Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Vlad the impaler - Um atmosférico simulador de livro jogo

Esse é um jogo que acaba sendo um baita de um simulador de livro jogo, algo que me fez achar que era o motivo de ter visto tantas reviews negativas em relação a ele, e que também estranhei bastante, pois apesar de saber que o público em geral adora jogos mais movimentados, sei também que existe o público de jogos menos movimentados, porém com foco na história, além de que visualmente parecia ser tão lindo, então por que as pessoas estavam escrevendo reviews negativas? Quando fui jogar, só fiquei mais surpreso ainda, porque achei o jogo muito legal, mas foi então que eu descobri que os negativos não eram pela falta de movimentação do jogo, mas sim pelo tamanho, fazendo assim com que alguns ficassem frustrados. Mas mesmo assim, Vlad é um jogo bem interessante e por isso decidi fazer uma análise.

A história se passa no ano de 1452, e a cidade de Istambul está rodeada por um grande mal, antes o lugar era perfeito e havia uma harmonia constante, mas agora a morte está presente. Você assume o papel de um personagem que recebe uma carta lacrada pelo selo real, ao abri-la, descobre que é um pedido desesperado por ajuda, e assim você parte até o lugar, para investigar e tentar finalizar com o horror ali presente.

Bom, como a maioria de vocês já deve ter imaginado, o nome "Vlad" é referente ao maléfico príncipe Vlad Tepes, que ficou conhecido por sua maldade em empalar pessoas, e ainda mais popular ainda quando adentrou para sempre na cultura pop, ao ser utilizado como fonte de inspiração para a criação do vilão Drácula. O jogo foi feito pela Section Games, uma empresa especializada em artes conceituais, comerciais, etc... E que aparentemente decidiram fazer o próprio jogo, com concentração especialmente na parte visual e história.

A jogabilidade é exatamente a mesma que se tem em um livro-jogo, portanto você começa escolhendo sua classe. Depois disso o jogo se passa como se fosse um livro ilustrado, você vai lendo e no fim terá opções, você escolhe o que fazer a seguir. Há também um mapa e você escolhe onde quer ir primeiro, e podem estar acontecendo coisas variadas, que você tem que tomar decisões.

Seu personagem tem atributos, e em certos momentos tem que fazer escolhas morais, ou arriscadas, fazendo assim com que ele possa ganhar ou perder pontos em determinados atributos, que variam de situação para situação. Isso faz com que o seu personagem possa evoluir bastante, ou se tornar um verdadeiro caos, já que esses atributos não são apenas para representar o personagem, mas tem efeitos em outras situações, incluindo dependendo da classe que você escolher.

Visualmente o jogo é maravilhoso, as ilustrações são todas muito sombrias e dependendo de onde você está e o que estiver presenciando, não aparece apenas o texto, mas também uma ilustração representando que está acontecendo. Naturalmente isso é algo que não agrada a todos, mas quem vai jogar, já sabe bem que se trata de um jogo de interpretação de personagem simulando um livro, portanto é natural que as coisas sejam um tanto paradas.

Enfim, o jogo é muito divertido para aqueles que gostam de história, infelizmente é disponível apenas em inglês e obviamente é voltado para públicos que suportam uma jogabilidade parada. No entanto o curto tamanho do jogo pode frustrar bastante, vi alguns dizendo que o terminaram em menos de meia hora. Quem se interessar pode dar uma conferida no site oficial da Vlad.

Nenhum comentário: