Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sábado, 12 de abril de 2014

A língua dothraki de Game of Thrones existe! Confira!

Em todas as obras que já vi algum tipo de universo onde haja uma raça, tribo, nação ou algo diferente que se fale uma outra língua, normalmente inventam meia dúzia de palavras e colocam os personagens falando aquilo, mas é para ser apenas algo simbólico mesmo, e não para existir e ser aprendido, é só para dar um climinha especial ao invés de por um "Ele falou isso na língua dele", não é necessário se criar de verdade tal idioma. Um bom exemplo para isso é Star Wars, eu sempre vi todos aqueles personagens falando coisas estranhas, como o Chewbacca, que pareciam mais gemidos, porém eu sabia que eram palavras e sempre imaginei "Claro que isso não foi elaborado, só são coisas simbólicas mesmo...". Graças a isso foi uma verdadeira surpresa quando descobri que muitos desses idiomas que já vi em algumas obras poderiam realmente ter suas regras, já que com a HBO foi exatamente isso que ela fez, e ao criar a série Game of Thrones, uma série de detalhes foi introduzida junto, incluindo o idioma dothraki, que foi realmente criado para ser usado pelos atores.

Quando George RR Martin começou a apresentar os dothraki em sua série de livro das Crônicas de gelo e fogo, ele adicionou uma série de palavras, porém apenas simbólica mesmo, não uma língua verdadeira. Porém existem línguas artificiais já criadas no mundo, sendo a mais conhecida, o fabuloso Esperanto, e assim a HBO fez um processo de seleção onde mais de trinta linguistas foram analisados, e assim acabou escolhendo um membro da Sociedade de Criação de Língua, uma sociedade americana especializada em promover línguas artificiais, o membro escolhido foi David J. Peterson, que ficou responsável por fazer o idioma dothraki se tornar uma realidade.

O mesmo seguiu os pré-requisitos e pegou todas as frases que até então tinham sido apresentadas pelo escritor do livro, e a partir daquelas fases, criou uma lógica para elas, fazendo com que todas passassem a ter regras gramaticais e significados verdadeiros, e assim usou como base o russo, turco, estoniano, inuktitut(língua falada em uma região do Canadá e da Rússia) e suaíli (língua falada em alguns locais da África).

De imediato, o linguista apresentou de imediato mais de 1700 palavras para a HBO, porém o idioma continuou a crescer e se aperfeiçoar. E com o sucesso da série, naturalmente logo apareceram muitos adeptos e várias pessoas com vontade de aprender, graças a isso apareceram sites especializados em ensinar dothraki, como por exemplo o Learn Dothraki (site em inglês).

Quanto a escrita, ao menos de imediato não foi desenvolvida, mas foi deixado claro que certamente seria semelhante ao árabe, já quanto a parte da fonologia, o autor declarou que vê como algo que mistura a língua árabe e espanhol, e disse o seguinte:

"Vocês sabem, a maior parte das pessoas não sabem realmente como são os sons da língua árabe, portanto para os ouvidos sem esse treinamento, a língua (dothraki) pode soar como árabe. Para quem conhece o árabe, isso não ocorre. Eu tendo a considerar que os sons são uma mistura do árabe (exceto as distinções de faringais) e espanhol, devido às consoantes dentais."

Enfim, incrível pra caramba isso, não acham? Muito legal ver que o que os atores falam na série realmente tem algum sentido, e não é apenas um monte de palavras inventadas e colocadas de forma aleatória. E vocês? Tem paciência para aprender dothraki?

Nenhum comentário: