Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sábado, 19 de abril de 2014

A brutal animação infantil de Carmageddon: Reincarnation

Escândalos envolvendo video games são coisas que naturalmente acabam surgindo, afinal trata-se de uma coisa que é popular e com certeza chama a atenção da mídia. E para aqueles que acreditam que isso só começo depois dos anos 2000, quando cada vez mais passaram a surgir obras adultas e mais violentas, se engana muito, pois nos anos 90 houveram seus próprios escândalos, que apesar de não fazer todo esse alvoroço que faz hoje em dia, certamente era um problema para aqueles gamers da época que curtiam um joguinho de chacina.

Provavelmente o primeiro escândalo que eu devo ter presenciado, porém nem notado já que eu era um menininho ainda, foi Mortal Kombat, que se destacou demais pelo seu excesso de violência, mas naquela época as coisas eram diferentes, nós víamos dublagens com personagens falando "SEU MALDITO!!! EU VOU TE MANDAR PARA O INFERNO!!!" e coisas do tipo, então acredito que mesmo sendo uma coisa assim nova pro mundo dos joguinhos infantis, não deve ter chocado.

Agora existem dois jogos que me marcaram por escândalos nos anos 90 no Brasil, Duke Nukem, que chamou a atenção nacional por causa do Mateus da Costa Meira, o estudante que em uma sessão do filme Clube da Luta, em 1999 e tentou matar todo mundo com uma metralhadora, depois ele disse que fez isso se imaginando no jogo Duke Nukem. E o segundo caso obviamente é Carmageddon, o primeiro jogo que vi ser proibido no Brasil, mesmo em uma época onde ninguém estava nem aí pra jogos no Brasil, a ideia de se sair com um carro e passar por cima de pessoas, e ganhar pontos ainda, foi demais hehehe. Aquilo foi impressionante pra mim, eu nem imaginava que jogos podiam ser proibidos. O jogo foi lançado em vários países com uma modificação que trocava os inimigos por robôs e zumbis, no Brasil eram robôs, só que tinha uma senha que mudava pras pessoas, o resultado foi que o jogo não conseguiu completar nem a primeira semana nas prateleiras e foi retirado.

É claro que no mundo inteiro o jogo era e ainda é falado, mesmo aqueles que nunca jogaram, já ouviram falar em Carmageddon, e para o nível de hoje até que é tranquilo esse tipo de coisa, pois muita chacina já rolou no mundo dos jogos, mas o seu legado ficou, afinal foi um jogo ousado demais. E assim fizeram Carmageddon: Reincarnation, um jogo obviamente feito para relembrar os velhos tempos de motorista lunático. Junto com ele foi lançado um vídeo de apresentação que se destacou por ser um desenho no estilo infantil cheio de crianças alegres cantando enquanto vão para a escola em um ônibus, confiram que coisa de lunático hehehe:

Nenhum comentário: