Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Intruders - Uma série sobre imortais que roubam corpos

Essa é uma daquelas séries que tem uma proposta muito interessante, e que aborda de uma forma muito séria as coisas, fazendo assim com que o público maduro tenha disponível uma trama com tema fantástico, mas ainda assim com os pés mais no chão e acontecimentos voltados para o lado realista da coisa. Por outro lado pode acabar sendo considerada uma série realmente chata e difícil de digerir, graças a sua forma de apresentação que certamente não é algo que todos conseguem usufruir naturalmente.

A história é sobre algumas pessoas ao redor do mundo que tem uma habilidade única de captar uma certa vibração sonora, e através dela tornarem-se imortais por conseguirem transmitir a sua consciência para um novo corpo, no entanto o dono original nem sempre aceita bem a nova personalidade e as situações que tem que passar durante a transformação.

Bom, tenho que assumir que essa foi uma série que não consegui digerir muito facilmente, assisti o primeiro episódio e achei muito chato, e o motivo disso não foi a história, mas sim a apresentação das coisas, são mostrados VÁRIOS personagens de uma vez, com um monte de cenas aleatórias, e graças a isso ficou um tanto difícil marcar os rostos no mistureba que foi colocado, mas graças a sinopse que eu tinha lido, me mantive firme e continuei assistindo, e no segundo episódio as coisas já começaram a melhorar um pouco, me senti mais "em casa" quanto ao povo apresentado.

São três histórias paralelas que são interligadas de certa forma, a de uma garotinha que de repente tem uma perigosa personalidade que desperta e assume o controle de seu corpo, um assassino misterioso que constantemente está em busca de alguém e matando diversas pessoas sem remorso, e um marido que busca por sua mulher desaparecida e a cada pista descobre que a pessoa que ele busca tem atitudes menos parecidas com a de sua mulher.

O desenvolver das coisas é um tanto parado, existe um clima sombrio, com grande parte do tempo sendo apresentado um ambiente noturno, e também tem cenas que podem causar uma certa repulsa em algumas pessoas, como por exemplo um momento em que Madison O'Donnell (A garotinha) está alisando e falando com o seu gatinho como uma criança normal, e do nada ela pega o gato e o mergulha em uma banheira cheia de água, fazendo o bichinho agonizar e finalmente morrer, para logo depois a garota soltar e entrar em desespero, se perguntando o que fez e começando a chorar. E aliás, achei a atuação dessa atriz MUITO FODA, gostei mesmo da forma que ela interpreta Marcus (A nova personalidade dela).

Mas enfim, essa é uma série que definitivamente não irá agradar a todos, mas certamente alguns irão adorar, é uma série meio ruim de se digerir graças a forma de apresentação das coisas, porém tem pontos bem altos, então se você não gosta de série lenta, pode deixar essa passar, mas se gosta de um clima de fantasia em ar sombrio, talvez você ame, as vezes terá que dar um tempo, esperar uns episódios pra realmente engolir a essência, ou talvez seja amor a primeira vista. Confira o trailer:

Nenhum comentário: