me surpreendi ao ver que usava lasers e espelhos de verdade, fazendo assim com que você apertasse o botão e visse o laser realmente bater nas peças e ser desviado até ser jogado pra fora do tabuleiro ou atingir alguma peça, simplesmente fantástico.

Enfim, fica aí uma dica especialmente para jogadores de xadrez, essa pode ser uma ótima alternativa que deixará muita gente viciada, recomendo plenamente. Quem se interessar pode dar uma conferida no site oficial do jogo.

Nenhum comentário: