Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Orbital Gear - Um tiroteio com efeitos gravitacionais

Esse é um daqueles jogos multiplayer com uma ideia muito interessante e que rapidamente você pega a mecânica e começa a se divertir, mas que acaba não sendo tão fácil se tornar um mestre, e também peca um pouco quanto a exigir uma boa quantidade de pessoas online para as partidas realmente conseguirem transmitir com força aquela sensação de que você não tem ideia de quando irá parar de jogar.

Bom, Orbital Gear não é um jogo com história, o foco dele é realmente no multiplayer e não existe a possibilidade de se jogar sozinho. A temática é futurista, envolvendo tiroteios e personagens armados para meter bala em qualquer coisa que se mova, e se passa no espaço, apresentando diversos planetas em cada partida. É o tipo de jogo que é normal você marcar partidas com os amigos, e descarrega toda a tensão.

A jogabilidade realmente varia um bocado, e nisso a equipe trabalhou bem, é o tipo de jogo que embora use a comum fórmula do tiroteio online, notavelmente se esforçou em dar uma personalidade própria ao jogo, tornando-o aquele tipo de experiência única que já recebe uma enorme pontuação exatamente por tentar inovar e fazer algo diferente. O bom desse tipo de título é que quando você for jogar algo online com os amigos, e estiver escolhendo opções, ele não fica como um daqueles jogos que existem vários iguais, mas sim uma escolha onde você sabe bem que a mecânica vai ser bem diferente.

Então aqui você é colocado em cenários cheios de planetas, cada um desses planetas tem a sua força gravitacional, os seus personagens podem correr ao redor deles, e saltar, se a força gravitacional de outro planeta for maior do que a que você estiver, ou se você estiver mais próximo dele, seu corpo será puxado para esse planeta. Sendo assim você pode dar uma volta ao redor deles, e saltar para outros a vontade, isso compõe o cenário do jogo, onde você seus vários adversários e tenta matá-los.

É natural que o jogo acabe gerando belas risadas graças a loucura que a sua mecânica oferece, e também situações incríveis, como pular em um planeta, mas antes de ser puxado pelo outro, empurrar o seu corpo em uma direção contrária para que assim seja puxado por um terceiro planeta, e dessa forma você pode "voar" entre os campos gravitacionais e fazer fugas ou perseguições incríveis enquanto atira.

Existem várias armas e algumas habilidades especiais para você escolher usar, e o melhor é que algumas dessas armas tem a munição afetada pelo campo gravitacional, e assim um tiro pode sair rodando até ser lançado no espaço, ou pode ser puxado por vários campos gravitacionais e acabar matando algum jogador acidentalmente.

O jogo tem gráficos interessantes, usando um estilo 2.5D, e com muitos efeitos, é claro que é um jogo que não usa o estilo realista, já que você pode ver os personagens caminhando rapidamente ao redor de planetas, mas nem todo jogo é realista, aqui as coisas são feitas puramente para complementar a diversão, ficando assim algo simbólico, até mesmo porque o jogo não tem história. A quantidade de efeitos de explosões e outras coisas na tela pode fazer você se sentir um pouco perdido, por isso acaba sendo um jogo que embora fácil de aprender os comandos, para se tornar realmente um bom jogador, é preciso de muitas partidas.

Enfim, Orbital Gear é um ótimo jogo, porém acaba dependendo muito da quantidade de jogadores online, podendo se tornar muito enjoativo com poucas pessoas, mas também é uma daquelas obras que pode ser um verdadeiro vício se você tiver um grupo grande para poder ver as loucuras possíveis. Quem se interessar pode dar uma conferida no site oficial do jogo.

Nenhum comentário: